A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Atividade Diagnóstica 4   Ética, Política e Cidadania

Pré-visualização | Página 1 de 1

1)
As teorias socialistas modernas são herdeiras das tradições libertárias, das lutas sociais e populares por liberdade e justiça contra a opressão dos poderosos. Encontram-se nessa tradição as revoltas de camponeses e artesãos no final da Idade Média, do início da Reforma Protestante e da Revolução Inglesa de 1644.
Analise as afirmativas a seguir:
I. O anarquismo considera que a classe trabalhadora é explorada, oprimida, gera riqueza social e não desfruta dessa riqueza.
II. Os socialistas imaginam uma sociedade sem propriedade privada com igualdade de direitos sociais.
III. O socialismo científico acredita na bondade natural, defende a democracia na política e a autogestão.
IV. As teorias socialistas tomam o proletariado como sujeito político e histórico e procuram figurar uma nova sociedade
e uma nova política na qual a exploração dos trabalhadores, a dominação política a que estão submetidos e as exclusões sociais e culturais a que são forçados deixem de existir.
Está correto o que se afirma apenas em:
Alternativas:
a)
I e II.
b)
II e IV.
c)
I e III.
d)
II e III.
e)
III e IV.
2)
Veja a definição dos termos a seguir:
Privatização: venda de empresas públicas.
Publicização: transferência da gestão de serviços e atividades para o setor público não estatal.
Terceirização: compra de serviços de terceiros.
Esses três tópicos referem-se aos principais mecanismos:
Alternativas:
a)
Aos quais o poder público deve estar atento, visando garantir os serviços básicos à população.
b)
Que as empresas, na era da globalização, precisam enfrentar para se modernizar.
c)
Que ampliam a área de atuação do Estado.
d)
 Que reduzem a área de atuação do Estado.
e)
Que estão vinculados ao tipo de Estado que deve estar próximo da produção, regulando, assim, a economia sem a influência do mercado e da iniciativa privada.
3)
(Cesgranrio 94) A industrialização acelerada de diversos países, ao longo do século XIX, alterou o equilíbrio e a dinâmica das relações internacionais. Com a Segunda Revolução Industrial emergiu o Imperialismo, cuja característica marcante foi o(a):
Alternativas:
a)
Substituição das intervenções militares pelo uso da diplomacia internacional.
b)
Busca de novos mercados consumidores para as manufaturas e os capitais excedentes dos países industrializados.
c)
Manutenção da autonomia administrativa e dos governos nativos nas áreas conquistadas.
d)
Procura de especiarias, ouro e produtos tropicais inexistentes na Europa.
e)
Transferência de tecnologia, estimulada por uma política não intervencionista.
4)
Quando a Inglaterra fez empréstimos à Argentina para a construção de ferrovias, a maioria dos trilhos, material rolante e etc. foi comprada da Inglaterra com lucros para os fabricantes ingleses. A exportação de capital excedente trouxe, nesse caso, também, lucro para os industriais ingleses." (HUBERMAN, Leo. A história da riqueza do homem. Rio de Janeiro: Zahar, 1974, p.263.)
A qual prática refere-se o fragmento de texto de Huberman?
Alternativas:
a)
 À Guerra Fria, que se opõe à guerra quente, na qual as armas são trocadas por disputas ideológicas.
b)
Ao processo de ampliação dos anos dourados do capitalismo, chegando até outras nações não envolvidas em sua primeira fase.
c)
À social-democracia, na qual o Estado de Bem-Estar Social previa empréstimos realizados pela Inglaterra.
d)
Ao processo de expansão capitalista, o imperialismo ou neocolonialismo, que se deu a partir da segunda metade do século XIX.
e)
Ao avanço do socialismo com o capital excedente trazendo lucros para países europeus.