Ações e combinações

Ações e combinações


DisciplinaAções do Vento nas Edificações8 materiais67 seguidores
Pré-visualização1 página
AÇÕES
AÇÕES
AÇOES
A NBR 8681: Ações e segurança na estrutura \u2013 procedimento (ABNT,2004) define ações como sendo causas que provocam esforços ou deformações nas estruturas. 
As forças e as deformações impostas pelas ações são consideradas como se fossem as próprias ações. 
As deformações impostas são por vezes designadas por ações indiretas e as forças, por ações diretas.
A NBR 8681:2004 classifica as ações em três categorias: 
-Permanentes;
-Variáveis;
-Excepcionais;
AÇÕES
Ações permanentes
São aquelas que ocorrem com valores constantes ou de pequena variação durante praticamente toda a vida da construção. 
As ações são subdivididas em: permanentes diretas e indiretas;
Ações permanentes diretas: são aquelas oriundas dos pesos próprios dos elementos da construção;
-peso próprio da estrutura e de todos os elementos construtivos permanentes;
-pesos dos equipamentos fixos;
-empuxos por conta do peso próprio de terras não removíveis;
AÇÕES
Exemplos de ações permanentes diretas;
AÇÕES
Ações permanentes indiretas: são constituídas pelas deformações impostas 
-Retração dos materiais;
-Fluência do concreto;
-Deslocamentos de apoio;
-Imperfeições geométricas;
-Protensão;
AÇÕES
Ações variáveis
São aquelas que ocorrem com valores que apresentam variações significativas em torno de sua média, durante a vida da construção. 
Mobiliário;
Pessoas;
Materiais diversos;
Cargas móveis;
Forças de frenação;
Impacto;
Vento;
Variações de temperatura;
Atrito nos aparelhos de apoio;
Pressões hidrostáticas e hidrodinâmicas. 
AÇÕES
As ações variáveis são classificadas em normais ou especiais:
-As ações variáveis normais: são aquelas com probabilidade de ocorrência suficientemente grande para que sejam obrigatoriamente consideradas no projeto das estruturas de um dado tipo de construção;
-As ações variáveis especiais: são as ações sísmicas ou cargas acidentais de natureza ou de intensidade especiais.
AÇÕES
Ações excepcionais
De acordo com a NBR 8681:2004, são aquelas que tem duração extremamente curta e muito baixa probabilidade de ocorrência durante a vida da construção, mas que devem ser consideradas nos projetos de determinadas estruturas.
Explosões;
choques de veículos;
Incêndios;
Enchentes;
Sismos excepcionais; 
AÇÕES
Segundo a NBR 8681:2003, os incêndios, ao invés de serem tratados como causa de ações excepcionais, também podem ser levados em conta por meio de uma redução da resistência dos materiais constitutivos da estrutura.
COMBINAÇÕES ÚLTIMAS NORMAIS
Uma das ações variáveis é considerada como a principal, admitindo-se que ela atue com seu valor característico Fk, e as demais são entendidas como secundárias, e atuam com seus valores reduzidos de combinação, conforme a NBR 6118:2014.
 As combinações normais são dadas pela expressão:
COMBINAÇÕES ÚLTIMAS NORMAIS
Fd \u2013 valor de cálculo das ações para combinação última;
Fgk \u2013 representa as ações permanentes diretas;
F\uf065k \u2013 representa as ações indiretas permanentes como a retração F\uf065gk e variáveis como a temperatura F\uf065qk;
Fqk \u2013 representa as ações variáveis diretas das quais Fq1k é escolhida principal;
\uf067g, \uf067\uf065g, \uf067q, \uf067\uf065 \u2013 dados na Tabela 2;
\uf067g, \uf067\uf065g, \uf067q, \uf067\uf065 \u2013 dados na Tabela 2;
\uf0790j, \uf0790\uf065 \u2013 dados na Tabela 1.
COMBINAÇÕES ÚLTIMAS NORMAIS
Tabela \u2013 Valores do coeficiente
COMBINAÇÕES ÚLTIMAS ESPECIAIS OU DE CONSTRUÇÃO
Vale a mesma combinação que para as normais, tendo os termos os mesmos significados. A diferença é que \uf0790 pode ser substituído por \uf0792 quando a atuação da ação principal Fq1k tiver duração muito curta.
Nessas combinações devem também sempre estar presentes as ações permanentes e a ação variável.
COMBINAÇÕES ÚLTIMAS EXCEPCIONAIS
No caso das ações excepcionais também \uf0790 pode ser substituído por \uf0792 quando a atuação da ação principal Fq1exc tiver duração muito curta.
Nessas combinações devem também sempre estar presentes as ações permanentes e as ações variáveis.
 Nesse caso se enquadram, entre outras, sismo, incêndio e colapso progressivo. A combinação é dada por:
onde Fq1exc é a ação excepcional .
COMBINAÇÕES DE SERVIÇO
COMBINAÇÕES QUASE PERMANENTES DE SERVIÇO
Admite-se que as ações atuem durante grande parte do período de vida da estrutura;
Verificação do estado limite de deformação excessiva;
Nessas combinações todas as ações variáveis são consideradas com seus valores quase permanentes , sendo:
onde Fd,ser é o valor de cálculo das ações para combinações de serviço.
COMBINAÇÕES FREQUENTES DE SERVIÇO
As ações se repetem muitas vezes durante o período de vida da estrutura; 
Verificação dos estados limites de formação e abertura de fissuras e de vibrações excessivas. 
A ação variável principal Fq1 é tomada com seu valor frequente e todas as demais ações variáveis são tomadas com seus valores quase permanentes , sendo:
onde Fq1,k é o valor característico das ações variáveis principais diretas.
COMBINAÇÕES RARAS DE SERVIÇO
As ações ocorrem algumas vezes durante o período de vida da estrutura;
Verificação do estado limite de formação de fissuras;
Nessas combinações a ação variável principal Fq1 é tomada com seu valor característico Fq1,k e todas as demais ações são tomadas com seus valores frequentes , sendo:
EXEMPLO
Referência bibliográficas
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6118: Projeto de estruturas de concreto - Procedimento. Rio de Janeiro, 2014.