03. CONSTANTES, VARIÁVEIS E TIPOS DE DADOS
70 pág.

03. CONSTANTES, VARIÁVEIS E TIPOS DE DADOS


DisciplinaProgramacao Modular91 materiais1.042 seguidores
Pré-visualização4 páginas
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
1
Constantes, Variáveis e Tipos 
de Dados
FARRER, H. et. alli. 
Algoritmos Estruturados. 3a. 
edição. Rio de Janeiro. LTC \u2013 
1999. Capítulo 1
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
2
Constantes
\uf06e Uma constante é um determinado valor fixo 
que não se modifica ao longo do tempo, 
durante a execução de um programa.
\uf06e Uma constante pode ser um número, um 
valor lógico ou uma seqüência de 
caracteres.
\uf06e Conforme o seu tipo, a constante é 
classificada como sendo numérica, lógica 
ou literal.
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
3
Constantes
\uf06e Constante Numérica
\uf0a1 A representação de uma constante numérica nos 
programas é feita no sistema decimal, podendo ser um 
número com ou sem parte fracionária.
\uf0a1 A constante numérica pode ser positiva ou negativa, de 
acordo com o sinal que precede os algarismos 
formadores do número. Caso não exista um sinal, a 
constante é considerada positiva. 
\uf0a1 Exemplos:
\uf06e 15
\uf06e 23.5
\uf06e -10
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
4
Constantes
\uf06e Constante Lógica
\uf0a1 É um valor lógico, isto é, que só pode ser 
falso ou verdadeiro, usado em 
proposições lógicas.
\uf0a1 Só existem duas constantes deste tipo, 
sendo representadas pelas palavras falso 
e verdadeiro.
\uf0a1 Dependendo da linguagem não existe a 
constante lógica propriamente dita.
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
5
Constantes
\uf06e Constante Literal
\uf0a1 Uma constante deste tipo pode ser qualquer seqüência de 
caracteres (letras, dígitos ou símbolos especiais) que 
forme um literal com algum significado para o problema 
em estudo.
\uf0a1 As constantes literais devem aparecer no programa entre 
aspas para que não sejam confundidas com outro item 
qualquer.
\uf0a1 Exemplos:
\uf06e \u201cIntrodução a Computação\u201d
\uf06e \u201c12345\u201d
\uf06e \u201cXYZ\u201d
\uf06e \u201c08/03/2005\u201d
\uf06e \u201cFALSO\u201d
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
6
Tipos de Dados
\u2022 Conforme visto anteriormente as constantes 
podem ser numéricas, literais ou lógicas, 
porém, nas linguagens de programação 
devemos definí-las com o tipo de dados que 
representam.
\u2022 Em C existem uma série de tipos de dados que 
podem ser levados em consideração.
\u2022 O tipo de dado informa a quantidade de 
memória que ela ocupará e o modo como um 
valor deverá ser armazenado e interpretado.
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
7
Tipos de Dados
\u2022 Tipos de Dados Primitivos
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
8
Tipos de Dados
Tipo Bits Bytes Escala
char 8 1 -128 a 127
int 32 4 -2.147.483.648 a 2.147.483.647
short 16 2 -32.765 a 32.767
long 32 4 -2.147.483.648 a 2.147.483.647
unsigned 
char 8 1 0 a 255
unsigned 32 4 0 a 4.294.967.295
unsigned 
long 32 4 0 a 4.294.967.295
unsigned 
short 16 2 0 a 65.535
float 32 4 3,4 x (10^-38) a 3,4 x (10^38)
double 64 8 1,7 x (10^-308) a 1,7 x (10^308)
long double 80 10 3,4 x (10^-4932) a 3,4 x (10^4932)
void 0 0 nenhum valor
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
9
Variáveis
\uf06e Na matemática, uma variável é a representação 
simbólica dos elementos de um certo conjunto.
\uf06e Nos programas, uma variável corresponde a uma 
posição de memória, cujo conteúdo pode variar ao 
longo do tempo durante a execução de um 
programa.
\uf06e Embora uma variável possa assumir diferentes 
valores, ela só pode armazenar um valor a cada 
instante.
\uf06e Uma variável possui valor inicial indefinido 
(chamado lixo), a menos que algum comando o 
especifique.
\uf06e Toda variável é identificada por um nome ou 
identificador.
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
10
Variáveis
\uf06e Formação dos identificadores
\uf0a1 Um identificador é formado por um ou mais caracteres, 
sendo que o primeiro caractere deve, obrigatoriamente, 
ser uma letra ou sublinhado (underscore) e os caracteres 
seguintes, letras, dígitos ou sublinhado, não sendo 
permitido o uso de outros símbolos especiais.
\uf0a1 Exemplos:
\uf06e A
\uf06e Aluno
\uf06e XYZ123
\uf06e _CADE
\uf06e OI235
\uf0a1 É recomendável que os nomes das variáveis sejam os 
mais significativos possíveis.
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
11
Variáveis
\u2022 Formação dos Identificadores
\u2013 Letras maiúsculas e minúsculas são 
tratados diferentemente pela 
linguagem C
\u2013 Um identificador não pode ser igual a 
uma palavra chave e não deve ser 
igual a nome de função em um 
programa
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
12
Variáveis
\uf06e Declaração de variáveis
\uf0a1 As variáveis só podem armazenar valores de 
um mesmo tipo, de maneira que também são 
classificadas de acordo com um dos tipos 
fornecido pela linguagem.
\uf0a1 Para indicar o tipo de uma ou mais variáveis é 
usada a declaração de variáveis.
\uf0a1 Uma vez declarada a variável, qualquer 
referência que se faça ao seu identificador 
implica a referência ao conteúdo do local da 
memória representado pelo mesmo.
Declaração de variáveis
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
13
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
14
Variáveis \u2013 Declaração de 
Variáveis
\u2022 Forma Geral
tipo lista_de_variáveis;
\u2022 Exemplos:
int n1, n2, i, j;
double total, media;
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
15
Variáveis - Observações
\uf06e Os nomes, em um determinado contexto, 
são únicos, não podendo ser usados 
repetidamente, mesmo com tipos 
diferentes.
\uf06e É conveniente manter-se o uso de 
maiúsculas, ou minúsculas, de acordo 
com a definição, evitando o uso 
indistinto.
\uf06e As variáveis devem ser declaradas antes 
de serem utilizadas no C++.
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
16
Variáveis
\u2022 As variáveis são de 3 tipos 
dependendo do local em que foram 
declaradas:
\u2013 variável local;
\u2013 variável formal \u2013 função (não será 
apresentado agora); 
\u2013 variável global.
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
17
Variáveis Locais
\u2022 É uma variável que só existe dentro do 
bloco no qual ela foi criada. 
\u2022 Um bloco (comando composto) em C 
começa com { (abre chave) e termina 
com } (fecha chave).
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
18
Variáveis Locais
/* ProgC002.cpp - Apresenta a declaração de variáveis locais */
# include <iostream>
# include <cstdlib>
int main ( ){
 int valor, i;
 valor = i = 0;
 std::cout<<&quot;Valor da variavel valor: &quot;<<valor<<&quot;\nValor da variavel i:&quot;<<i<<&quot;\n\n&quot;;
 std::cout << &quot;Forneca um novo valor inteiro para a variavel valor: &quot;;
 std::cin >> valor;
 std::cout << &quot;Forneca um novo valor inteiro para a variavel i: &quot;;
 std::cin >> i;
 std::cout<<&quot;\n\nValor da variavel valor: &quot;<<valor<<&quot;\nValor da variavel i: 
&quot;<<i<<&quot;\n\n&quot;;
 system(&quot;PAUSE&quot;);
 return 0;
}
Variável local declarada. Só 
reconhecida dentro de main.
Entrada de dados do teclado
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
19
Variáveis Globais
\u2022 São as variáveis que estão disponíveis ao programa 
inteiro, qualquer bloco do programa pode acessá-las 
sem erro. 
\u2022 Estas variáveis devem ser declaradas fora de todas 
as funções e no começo do programa principal.
\u2022 O uso de variáveis globais deve ser evitado porque 
estas ocupam espaço na memória durante toda a 
execução do programa. 
\u2022 Deve ser explorado o uso de funções 
parametrizadas para melhorar a organização e a 
estruturação de programas em C.
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana C 
Guedes
20
Variáveis Globais
/* ProgC003.cpp
Apresenta declaração de variáveis globais */
# include <iostream>
# include <cstdlib>
using namespace std;
char Caractere;
int main ( ){
 Caractere = 'a';
 cout << &quot;Valor: &quot; << Caractere;
 system(&quot;PAUSE > null&quot;);
 return 0;
}
Declaração da 
Variável Global
Atribuição de valor 
a uma variável
BAC004-Informática-Teórica-Fabiana