A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Apostilas Técnico em Mecanica em PDF (Telecurso)

Pré-visualização | Página 3 de 50

produçªo de um produto com
pouca variaçªo. Exemplo: automóveis e
eletrodomØsticos.
Sistema de produçªo de uma quantidade
mØdia de um produto que pode ser repetido
periodicamente. Exemplo: livros e roupas.
Sistema de produçªo freqüente de cada tipo
de produto, em pouca quantidade. Exem-
plo: protótipos, ferramentas e dispositivos.
Produçªo em lotes
Produçªo individualizada
(ferramentaria)
1
A U L A ComunicaçıesComunicaçıesComunicaçıesComunicaçıesComunicaçıes
• Chaveamento de chamadas telefônicas.
• Comunicaçıes via satØlite.
• Telefonia celular.
• Correios.
TransportesTransportesTransportesTransportesTransportes
• Controle de trÆfego de veículos.
• Sistemas de radar.
• Pilotos automÆticos.
• Sistemas automÆticos de segurança.
MedicinaMedicinaMedicinaMedicinaMedicina
• Diagnóstico e exames.
O impacto da automaçªo na sociedade
O processo de automaçªo em diversos setores da atividade humana trouxe
uma sØrie de benefícios à sociedade.
A automaçªo geralmente reduz custos e aumenta a produtividade
do trabalho. Este aumento possibilita mais tempo livre e melhor salÆrio para
a maioria dos trabalhadores.
AlØm disso, a automaçªo pode livrar os trabalhadores de atividades monó-
tonas, repetitivas ou mesmo perigosas. O esquadrªo antibomba da polícia
americana, por exemplo, dispıe de robôs para detectar e desarmar bombas
e reduzir riscos de acidentes com explosıes inesperadas.
Apesar dos benefícios, o aumento da automaçªo vem causando tambØm
sØrios problemas para os trabalhadores:
• aumento do nível de desemprego, principalmente nas Æreas em que atuam
profissionais de baixo nível de qualificaçªo;
• a experiŒncia de um trabalhador se torna rapidamente obsoleta;
• muitos empregos que eram importantes estªo se extinguindo: Ø o que vem
ocorrendo com as telefonistas, perfeitamente substituíveis por centrais
de telefonia automÆticas;
• aumento das ausŒncias no trabalho, falta de coleguismo, alcoolismo ou
consumo de drogas, que alteram o comportamento dos indivíduos no
ambiente de trabalho. De certa forma, esse processo de alienaçªo deriva do
sentimento de submissªo do trabalhador à mÆquina, da falta de desafios.
Esses problemas, no entanto, podem ser solucionados com programas
contínuos de aprendizagem e reciclagem de trabalhadores para novas funçıes.
AlØm disso, as indœstrias de computadores, mÆquinas automatizadas e serviços
vŒm criando um nœmero de empregos igual ou superior àqueles que foram
eliminados no setor produtivo.
1
A U L ATeste sua aprendizagem. Faça os exercícios e confira suas respostas com as
do gabarito.
Marque com X a resposta correta.
Exercício 1Exercício 1Exercício 1Exercício 1Exercício 1
A automaçªo permite substituir a mªo-de-obra humana por:
a)a)a)a)a) ( ) mÆquinas;
b)b)b)b)b) ( ) animais;
c)c)c)c)c) ( ) energia;
d)d)d)d)d) ( ) escravos.
Exercício 2Exercício 2Exercício 2Exercício 2Exercício 2
Um dos motivos que levam as empresas a automatizarem seus processos Ø:
a)a)a)a)a) ( ) reduzir a qualidade;
b)b)b)b)b) ( ) aumentar os custos de operaçªo;
c)c)c)c)c) ( ) reduzir a produtividade;
d)d)d)d)d) ( ) satisfazer o cliente.
Exercício 3Exercício 3Exercício 3Exercício 3Exercício 3
A sigla CAD significa:
a)a)a)a)a) ( ) desempenho auxiliado por computador;
b)b)b)b)b) ( ) projeto auxiliado por computador;
c)c)c)c)c) ( ) manufatura auxiliada por computador;
d)d)d)d)d) ( ) desenho auxiliado pela prancheta.
Exercício 4Exercício 4Exercício 4Exercício 4Exercício 4
A primeira tecnologia utilizada na construçªo de computadores foi:
a)a)a)a)a) ( ) inversores;
b)b)b)b)b) ( ) circuitos integrados;
c)c)c)c)c) ( ) vÆlvulas;
d)d)d)d)d) ( ) transistores.
Exercícios
Apostilas em PDF/Automação/autoa02.pdf
2
A U L A
2
A U L A
VocŒ jÆ percebeu, ao andar pelos corredores
de um supermercado, a infinidade de produtos industrializados? Desde
alimentos a produtos de limpeza e eletrodomØsticos, sªo incontÆveis as marcas,
os tamanhos, os fabricantes, as cores, as funçıes etc.
Como esses produtos chegam ao supermercado para que possamos comprÆ-
los? Como o fabricante descobriu que havia necessidade exatamente daquele
produto? De que forma ele foi fabricado? E o seu custo?
Esta aula visa mostrar como se desenvolve um produto, desde sua concepçªo
atØ a colocaçªo no mercado, e tambØm de que modo as tecnologias de automaçªo
podem ser utilizadas.
Introduçªo
O progresso da automaçªo, conforme foi visto na aula anterior, tem melhorado
sensivelmente o padrªo de vida da populaçªo, principalmente devido ao
aumento dos níveis de produtividade do trabalho.
Junto com as inovaçıes tecnológicas, ocorreram nas œltimas dØcadas
modificaçıes na relaçªo da empresa com o mercado consumidor. Hoje, uma
televisªo custa bem menos do que hÆ uma dØcada, mesmo acrescida de todos
os recursos tecnológicos (controle remoto, por exemplo). E ainda pode ser
encontrada em diferentes modelos e tamanhos. Seus fabricantes, antes restritos
aos países de origem, hoje competem em nível mundial. Da mesma forma,
muitos produtos que eram fabricados em grandes lotes, hoje se adaptam
ao tamanho do mercado.
Ciclo do produto
A figura a seguir ilustra o ciclo de desenvolvimento de um produto,
ressaltando as atividades principais.
Ciclo de um produto
Um problema
2
A U L A
Analisaremos cada etapa desse ciclo isoladamente.
Projeto
Suponha que vocŒ queira montar seu próprio negócio no ramo industrial
e tenha capital para isso. Quais seriam os passos necessÆrios?
Primeiro Ø preciso pensar no produto que a empresa vai vender.
Qual Ø o produto? Como ele deve ser? Quanto vai custar? A quem deve atender?
Como deve funcionar?
Muitos pesquisadores analisaram estas questıes
e, a partir delas, definiram um esquema geral que
corresponde a um projetoprojetoprojetoprojetoprojeto.
Um projeto pode ser entendido como um
conjunto de decisıes que solucionam um dado
problema ou atendem a uma necessidade.
Um projeto pode ser caracterizado pelas etapas
apresentadas num fluxograma, conforme o modelo
ao lado.
CICLO DE DESENVOLVIMENTO DE UM PRODUTO
2
A U L A Reconhecimento
Reconhecer o que Ø necessÆrio requer observaçªo do meio em que se vive. O
telefone, por exemplo, surgiu como resposta à necessidade das pessoas de se
comunicarem a distância. Um copo, por sua vez, atende à necessidade de conter
e reservar líquidos.
A necessidade nem sempre Ø evidente, mas pode ser identificada por certos
aspectos. Por exemplo, a necessidade de fazer alguma coisa a respeito de uma
mÆquina de lavar roupa pode ser indicada pelo nível de ruído da mÆquina,
pela qualidade da roupa lavada ou pelo consumo exagerado de energia.
Por outro lado, reconhece-se facilmente uma necessidade depois que alguØm
a expıe. Assim, atualmente tornou-se importante adotar medidas de proteçªo
da camada de ozônio, melhorar os transportes coletivos nas grandes cidades
e reduzir a poluiçªo do ar e da Ægua, a fim de melhorar a qualidade de vida.
Identificaçªo
Identificar a necessidade e a definiçªo do problema sªo coisas diferentes.
A definiçªo do problema Ø bem mais específica. Por exemplo, se a necessidade
a ser atendida Ø melhorar o sistema de transportes coletivos, a definiçªo
do problema pode ser aumentar a quantidade de ônibus, investir no metrô
ou mesmo construir corredores especiais para ônibus.
A definiçªo do problema deve incluir todas as especificaçıes para o objeto
que se deseja projetar. As especificaçıes indicam os elementos de entrada, as
respostas, as características e as dimensıes que o objeto deve ter, o espaço
ocupado e todas as limitaçıes dessas quantidades.
A definiçªo do problema deve levar em conta os aspectos bÆsicos de projeto.
Por exemplo, se estamos projetando uma estrutura metÆlica, a resistŒncia de

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.