A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
88 pág.
Aula 07 Português

Pré-visualização | Página 1 de 30

Língua Portuguesa - AFT 
Teoria e exercícios comentados 
Prof. Fabiano Sales - Aula 07
AULA 07
Vitoriosos alunos, esta é a aula 07 de nosso preparatório para as provas de 
Auditor-Fiscal do Trabalho. Neste encontro, apresentarei conceitos relacionados aos 
temas Compreensão e Interpretação de textos, Semântica (Denotação, 
Conotação, Sinônimos e Antônimos), Coerência e Coesão (Ordenação de 
Frases e Continuação Coesa, Coerente e Correta de Trechos).
Para melhor orientá-los na localização dos assuntos, apresento o sumário 
abaixo a vocês:
SUMÁRIO
01. Gênero Textual versus Tipologia Textual . ................................................01
02. Tipologia Textual.............................................................................................. 02
03. O Texto Narrativo .............................................................................................03
04. Tipos de Discurso . ...........................................................................................06
05. Discurso D ireto................................................................................................. 06
06. Discurso Indireto .............................................................................................. 06
07. Transposição de Discurso .............................................................................07
08. Discurso Indireto Livre ................................................................................... 07
09. O Texto Descritivo. ...........................................................................................08
10. O Texto In juntivo.............................................................................................. 12
11. O Texto Dissertativo . .......................................................................................14
12. Compreensão e Interpretação Textual ........................................................20
13. Semântica .......................................................................................................... 24
14. Coerência e C oesão .........................................................................................39
15. Lista das Questões Comentadas na A u la . ................................................70
_________________ Gênero Textual X Tipologia Textual_________________
Inicialmente, é importante esclarecer que gênero textual e tipologia textual 
não se confundem.
O gênero textual relaciona-se à função, ao objetivo do texto. A observância 
dos títulos e da fonte (veículo material e>nde se encontra o texto) é muito importante 
para se saber qual é o objetivo textual. Por exemplo, qual o objetivo do gênero 
anúncio? É provocar uma atitude de compra. E do gênero manual de 
instruções? Quem já teve contato com esse gênero sabe que a finalidade é 
auxiliar na utilização adequada de algum aparelho. O gênero noticiário tem a 
função de informar. Um editorial tem a finalidade de expor um fato. Por fim, o 
gênero horóscopo, presente diariamente em jornais e revistas, apresenta a 
finalidade de prever.
Com relação à tipologia textual, podemos dizer que há obediência a 
aspectos linguísticos próprios, relacionados à estrutura do texto. Por exemplo, o 
gênero noticiário, quando analisado sob a óptica estrutural, apresenta 
características pertencentes a uma narrativa; por sua vez, o gênero horóscopo, 
quanto ao modo de organização do discurso, contém características relativas a um 
texto injuntivo (ou instrucional).
Prof. Fabiano Sales www.estrategiaconcursos.com.br 1 de 88
ATENÇÃO! ESSE MATERIAL PERTENCE AO SITE: 
WWW.MATERIALPARACONCURSOS.COM
Língua Portuguesa - AFT 
Teoria e exercícios comentados 
Prof. Fabiano Sales - Aula 07
Logo, é necessário observar o objetivo a que se destina o texto e as 
técnicas/características pertinentes a cada tipo textual.
TIPOLOGIA TEXTUAL
Dificilmente se encontra um texto que apresente características 
eminentemente narrativas, descritivas, injuntivas ou dissertativas (expositivas ou 
argumentativas). Em provas, é frequente a combinação de características inerentes 
a esses tipos de textos em uma só superfície textual, mas, normalmente, há a 
predominância de uma dessas formas. Assim, devemos dizer que “O texto é 
predominantemente” narrativo, descritivo, injuntivo ou dissertativo (expositivo ou 
argumentativo).
Exemplo:
Veio uma mulher (narração); era a cartomante (descrição). Camilo 
disse que ia consultá-la, ela fê-lo entrar. Dali subiram ao sótão, por uma 
escada (narração) ainda pior que a primeira e mais escura. Em cima, 
havia uma salinha, mal alumiada por uma janela, que dava para os 
telhados do fundo. Velhos trastes, paredes sombrias, um ar de pobreza, 
que antes aumentava do que destruía o prestígio (descrição).
A cartomante fê-lo sentar diante da mesa, e sentou-se do lado 
oposto, (narração) com as costas para a janela, de maneira que a 
pouca luz de fora batia em cheio no rosto de Camilo (descrição). Abriu 
uma gaveta e tirou um baralho de cartas (narração) compridas e 
enxovalhadas (descrição). Enquanto as baralhava, rapidamente, olhava 
para ele, não de rosto, mas por baixo dos olhos (narração). Era uma 
mulher de quarenta anos, italiana, morena e magra, com grandes olhos 
sonsos e agudos (descrição). Voltou três cartas sobre a mesa, e disse- 
lhe (narração):
(...)
(A cartomante. Machado de Assis)
O texto acima é predominantemente narrativo, pois apresenta sequência 
de fatos, uma ordem cronológica dos acontecimentos.
A partir de então, vocês podem me perguntar: Fabiano, como saberemos se 
um texto possui predominantemente características narrativas, descritivas, injuntivas 
ou dissertativas?
Meus amigos, para identificar a tipologia de um texto, estudaremos as 
características dos principais tipos.
Mãos à obra!
Prof. Fabiano Sales www.estrategiaconcursos.com.br 2 de 88
ATENÇÃO! ESSE MATERIAL PERTENCE AO SITE: WWW.MATERIALPARACONCURSOS.COM
Língua Portuguesa - AFT 
Teoria e exercícios comentados 
Prof. Fabiano Sales - Aula 07
O TEXTO NARRATIVO
Narrar é contar uma história, uma sequência de fatos ocorridos em 
determinado local e tempo. Em outras palavras, é o retrato de um fato real ou 
imaginário contado por um narrador.
Para que vocês consigam compreender uma narração, é preciso que o 
narrador evidencie:
- O fato ocorrido;
- O motivo de sua ocorrência;
- De que forma ocorreu; e
- Com quem o fato ocorreu.
Para tanto, é necessário conhecer os elementos básicos de um texto 
narrativo: narrador, personagem , espaço, tempo e enredo.
NARRADOR - é aquele que relata os fatos. A história pode ser narrada por 
um narrador-personagem (1â pessoa) ou por um narrador-observador
(3â pessoa).
Conceito Exemplo
N
ar
ra
do
r-
 p
er
so
na
ge
m
 
(1
ã 
pe
ss
oa
)
É uma personagem que, ao mesmo tempo, 
participa da história e narra os 
acontecimentos. Em outras palavras, a 
personagem vê os fatos de dentro da 
história (ponto de vista interno). Com o 
narrador-personagem, o foco narrativo é de 
1â pessoa, sendo marcado pelo emprego do 
pronome pessoal reto eu , além de suas 
formas oblíquas correspondentes (me, 
mim). Com o narrador-personagem, a 
narração é subjetiva, isto é, os fatos são 
narrados de acordo com os se ntimentos e 
as emoções daquele que narra.
Contou-me um guia em 
Buenos Aires, que quando se 
diz que essa cidade é a mais 
europeia das Américas, 
muitas pessoas torcem o 
nariz. Pura dor de cotovelo! 
Quem conhece Buenos Aires 
como eu, sabe que isso é 
verdade.
N
ar
ra
do
r-
ob
se
rv
ad
or
 
(3
ã 
pe
ss
oa
)
Relata os acontecimentos da narrativa 
como observador. Em outras palavras, 
alguém está observando o fato de fora e o 
relata. O foco narrativo é de 3ã pessoa, 
sendo marcado tanto pelo emprego dos 
pronomes ele(s), ela(s) quanto pelo