A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Sistema Circulatório - Resumo

Pré-visualização | Página 1 de 2

Paola Luiz Casteler – 182 
 
Odontologia UFSC 
SISTEMA CIRCULATÓRIO 
CORAÇÃO: 
 Sistema fechado, constituído de tubos (vasos) no interior dos quais circulam sangue e 
linfa 
 Uma bomba propulsora (coração) que impulsiona o sangue por toda rede muscular. 
 
SISTEMA LINFÁTICO: 
 LINFONODOS 
o Pequenas massas de tecido linfoide 
o Agrupam-se em regiões 
o Filtram a linfa – micro-organismos, toxinas e substancias toxicas 
 Macrófagos (no tecido e monócito no sangue), linfócitos e plasmócitos 
 VASOS LINFÁTICOS 
o Maior diâmetro e permeabilidade que um capilar sanguíneo 
o Início em fundo cego 
o Endotélio muito fino 
o Válvulas: auxiliam o fluxo da linfa 
 ORGÃOS LINFOIDES 
o Agregados de células de defesa nas regiões de entrada 
 Tonsilas 
 Massas de tecido linfoide 
o Faríngea 
 Parede posterior e teto da nasofaringe 
o Palatinas 
 Entre os arcos palatinos da orofaringe 
o Lingual 
 Parte posterior da língua 
 Timo 
 Cavidade torácica, na altura dos vasos da base 
 Tecido linfoide – tecido adiposo e fibroso 
 Função: crescimento e maturação do tec. linfoide, 
diferenciação e proliferação de linfócito T – defesa celular 
 Baço 
 Infância e adolescência – Produção e maturação de 
linfócitos/hemácias degradadas, reserva de sangue 
 Hemocaterese – desintegração de hemácias 
 Produção de linfócitos e plasmócitos 
 Síntese de substancias de defesa 
 Funções 
o Excesso de líquidos extracelulares dos tecidos corporais e devolve a circulação 
sistêmica, evitando o edema 
o Transporta moléculas de lipídeos e grandes moléculas de proteínas que não 
podem ser captadas pelos capilares sanguíneos 
o Imunológica 
ANEL DE WALDEYER 
 
ANEL LINFÁTICO DA 
FARINGE 
Paola Luiz Casteler – 182 
 
Odontologia UFSC 
SISTEMA SANGUÍNEO 
 Coração, vasos e sangue 
ARTÉRIAS = Centrífugas (do coração para os tecidos) 
VEIAS = Centrípetas (dos tecidos para o coração) 
SISTEMA CIRCULATÓRIO 
 Termorregulação 
 Transporte de hormônios 
 Excreção – rins, pulmões e pele 
 Imunidade 
CORAÇÃO: 
 4 Cavidades, câmaras 
o Átrios direito e esquerdo 
o Ventrículos direito e esquerdo 
 ÁTRIO DIREITO: sangue rico em CO2 ( vv. Cavas superior e inferior) 
 ÁTRIO ESQUERDO: sangue rico em O2 ( vv. Pulmonares) 
 VENTRÍCULO DIREITO: Tronco pulmonar (aa. Pulmonares -> pulmão) 
 VENTRÍCULO ESQUERDO: Aorta -> tecidos corporais 
 Órgão central, muscular e oco 
 Funciona como uma bomba contrátil – propulsiona o sangue para todos os locais do 
corpo 
 Localização: cavidade torácica, entre os pulmões, no mediastino (espaço central que 
contém todas as vísceras torácicas) 
o Anteriormente: esterno e costelas 
o Posteriormente: coluna vertebral 
 Envoltório: Pericárdio (saco fibrosseroso) 
o Disposto obliquamente 
o Apoiado no m. diafragma 
o 2/3 localizado à esquerda do plano mediano 
 Forma: cone 
o Base alargada – abertura dos vasos 
o Ápice – pontiagudo 
o Base: grandes vasos chegam e partem ( vasos da base do coração) 
 Configurações externas: 
o Faces: esternocostal (anterior) 
o Diafragmática (inferior) 
o Pulmonar (lateriais) 
 Sulco coronário: depressão – setor atrial e ventricular 
 Sulcos interventriculares: anterior e posterior – delimitam os ventrículos 
 Aurículas: apêndices – orelhas 
o Faz com que a pressão da chegada do sangue no coração não seja tão abrupta, 
impedindo que se rompa 
 Constituição anatômica das paredes cardíacas: 
Paola Luiz Casteler – 182 
 
Odontologia UFSC 
o 3 túnicas 
 Epicárdio: fina camada externa (serosa de aspecto brilhante) 
 Miocárdio: camada espessa – músculo cardíaco 
 Endocárdio: fina camada interna, que reveste as câmaras – Endotélio 
o Parede do VE é 3x mais espessa que a do VD 
 Configurações internas: 
o Cavidades cardíacas 
 Câmaras de recepção 
 AE e AD 
 Câmaras de expulsão 
 VE e VD 
o Séptos (Paredes) 
 Interatrial 
 Interventricular 
 Atrioventricular 
 Óstios (aberturas) 
o Óstio atrioventricular direito 
o Óstio atrioventricular esquerdo 
 Válvas cardíacas 
o Lâmina descontinua de tec. conj. denso, com 
subdivisões (válvulas recobertas por endocárdio e que 
orientam a corrente sanguínea) 
CIRCULAÇÃO DO SANGUE: 
 PEQUENA CIRCULAÇÃO: PULMONAR 
o VD - Tronco pulmonar – aa. Pulmonares – pulmões – vv. Pulmonares – AE 
 GRANDE CIRCULAÇÃO: SISTÊMICA 
o VE - Aorta – tecidos – vv. Cavas – AD 
 
 ÁTRIO DIREITO: 
o Músculos pectíneos 
 Átrio e aurícula direita 
 Relevos musculares paralelos nas paredes 
o Fossa oval (depressão) 
 Parte septal do AD 
 Fechamento da abertura embrionária 
o Óstio do seio coronário: drenagem do sangue do coração 
o Óstio das veias cavas 
 VENTRÍCULO DIREITO: 
o Valva atrioventricular direita 
 Impede o refluxo do ventrículo para o átrio 
 Cordas tendíneas: delicados filamentos que conectam as válvulas 
 Músculos papilares: projeções do miocárdio na parede interna do 
ventrículo 
o Trabéculas cárneas (relevos musculares entrecruzados) 
o Valva do tronco pulmonar 
o 3 válvulas semi lunares 
Paola Luiz Casteler – 182 
 
Odontologia UFSC 
 ÁTRIO ESQUERDO: 
o Menor das câmaras cardíacas 
o Músculos pectíneos 
o Óstio das veias pulmonares 
 VENTRÍCULO ESQUERDO: 
o Valva atrioventricular esquerda: impede o refluxo do ventrículo para o átrio 
o Trabéculas cárneas 
o Valva da aorta: 3 válvulas semi lunares 
Esqueleto fixado ao coração 
 Tecido conjuntivo fibroso 
o Circunda os óstios AVE e AVD, do tronco pulmonar e aórtico 
o Fixa as valvas cardíacas e fibras musculares miocardias 
SISTEMA DE CONDUÇÃO EXCITOCONDUTOR 
ELEMENTOS INTRÍNSECOS DO CORAÇÃO 
 Fibras musculares especializadas em gerar e conduzir impulsos elétricos para o 
miocárdio 
 Coordenam, de maneira sincronizada, seu batimento 
 NÓ SINOATRIAL 
o Marcapasso cardíaco 
o Dispara o pulso elétrico 
o Inicia o batimento (60 a 100x/min) 
o Sístole arterial 
 NÓ ATRIOVENTRICULAR 
o 0,15s depois origina outro impulso que trafega 
 Fascículo AV – Ramos 
 Plexo subendocárdio (paredes ventriculares) – sístole ventricular 
CICLO CARDÍACO 
 Todos os eventos associados a um batimento cardíaco 
o Sistole: átrios 
o Diástole: ventrículos 
INERVAÇÃO DO CORAÇÃO: 
 O sistema próprio do coração está funcionalmente subordinado ao controle do SNA 
VASCULARIZAÇÃO SANGUÍNEA: 
 Arterias coronárias direita e esquerda 
o Nutrição do miocárdio – infarto do miocárdio 
 Veias cardíacas 
o Drenagem sanguínea 
o Desembocam no seio coronário (SC) – se abre no AD 
PERICÁRDIO 
 Seio fibrosseroso que envolve o coração 
Paola Luiz Casteler – 182 
 
Odontologia UFSC 
 2 membranas – pericárdio fibroso e seroso 
o Seroso: 2 lâminas 
 Lâmina parietal 
 Lâmina visceral e epicárdio 
o Entre as lâminas há uma cavidade pericárdia, que contém o líquido pericárdio, 
diminuindo o atrito entre o pericárdio e o coração 
 Funções: 
o Contenção para o coração 
o Proteção 
VASOS SANGUÍNEOS 
 Rede de tubos que transportam sangue 
 Arterial = vermelho Venoso = azul 
SISTEMA ARTERIAL 
 Artérias: mais elásticas, com memória muscular 
o Conjunto de vasos que partem do coração e vão se ramificando em artérias de 
menor calibre até chegarem a capilares 
o Calibre intermediário: arteríola 
 Capilares tem 2 polaridades 
o Polo arterial: de onde “surge” – no tecido a parede do vaso muda de 
característica e tem-se um capilar venoso 
o Polo venoso 
SISTEMA VENOSO: 
 Veias: possuem válvulas semilunares (evitam o refluxo) 
o Conjunto de vasos partindo dos tecidos, vão se juntando em ramos de maior 
calibre até o coração 
CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA 
 Passagem do sangue através do coração e dos vasos sanguíneos - sistema fechado 
SISTEMA ARTERIAL