Resumo Funamentos de Economia aula 4
3 pág.

Resumo Funamentos de Economia aula 4


DisciplinaFundamentos da Economia14.340 materiais174.631 seguidores
Pré-visualização1 página
Economia Aula 4
O mercado é o local onde atuam as forças de demanda e oferta em busca de um equilíbrio.
As trocas econômicas são realizadas nos mercados interno e externo.
Nestes mercados, atuam conjuntamente as forças da demanda e da oferta por mercadorias ou produtos.
 A Microeconomia utiliza a hipótese de \u201ctudo mais constante\u201d
O objetivo é isolar a uma determinada variável, cujo efeito se pretende investigar, supondo-se que outras variáveis permanecem constantes, ou seja, que não interfiram no fenômeno investigado.
Como exemplo, sabemos que a demanda (ou a procura) de um bem é afetada pelo preço e pela renda dos consumidores.
Em um determinado momento, precisamos analisar o efeito do preço sobre a demanda.
Para analisar o efeito dessa variável (preço) sobre a demanda, manteremos a renda dos consumidores constante (coeteris paribus), faremos a alteração do preço e saberemos o resultado na demanda.
Por que precisamos adquirir bens e serviços?
Porque nos são úteis, ou seja, há uma satisfação de nós, consumidores, proporcionada pelo consumo.
A demanda (ou a procura) de uma determinada pessoa ou grupo de pessoas por um determinado produto indica o quanto esta pessoa ou grupo de pessoas desejam consumir, a dado preço, esse produto em um determinado período de tempo.
Em microeconomia, a empresa (ou firma) é o local onde fatores de produção são combinados, segundo um processo de produção escolhido, gerando os produtos, com o objetivo de maximizar seus resultados em termos de produção e lucro.
A oferta (de uma mercadoria em um determinado mercado) é a quantidade de um produto X que um produtor ou conjunto de produtores está disposto a vender, a determinado preço, em um período de tempo.
O equilíbrio do mercado pode ser definido pela interação entre demanda e oferta de mercado para um bem ou serviço.
Da interação entre essas curvas define-se um ponto de equilíbrio E, ao qual correspondem o preço e a quantidade de equilíbrio.
Desse modo, a noção de equilíbrio de mercado corresponde à coincidência de desejos entre consumidores e produtores, evidenciando uma situação onde não há excesso ou escassez de oferta ou de demanda. Neste ponto, os planos dos compradores são consistentes com o plano dos vendedores.
Em uma economia de mercado, o mecanismo de preços leva automaticamente ao equilíbrio
Mas é importante salientar que essa \u201cconvergência\u201d para o equilíbrio ocorre sem qualquer interferência do governo ou de outro agente externo.
E o governo pode interferir nesse equilíbrio?
Claro que sim! Vejamos a agora.
Estabelecimento de impostos
Um imposto sobre bens e serviços vai recair em um aumento de custos para a empresa. Se quiser manter a quantidade ofertada, a empresa deverá aumentar o preço do seu produto (repassando o imposto para o consumidor), ou reduzir o custo em outra área de produção. Ou então, reduzir a quantidade ofertada.
Política de preços mínimos na agricultura
 A finalidade é garantir preço para as atividades agrícolas, pecuárias e extrativas. O governo pode comprar os produtos dos produtores (atualmente menos utilizado) ou conceder empréstimos para produtores ou cooperativas para estocar seu produto e vender em um período mais favorável.
Tabelamento
Intervenção do governo na tentativa de coibir abusos de preços por parte dos ofertadores e frear um processo inflacionário. Já foi utilizado aqui no Brasil no Plano Cruzado, por exemplo.