Aula_03
23 pág.

Aula_03


DisciplinaProteção do Meio Ambiente144 materiais1.635 seguidores
Pré-visualização2 páginas
PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE
TELE AULA: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
EPÍGRAFE
\u201cPara nós os grandes homens não são aqueles que resolveram os problemas, mas aqueles que os descobriram\u201d. ALBERT SCHWEITZER
		
INTRODUÇÃO
O rastro deixado pela humanidade sobre a Terra está por toda parte.
 É particularmente visível e não deixa dúvidas quando observado desde o céu com o efeito smoog nas grandes cidades e chaminés de indústrias esfumaçadas, até a terra firme, com 40% das florestas naturais da superfície do planeta convertidas em áreas de criação de gado e cultivo de agricultura.
INTRODUÇÃO
- As estatísticas de conversão e desmatamento são frequentemente contestadas, pois o falso orgulho nacional quase sempre distorce esses dados para que as coisas pareçam melhores do que na realidade estão, tanto para o público interno como para o externo.
- Será que através de mudanças nas políticas públicas unidas a prática do desenvolvimento sustentável poderemos reverter este cenário para melhor um dia?
NÓS E O MUNDO
Então, o mundo dá voltas? 
E para que ele continue a dar voltas com as pessoas dentro dele, precisaremos tomar algumas atitudes agora. 
Essas atitudes têm de estar ligadas a um uso do meio natural sem excessos e com responsabilidade ambiental, para que tenhamos a sustentabilidade dos recursos e a sobrevivência humana, ou seja, o desenvolvimento sustentável.
NÓS E O MUNDO
Figura 01: A Terra vista sem os recursos \u201chumanos\u201d (retirado de http://perlbal.hi-pi.com/blog-images/330786/gd/1216855452/Internet-gratis-e-o-desenvolvimento-sustentavel.jpg, acessado em 27/06/2016). 
Esses dois vocábulos (desenvolvimento sustentável) ainda não tinham formado a parceria que hoje se tornou sobejamente conhecida de todos. 
Isso porque o principal objeto das discussões ocorridas nesse evento estava centrado na defesa do meio ambiente humano, no bojo de um problema global mais amplo: os ditames do modelo de desenvolvimento econômico dos países de Primeiro Mundo. 
ANTES DE FALAR DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
Estes, num determinado estágio de sua industrialização, viram-se na perspectiva da escassez dos recursos naturais, surpreendendo-se diante das limitações do meio ambiente no que dizia respeito à destinação final dos rejeitos \u2013 sólidos, líquidos e gasosos \u2013 tanto do processo industrial quanto dos hábitos de consumo da população. 
ANTES DE FALAR DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
A ênfase na defesa do meio ambiente humano, perante a questão ambiental do modelo de desenvolvimento de cunho predatório, foi resultado de um despertar da consciência ecológica em nível global.
 Esta consciência buscou além das questões de âmbito local ou regional, as quais, nas décadas de 1950 e de 1960, já incomodavam as agências estatais de controle ambiental das nações industrializadas e incrementavam as atividades dos movimentos ambientalistas. 
CONSCIÊNCIA ECOLÓGICA
O começo dos estudos do relacionamento entre o meio ambiente e o crescimento econômico foi marcado pelo relatório Os limites do crescimento, escrito por Jay Forrest e Dennis Meadows, do Instituto Tecnológico de Massachusetts 
O trabalho enfatiza que a exploração e degradação dos recursos naturais limitariam o crescimento da economia mundial. Elaborado pelo Clube de Roma, esse relatório vendeu mais de 30 milhões de cópias em 30 idiomas, tornando-se o livro sobre meio ambiente mais vendido da história. 
Tratava essencialmente de problemas cruciais para o futuro desenvolvimento da humanidade. 
HISTÓRICO DOS ESTUDOS AMBIENTAIS
Utilizando modelos matemáticos o estudo chegou à conclusão de que o planeta Terra não suportaria mais o crescimento populacional por causa da pressão sobre os recursos naturais e energéticos e do aumento da poluição, mesmo considerando o avanço das tecnologias.
URGÊNCIA
O termo desenvolvimento sustentável, como é, foi estabelecido pela International Union for The Conservation of Nature (IUCN), embora sua popularidade tenha origem no relatório \u201cNosso futuro comum\u201d ou relatório Bruntland (WCED, 1987), preparado pela Comissão Bruntland das Nações Unidas, no qual se lê:
\u201cO desenvolvimento sustentável satisfaz as necessidades atuais sem comprometer a capacidade de futuras gerações de satisfazer suas próprias necessidades\u201d. 
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
Vejamos que os componentes substantivos nesta definição são as questões de equidade, tanto entre uma mesma geração como entre diferentes gerações, a fim de que todas as gerações, presentes e futuras, aproveitem o máximo sua capacidade potencial. 
Porém, seria estranho que estivéssemos preocupados profundamente com o bem-estar das futuras gerações e deixássemos de lado a triste sorte dos pobres de hoje. 
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
No entanto, atualmente, nenhum desses dois objetivos tem assegurada a prioridade que merece. 
Consequentemente, talvez uma reestruturação, das pautas concernentes à distribuição de renda, à produção e ao consumo em escala mundial seria uma condição prévia necessária a toda estratégia viável de desenvolvimento sustentável. 
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
Vemos que o conceito de desenvolvimento sustentável surgiu em um contexto de crise econômica e da revisão de paradigmas de desenvolvimento.
 A crise econômica na maior parte do mundo, a instabilidade, o aumento da pobreza, etc., colocavam em dúvida a viabilidade dos modelos convencionais, inclusive, a própria idéia de \u201cdesenvolvimento\u201d havia sido sustada das políticas ante a urgente necessidade de estabilizar as economias e recuperar o crescimento econômico.
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
O surgimento da idéia do desenvolvimento sustentável teve repercussões importantes em todos os meios \u2013 graças aos esforços da Comissão das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento (CNUMAD) \u2013 devido à necessidade de renovar concepções e estratégias, buscando o desenvolvimento das nações pobres e reorientando o processo de industrialização dos países mais avançados.
 
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
O conceito convencional de desenvolvimento se referia ao processo de melhoria das condições econômicas e sociais de uma nação. 
O enfoque da Comissão buscou ir além da dimensão econômica e social, tratando de incluir a questão ambiental como um dos elementos centrais da concepção e da estratégias de desenvolvimento.
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
ao qualificar o desenvolvimento com o adjetivo \u201csustentável\u201d, incorpora-se um conceito de capacidade de subsistir ou continuar. 
A sustentabilidade expressa uma preocupação com o meio ambiente para que as gerações futuras o utilizem e o desfrutem da mesma forma que a presente. 
Neste caso, \u201cdesenvolvimento\u201d não é sinônimo de \u201ccrescimento\u201d. 
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
Crescimento econômico é entendido como aumentos na renda nacional.
 Em contra partida, o desenvolvimento implica algo mais amplo, uma noção de bem-estar econômico que reconhece componentes não monetários. 
Que para nós inclui a qualidade do meio ambiente.
É importante ressaltar que o desenvolvimento sustentável exige que se definam prazos, com qual ordem de prioridades, a que níveis e escalas e quais recursos econômicos utilizar para obter a sustentabilidade.
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
 Essa tarefa é muito complexa, dados os aspectos sociais, políticos e elementos técnicos implicados, por exemplo, na superação da pobreza, em que a sustentabilidade pode ser inalcançável, mesmo em prazos relativamente longos. 
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
Outro problema a ser considerado é o da interpretação.
 Na bibliografia sobre o tema excedem as definições de desenvolvimento sustentável incorretas ou distorcidas que, frequentemente, alteram a idéia original. 
Por exemplo, uma grande parte da literatura disponível tende a reduzir o conceito a uma mera sustentabilidade ecológica ou a um desenvolvimento ecologicamente