Pronomes
14 pág.

Pronomes


DisciplinaPortuguês67.805 materiais1.505.696 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Português - Gramática 
 
 
 
 
PRONOMES 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
1 
 
 
Sumário 
 
Introdução ............................................................................................................................... 2 
 
Objetivos .................................................................................................................................. 2 
 
1. Os pronomes .................................................................................................................... 2 
1.1. Conceito geral ............................................................................................................ 2 
1.2. Pronomes pessoais do caso reto e oblíquo ............................................................... 3 
1.3. Pronomes de tratamento .......................................................................................... 5 
1.4. Pronomes possessivos .............................................................................................. 6 
1.5. Pronomes demonstrativos ....................................................................................... 7 
1.6. Pronomes interrogativos .......................................................................................... 7 
1.7. Pronomes indefinidos .............................................................................................. 8 
1.8. Pronomes relativos ................................................................................................... 8 
1.9. A importância dos pronomes .................................................................................... 9 
 
Exercícios ............................................................................................................................... 10 
 
Gabarito ................................................................................................................................. 11 
 
Resumo .................................................................................................................................. 11 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
2 
 
Introdução 
Na apostila anterior estudamos sobre os \u201cAdjetivos\u201d. Conhecemos seu 
conceito, suas classificações e alguns exemplos e flexões de número, gênero e grau. 
Desta vez, iremos aprender sobre os \u201cPronomes\u201d, identificando 
características necessárias à sua classificação em: pessoais do caso reto, pessoais do 
caso oblíquo, de tratamento, possessivos, demonstrativos, relativos, interrogativos e 
indefinidos. Conforme nos indica Cegalla (2009, p. 178), pronomes são palavras que 
substituem os substantivos ou os determinam, indicando a pessoa do discurso. 
Pessoa do discurso é a que participa ou é objeto da comunicação. 
Objetivos 
\u2022 Conhecer o conceito de pronome e sua função na língua portuguesa; 
\u2022 Apresentar as principais classificações dos pronomes; 
\u2022 Evidenciar o uso das seis espécies de pronomes, em: pessoais, de tratamento, 
possessivos, demonstrativos, indefinidos, relativos e interrogativos. 
 
1. Os pronomes 
1.1. Conceito geral 
Você sabe o que são pronomes e qual sua função? 
Podemos conceituar como pronomes palavras que exercem a função de 
acompanhar ou substituir um substantivo, estabelecendo relação com as três 
pessoas do discurso: 
 
1ª pessoa Quem fala 
EU (singular) 
NÓS (plural) 
2ª pessoa Com quem se fala 
TU (singular) 
VÓS (plural) 
3ª pessoa Sobre quem se fala 
ELE, ELA (singular) 
ELES, ELAS (plural) 
 
 
3 
 
Existem algumas classificações para os pronomes e nesta apostila 
estudaremos sobre os pronomes pessoais do caso reto e oblíquo, de tratamento, 
possessivos, demonstrativos, interrogativos e indefinidos. 
 
1.2. Pronomes pessoais do caso reto e oblíquo 
Os pronomes pessoais demostram as pessoas gramaticais, as pessoas do 
discurso, que são as citadas na tabela da página anterior. 
 
IMPORTANTE! 
 
 
 
 
 
 
 
Os pronomes pessoais são considerados do caso reto quando realizam a 
função de sujeito da oração. 
Observe a imagem (Figura 01) e leia a frase: \u201cMarcelo irá acampar nas 
montanhas, para isso ele terá de caminhar bastante\u201d. 
 
01 
Homem caminhando rumo às montanhas 
A 2ª pessoa do singular \u201cTU\u201d é substituída na maioria das 
cidades do Brasil pelo pronome \u201cVOCÊ\u201d, que também 
pode ser considerado 2ª pessoa do singular ou \u201cVOCÊS\u201d, 
2ª pessoa do plural. Entretanto, a conjugação dos verbos 
que o acompanham deve ser sempre em 3ª pessoa. 
Já em relação ao pronome \u201cVÓS\u201d, ele está em desuso na 
língua falada, embora ainda faça parte da norma culta da 
língua portuguesa. 
 
 
4 
 
\u2022 Elas me convidaram para viajar nas férias. 
 
\u2022 Alguém te entregou o presente? 
 
\u2022 Mariana gostou de mim. 
As palavras destacadas em negrito demonstram a função do pronome 
pessoal do caso reto, pois o substantivo próprio \u201cMarcelo\u201d foi substituído pelo 
pronome reto \u201cele\u201d, evitando assim a repetição de palavras na mesma frase. 
Já os pronomes oblíquos são aqueles que fazem a função de complemento 
verbal. 
Observe nos exemplos que os pronomes oblíquos acompanham os verbos! 
 
EXEMPLO 
 
 
 
Os pronomes pessoais do caso reto e oblíquo são: 
 
NÚMERO PESSOA RETOS 
OBLÍQUOS 
tônicos átonos 
Singular 
1ª 
2ª 
3ª 
eu 
tu 
ele, ela 
mim, comigo, ti, 
contigo, ele, ela 
si 
me 
te 
se, o, a, lhe, 
consigo, la, lo, 
na, no 
Plural 
1ª 
2ª 
3ª 
nós 
vós 
eles, elas 
nós, conosco, 
vós, convosco, 
eles, elas 
nos 
vos 
se, os, as, lhes 
si, consigo, 
los, las, nas, 
nos 
 
 
Como podemos perceber, os pronomes do caso reto e oblíquo têm a função, 
em diferentes situações, de substituir ou acompanhar o sujeito da frase. Por isso, são 
muito importantes para o discurso! 
 
5 
 
1.3. Pronomes de tratamento 
 Os pronomes de tratamento são considerados como uma variação, mas ainda 
fazem parte do grupo dos pronomes pessoais, entretanto são utilizados com um fim 
específico: dirigir-nos a alguém em situações formais, podendo ser referentes à 
3ª pessoa ou a cargos/funções. 
 Podemos organizar os pronomes de tratamento em dois grupos: os de uso 
frequente, em situações cotidianas e os de uso em ocasiões especiais. 
 
São usos em ocasiões especiais: 
 
SINGULAR/ABREVIATURA PLURAL/ABREVIATURA EMPREGO 
Vossa Alteza 
(V.A) 
Vossas Altezas 
(VV.AA) 
príncipes, duques 
Vossa Santidade 
(V.S) 
----------------------- papa 
Vossa Excelência 
(V. Ex.ª) 
Vossas Excelências 
(V. Ex. ªs) 
altas autoridades 
Vossa Magnificência 
(V. Mag.ª) 
Vossas Magnificências 
(V. Mag.ªs) 
reitores 
Vossa Eminência 
(V. Em.ª) 
Vossas Eminências 
(V. Em.ªs) 
cardeais 
Vossa Reverendíssima 
(V.Rev.ma) 
Vossas Reverendíssimas 
(V.Rev.mas) 
sacerdotes 
Vossa Majestade 
(V. M.) 
Vossas Majestades 
(VV.MM.) 
reis, imperadores 
 
São usos em situações cotidianas: 
 
Você Senhor Senhora 
Vocês Senhores Senhoras 
 
 
Uma informação de destaque é que o emprego do pronome de tratamento 
\u201cVossa\u201d é usado quando falamos diretamente com a pessoa do discurso. Desse 
modo, quando a situação não é direta, realiza-se a substituição do \u201cVossa\u201d por \u201cSua\u201d. 
Por exemplo: Sua Excelência poderá nos visitar? (situação indireta). 
 
 
 
6 
 
Cláudia e Simone são minhas tias, e as suas tias, como se 
chamam? 
Minhas tias se chamam Tatiana e Vera. 
Note que os substantivos próprios \u201cCláudia e Simone\u201d 
foram substituídos