AV Fund Direito Empresarial1
3 pág.

AV Fund Direito Empresarial1


DisciplinaFundamentos do Direito Empresarial e Tributário II91 materiais267 seguidores
Pré-visualização1 página
Disc.: FUNDAMENTOS DO DIREITO EMPRESARIAL E TRIBUTÁRIO 
Aluno(a): PATRICIA HELENA E SILVA SARAIVA MELO 201802079483 
Acertos: 9,0 de 10,0 09/09/2019 
 
 
 
1a Questão (Ref.:201802883617) Acerto: 1,0 / 1,0 
Na atualidade o Direito Empresarial ocupa cada vez mais espaço na vida dos empresários, dos cidadãos e do próprio poder 
público, embora cada um destes atores com seus interesses: os empresários com o lucro, os cidadãos enquanto 
consumidores (e seus direitos) e o poder público preocupado com a regulamentação das atividades e na arrecadação de 
tributos. Podemos definir o Direito Empresarial como: 
 
 
Normas que regulamentam o exercício da empresa, mas também os direitos e obrigações de quem exercer 
atividade empresarial. 
 
Conjunto de leis que regulamentam toda e qualquer atividade econômica, exceto aquelas praticadas pelas 
sociedades anônimas, regulamentadas pelo Direito Societário. 
 
Conjunto de leis, decretos e portarias que tratam da autorização e fiscalização das atividades empresariais. 
 
Normas que regulamentam essencialmente a atividade empreendedora e suas consequências na sociedade. 
 
Conjunto de normas jurídicas que regulamentam exclusivamente as atividades formais, serviço, comércio ou 
indústria. 
Respondido em 09/09/2019 07:50:55 
 
 
 
2a Questão (Ref.:201802883759) Acerto: 1,0 / 1,0 
Conforme nossos estudos, podemos afirmar que todos os ítens abaixo listados constituem Elementos caracterizadores do 
Empresário, EXCETO: 
 
 
A Produção ou circulação de Bens. 
 
O exercício de profissão intelectual. 
 
A Organização. 
 
O profissionalismo. 
 
A finalidade lucrativa 
 
 
 
3
a
 Questão (Ref.:201802883217) Acerto: 1,0 / 1,0 
A venda ao público de ações emitidas pela S.A. , depende de autorização: 
 
 
Da CVM. 
 
Do Conselho Fiscal da S.A. 
 
Do Banco Central. 
 
Sociedade Simples; 
 
Da bolsa de valores. 
 
 
 
4a Questão (Ref.:201802883289) Acerto: 1,0 / 1,0 
ASSINALE A ALTERNATIVA TOTALMENTE ,CORRETA: 
 
 
O Mário empresário casado com Isabel , em regime de comunhão de bens precisa de outorga conjugal para alienar os 
imóveis que integrem o patrimônio de sua empresa, como, os bens materiais e imateriais. 
 
Marcelo pode exercer a atividade empresarial estão em pleno gozo da capacidade civil e não for legalmente impedida. 
Marcelo legalmente impedida, caso a exerça, não responderá pelas obrigações contraídas, pois tais atos serão 
considerados nulos. 
 
Para que sejam Manoel e Joaquim considerados nacionais, além de a sociedade ter sócios brasileiros, deve ter sede no 
país. 
 
É obrigatória a inscrição da sociedade empresarial no Registro Público de Empresas Mercantis da respectiva sede, 
antes do início de sua atividade. 
 
Para o exercício da atividade empresarial é necessário que o sujeito não detenha o que se costuma chamar de 
monopólio de conhecimento 
 
 
5a Questão (Ref.:201802883799) Acerto: 1,0 / 1,0 
Registro público existe para garantir a publicidade dos atos das pessoas jurídicas. Avalie as afirmações abaixo e indique a 
alternativa CORRETA: 
 
 
As sociedades empresárias realizam atividade econômica e o contrato social de cada uma deve ser registrado na Junta 
Comercial. 
 
Os atos constitutivos, que criam as pessoas jurídicas, devem ser levados ao registro público, tal como o contrato social, 
mas não o estatuto social. 
 
As associações e fundações, sem fins lucrativos, devem ser registradas na Junta Comercial. 
 
As sociedades empresárias realizam atividade econômica e o contrato social de cada uma deve ser registrado no 
Cartório de Registro Civil de Pessoas Naturais. 
 
As sociedades empresárias realizam atividade econômica e o contrato social de cada uma deve ser registrado no 
Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas. 
 
 
6a Questão (Ref.:201802884090) Acerto: 1,0 / 1,0 
A Presidente da República edita decreto aumentando o Imposto de Renda das Pessoas Físicas para 90%. O referido aumento 
entra em vigor a partir do dia seguinte à publicação do decreto e será descontado retroativamente a 1o. de janeiro. 
Considerando as limitações ao poder de tributar, pode-se afirmar que: 
 
 
A Presidente da República poderia aumentar o Imposto de Renda para 90%, com vigência imediata e 
retroativa, mas não por decreto. 
 
Todo aumento de Imposto de Renda tem efeito imediato 
 
A Presidente da República não poderia aumentar o Imposto de Renda por decreto, o aumento não poderia ser 
de 90%, não teria vigência imediata nem retroativa. 
 
A Presidente da República poderia aumentar o Imposto de Renda por decreto 
 
O decreto não viola nenhuma norma constitucional 
 
 
7a Questão (Ref.:201803297078) Acerto: 0,0 / 1,0 
O município mantém serviço regular de coleta de lixo domiciliar, exigindo das pessoas lá domiciliadas por esse serviço: 
 
 
taxa de serviço. 
 
taxa ou imposto, conforme a caso. 
 
contribuição de melhoria, uma vez que irá valorizar os imóveis. 
 
imposto sobre serviços de qualquer natureza. 
 
imposto predial e territorial urbano. 
 
8
a
 Questão (Ref.:201803297267) Acerto: 1,0 / 1,0 
Município institui contribuição de melhoria no valor de trezentos reais, para todos os contribuintes, em razão de obra pública 
de calçamento de vias públicas municipais realizada no exercício de 2008. Esta contribuição de melhoria é: 
 
 
indevida, porque deveria ter sido cobrada antes da realização da obra. 
 
devida, porque o Município tem direito a se reembolsar das obras públicas que beneficiam os moradores, sob pena 
de enriquecimento sem causa destes. 
 
devida, por ter por fato gerador obra pública. 
 
indevida, porque não está sendo cobrada de maneira individualizada em razão da valorização imobiliária, deixando de 
considerar o quantum que cada imóvel teve de valorização em razão da obra pública. 
 
indevida, porque obra de calçamento público não pode ser cobrada dos moradores. 
 
 
 
9a Questão (Ref.:201805209554) Acerto: 1,0 / 1,0 
A definição de fato gerador vem descrita junto ao artigo 114 do CTN. Assim, fato gerador é: 
 
I é a hipótese de incidência . 
 
II é a obrigação legal. 
 
III é a obrigação acessória. 
 
IV é a obrigação principal. 
 
V é um fato praticado por alguém (sujeito passivo), que irá gerar, acarretar, uma obrigação tributária (principal ou acessória). 
 
 Determine a resposta que contém todas as alternativas VERDADEIRAS entre as sentenças acima: 
 
 
II e V; 
 
I, II e V; 
 
V. 
 
I, III e IV; 
 
III e II; 
 
 
 
 
10a Questão (Ref.:201802883967) Acerto: 1,0 / 1,0 
Podemos definir parafiscalidade como sendo 
 
 
a delegação da capacidade tributária passiva, feita pelo sujeito passivo, surgindo então a figura do responsável 
tributário 
 
a capacidade de os atos tributários serem fiscalizados pelo povo 
 
a delegação da capacidade tributária ativa feita pela pessoa política competente, por meio de lei 
 
a delegação somente da capacidade de arrecadar o tributo, sem a possibilidade de dispor desta verba, devendo esta 
ser repassada para o ente político criador do tributo 
 
a delegação da verba arrecadada, e não da arrecadação