A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
DIREITO CONSTITUCIONAL- CLASSIFICAÇÃO DAS CONSTITUIÇÕES

Pré-visualização | Página 1 de 2

1. Alterabilidade 
1.1. Super rigida 
1.2. Rigida 
1.3. Semirigida (semi flexivel) 
1.4. Flexivel 
1.5. Fixas 
2. Origem 
2.1. Outorgada 
2.2. Promulgada 
2.3. Bonapartista 
2.4. Pactuada 
3. Forma 
3.1. Escrita 
3.2. Consuetudinaria 
4. Extensão 
4.1. Sintetica 
4.2. Analitica 
5. Conteudo 
5.1. Material 
5.2. Formal 
6. Modo de Elaboração 
6.1. Dogmático 
6.2. Histórico 
7. Sistematica 
7.1. Reduzida 
7.2. Variada 
8. Criterio Ideológico 
8.1. Ortodoxa 
8.2. Ecletica 
9. Origem de Elaboração 
9.1. Autonoma 
9.2. Heteronoma 
10. Função 
10.1. Garantia 
10.2. Dirigente 
11. Essencia 
11.1. Semantica 
11.2. Nominal 
11.3. Normativa 
12. Normas 
12.1. Principiologica 
12.2. Preceitual 
13. Periodo de Duração 
 
 
13.1. Provisória 
13.2. Definitiva 
14. Links 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
1- ALTERABILIDADE 
 
Para classificar uma constituição quanto a sua alterabilidade precisamos compreender que tal 
classificação é feita relativa ao processo de legislação da referida constituição. O seja, é medida a 
 
 
alterabilidade da constituição comparando o processo para altera-la com o processo para a elaboração e 
publicação de leis 
 
1.1-SUPER RÍGIDAS: ​São consideradas constituições super rígidas aquelas em que a 
alteração é mais dificultosa do que a lei, com a existência de cláusulas pétreas. 
Para Alexandre de Moraes a CF 88 é uma constituição super rígida, no entanto essa 
posição é minoritária, a maioria dos juristas não vê a CF88 como super rígida uma vez que as 
cláusulas pétreas podem ser alteradas, o que não se pode fazer é extingui las. 
1.2-RÍGIDAS: Onde a emenda constitucional é mais difícil do que a criação ou alteração 
de lei. 
1.3-SEMI RÍGIDAS (SEMI FLEXÍVEIS): ​Nas constituições Semi Rígidas, ou Semi 
Flexíveis, coexistem pontos que são mais difíceis de se alterar com pontos que possuem alteração 
idêntica a da lei. 
1.4-FLEXÍVEL:​ ​Constituições com alteração igual a criação de leis . 
1.5-FIXAS:​ ​Nas constituições fixas não são previstos meios de alteração. 
 
2- ORIGEM 
 
2.1-OUTORGADA: ​As constituições outorgadas nascem da vontade de de um indivíduo, 
um tirano. Como exemplo se pode citar a constituição brasileira de 1937, outorgada por Getúlio 
Vargas 
2.2-PROMULGADA: ​As Constituições promulgadas contam com participação popular 
no ato de sua elaboração, seja por meio direto ou por meio de representantes. Como exemplo se 
pode citar a constituição brasileira de 1988. 
2.3-BONAPARTISTA: As constituições bonapartistas são elaboradas por um indivíduo 
e, para que sejam besuntadas de legitimidade, submetidas à aprovação popular. O pioneiro desta 
prática foi Napoleão Bonaparte, no continente sul americano a prática foi utilizada por Pinochet 
<3. 
2.4-PACTUADA: O poder constituinte e os entes elaboradores são fragmentados, tono no 
espaço como no tempo, um claro exemplo é a constituição inglesa, que teve partes elaboradas 
pelo Rei, parte pelos Lordes e parte pelo Comuns. 
 
3-FORMA 
 
3.1 ESCRITA: A constituição é escrita, as normas estão texto 
3.2 CONSUETUDINÁRIA: A constituição pode ou não ser escrita, neste tipo de 
constituição são envolvidos os costumes e tradições de um povo, aqui também pode se citar o 
exemplo da constituição inglesa. 
 
4-EXTENSÃO 
 
4.1-SINTÉTICA: São as constituições mais concisas, estas tendem a ser mais estáveis. 
Temos como exemplo a constituição estadunidense. 
 
 
4.2-ANALITICA: São as constituições prolixas, que tratam sobre inúmeros assuntos, este 
tipo de constituição tem vida curta, é como dizia aquela canção ​falador passa mal rapaz, falador 
passa mal. ​ A CF88 é uma constituição claramente analitica. 
 
5-CONTEUDO 
 
5.1-MATERIAL: Traz apenas aquilo que é, materialmente, constitucional, ou seja, 
organização do estado e garantia dos direitos fundamentais. Constituições materiais tendem a ser 
também constituições sintéticas(4.1) e portanto mais estáveis. 
5.2-FORMAL: Traz o que é materialmente constitucional, acrescido de quantidade 
considerável de bosta. 
 
6-MODO DE ELABORAÇÃO 
 
6.1-DOGMÁTICO: Modo de elaboração contínuo que tem por finalidade produzir uma 
constituição 
6.2-HISTÓRICO: Modo de elaboração intermitente, que traz para a constituição diversos 
documentos histŕocos. Um bom exemplo é a constituição do Reino Unido. Constituições 
elaboradas no método histórico geralmente são pactuadas(2.4) 
 
7-SISTEMÁTICA 
 
7.1-REDUZIDA: Também conhecida como codificada, uma constituição reduzida tem 
seu teor em um único texto. 
7.2-VARIADA: uma constituição variada possui seu teor fragmentado em diversos textos 
e documentos. 
 
É interessante notar que a CF88 nasceu como uma constituição Reduzida, porém a emenda 
constitucional n45 de 2004, que inclui o parágrafo terceiro ao Artigo 5 da constituição que vigora com o 
seguinte texto 
“Art 5 ​§3- Os tratados e convenções internacionais sobre 
direitos humanos que forem aprovados, em cada casa do congresso 
nacional, em dois turnos, por três quintos dos votos dos respectivos 
membros, serão equivalentes às emendas constitucionais.“ 
 
Na prática essa emenda dá caráter constitucional a certos tratados aprovados de maneira 
específica pelo congresso 
 
 
8-CRITÉRIO IDEOLÓGICO 
 
 
 
8.1-ORTODOXA: Uma constituição de critério ideológico ortodoxo não dá a seus 
cidadãos escolha ideológica, senão aquela prevista na constituição. ​Exemplum primi é a 
constituição soviética que em seu artigo 6 traz: 
 
A força que guia e move a sociedade soviética, os núcleos de 
seus sistema político, todas as organizações públicas-estatais é o Partido 
Comunista da União Soviética, o Partido existe para o povo e ao povo 
serve. O Partido Comunista, armado com o marxismo-leninismo, 
determina as perspectivas gerais de desenvolvimento da sociedade e o 
curso das políticas internas e externas , dirige o grande trabalho de 
construção da sociedade soviética (...) Todas as organizações do Partido 
devem funcionar dentro dos moldes previstos pela constituição da União 
das Repúblicas Socialistas Soviéticas 
 
Não está previsto a diversidade ideológica 
8.2-ECLÉTICA: Em constituições de critério ideológico eclético a liberdade de 
pensamento e manifestação política é assegurada, neste tipo de constituição não é previsto viés 
ideológico único. A CF88 é electrica, o que pode ser observado em seu Art 1 inciso V 
“​Art.1 A república Federativa do Brasil é formada pela união 
indissolúvel dos estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se 
em Estado democrático de direito e tem como fundamentos(...)o 
pluralismo político” 
 
9-ORIGEM DE ELABORAÇÃO 
 
9.1-AUTONOMA: Elaborada pelo proprio pais 
9.2-HETERONOMA: Elaborada ou agente externo ao país, seja este outro estado ou 
órgão internacional. Bons exemplos são as constituições do Camboja e da Namíbia, ambas 
elaboradas pela ONU 
 
10-FUNÇÃO 
 
10.1-GARANTIA: Apenas garante direitos e prevê a organização do Estado. 
10.2-DIRIGENTE: Tenta dirigir, estabelece objetivos e metas, a CF88 é uma constituição 
dirigente, seu artigo