Aula 9
11 pág.

Aula 9


DisciplinaGeologia8.275 materiais62.048 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Aula 09 \u2013 Geologia e Meio Ambiente 
 
Princípio básico para a relação entre a Geologia de Engenharia e o meio ambiente: 
 
"Toda intervenção no meio ambiente deve ser feita com conhecimento geológico-geotécnico do 
local, área ou região, desde a construção de uma simples casa, de pequenas estradas ou de canais 
até a construção de grandes obras, como: barragens, túneis, estradas rodoviárias, estradas 
ferroviárias, obras industriais ou transportes subterrâneos". 
 
Quando o conhecimento geológico-geotécnico não é considerado, as consequências podem ser 
danosas, com o aparecimento de impactos ambientais, sociais e econômicos, gerando graves 
sequelas e até a perda de vidas. 
 
O uso e a ocupação do solo no Brasil são feitos sem nenhum planejamento, gerando muitos danos. 
 
 
Consequências da ocupação do solo em espaços urbanos e rurais sem os cuidados 
geológicos-geotécnicos 
 
1. Tipo de ocupação: Loteamentos 
 
Formas de intervenção: 
\uf0b7 Remoção da cobertura vegetal; 
\uf0b7 Terraplenagem: cortes e aterros. 
 
Impactos diretos: 
\uf0b7 Erosão do solo. 
 
Consequências: 
\uf0b7 Assoreamento dos cursos d'água; 
\uf0b7 Ausência de redes de esgoto; 
\uf0b7 Formação de lixões. 
 
Assoreamento de um curso d'água 
\uf0b7 Processo em que os cursos d'água são afetados pelo acúmulo de sedimentos, que resulta no 
excesso de material sobre seu leito e dificulta a navegabilidade e o aproveitamento. 
 
2. Tipo de ocupação: Indústrias 
 
Formas de intervenção: 
\uf0b7 Desmatamentos; 
\uf0b7 Cortes; 
\uf0b7 Aterros. 
 
Impactos diretos: 
\uf0b7 Erosão localizada; 
\uf0b7 Poluição do ar, do solo e da água. 
 
Consequências: 
\uf0b7 Contaminação do ar, do solo e da água. 
 
 
3. Tipo de ocupação: Mineração 
 
Formas de Intervenção 
\uf0b7 Desmatamentos; 
\uf0b7 Escavações instáveis; 
\uf0b7 Desmontes de rochas e de solos. 
 
Impactos diretos: 
\uf0b7 Erosão; 
\uf0b7 Escorregamentos; 
\uf0b7 Deslizamentos; 
\uf0b7 Explosões; 
\uf0b7 Ruídos; 
\uf0b7 Barragens de rejeitos 
 
Consequências 
\uf0b7 Assoreamento de rios; 
\uf0b7 Devastação do meio ambiente; 
\uf0b7 Perigo para as vidas humanas; 
\uf0b7 Destruição de construções; 
\uf0b7 Contaminação do solo; 
\uf0b7 Contaminação da água; 
\uf0b7 Poluição do ar; 
\uf0b7 Poluição visual. 
 
Extração de minério, vendo-se a devastação causada ao meio ambiente 
 
 
Deslizamento 
\uf0b7 Movimento de massa que envolve o desprendimento e o transporte de solo ou material rochoso, 
encosta abaixo; 
 
Escorregamento 
\uf0b7 Deslizamento de terra que ocorre sob o efeito de chuvas, em locais íngremes, com transporte 
de fragmentos de rochas e solo identificáveis; 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Rio de lama de rejeitos de minérios, devido ao rompimento da barragem de rejeitos de minérios, 
ocorrido na cidade de Mariana, MG 
 
 
 
4. Tipo de ocupação: Sistemas viários 
 
Formas de intervenção: 
\uf0b7 Desmatamentos; 
\uf0b7 Cortes; 
\uf0b7 Aterros; 
\uf0b7 Sistemas de drenagem. 
 
Impactos diretos 
\uf0b7 Erosão; 
\uf0b7 Deslizamentos; 
\uf0b7 Escorregamentos. 
 
Consequências: 
\uf0b7 Assoreamento de rios 
 
 
 
5. Tipo de ocupação: Obras Urbanas 
 
Formas de intervenção 
\uf0b7 Viadutos; 
\uf0b7 Túneis 
\uf0b7 Demolições; 
 
Impactos diretos 
\uf0b7 Desapropriações; 
\uf0b7 Poluição sonora; 
\uf0b7 Poluição visual; 
\uf0b7 Modificação da paisagem urbana e histórica. 
 
Consequências 
\uf0b7 Incômodos sociais para a comunidade. 
 
 
6. Tipo de ocupação: Chácara de lazer (hotel-fazenda) 
 
Formas de ocupação 
\uf0b7 Desmatamentos; 
\uf0b7 Terraplanagem; 
\uf0b7 Cortes; 
\uf0b7 Aterros. 
 
Impactos diretos: 
\uf0b7 Erosão; 
\uf0b7 Escorregamentos; 
 
Consequências 
\uf0b7 Assoreamento de vias aquáticas; 
 
 
 
 
7. Tipo de ocupação: Agricultura 
 
Formas de intervenção: 
\uf0b7 Grandes desmatamentos; 
\uf0b7 Técnicas inadequadas de manejo do solo. 
 
 
Impactos diretos 
\uf0b7 Erosão; 
\uf0b7 Perda da camada fértil do solo. 
 
Consequências: 
\uf0b7 Desertificação; 
\uf0b7 Contaminação de mananciais d'água; 
\uf0b7 Custos elevados com agrotóxicos. 
 
 
Dois casos de ocorrências de impactos ambientais e sociais pelo uso e ocupação do solo 
 
1) Barragem para a construção de hidrelétrica 
\uf0b7 Inundação de cidade; 
\uf0b7 Área agrícola produtiva inutilizada; 
\uf0b7 Pontes submersas; 
\uf0b7 Estradas inundadas, interrompendo o transporte e as comunicações; 
\uf0b7 Centro urbano inundado; 
\uf0b7 Remoção da população urbana e rural; 
\uf0b7 Área florestal inundada. 
 
2) Expansão urbana acelerada, descontrolada, sem planejamento, ocorrida na cidade de São 
Paulo 
\uf0b7 Contaminação dos recursos hídricos, transformando rios e córregos em canais de esgotos e lixo; 
\uf0b7 Contaminação do solo, do subsolo e dos lençóis freáticos; 
\uf0b7 Poluição do ar, devido aos escapamentos dos veículos, gerando doenças respiratórias; 
\uf0b7 Poluição sonora, devido ao trânsito, com níveis elevados de ruído, provocando danos à saúde; 
\uf0b7 Poluição visual, decorrente de milhares de outdoors, placas e faixas; 
\uf0b7 Geração de muitas toneladas de lixo por dia, que vão para aterros sanitários, usinas de 
compostagem e estações de tratamento de resíduos hospitalares. 
 
Compostagem 
\uf0b7 É um processo de reciclagem que transforma a matéria orgânica, como restos de comida, em 
um material que pode ser novamente aproveitado de forma comercial, como os fertilizantes. 
 
Licenciamento ambiental 
\uf0b7 É o procedimento pelo qual toda atividade potenciamente poluidora necessita de autorização do 
órgão ambiental competente, para ser implantada; 
\uf0b7 O licenciamento ambiental é exigido praticamente, para todas as atividades, como: rodovias; 
ferrovias; portos; aeroportos; oleodutos; gasodutos; linhas de transmissão elétricas; obras 
hidráulicas; extração de minérios; aterros sanitários; unidades industriais; projetos urbanísticos; 
loteamento de imóveis; uso de defensivos agrícolas, etc. 
 
Desastres naturais e a Geologia de Engenharia 
Os desastres naturais se dividem, basicamente, em 3 tipos: 
\uf0b7 Desastres de origem espacial; 
\uf0b7 Desastres de origem climática; 
\uf0b7 Desastres provocados por fatores relacionados à dinâmica interna da Terra. 
 
Principais desastres naturais que causam danos ao meio ambiente, devido às forças 
internas da Terra 
 
1) Terremoto 
\uf0b7 Também chamado sismo ou abalo sísmico, ou tremor de terra, ou terremoto ou terramoto; 
\uf0b7 Resulta de uma súbita liberação de energia, na crosta da Terra, geralmente, devido ao choque 
entre placas tectônicas, criando ondas sísmicas de grande intensidade; 
\uf0b7 A crosta terrestre ou litosfera é formada por placas rígidas, chamadas placas tectônicas, que se 
deslocam em diferentes direções, convergindo e divergindo entre si, como se flutuassem sobre 
o manto; 
\uf0b7 O movimento lento de compressão entre duas placas gera acumulação de energia pela 
deformação elástica de suas bordas; em dado instante, esta energia é tão grande que supera o 
limite de resistência das rochas nos planos de falha e ocorre uma ruptura ou falha geológica; 
\uf0b7 A energia potencial contida na borda da placa é instantaneamente convertida em energia cinética 
e transferida para as rochas adjacentes. 
 
Manto 
\uf0b7 Material de consistência plástica viscosa, situada abaixo da litosfera. 
 
2) Vulcão 
\uf0b7 Abertura na crosta terrestre ou camada superficial da Terra, por onde são expelidos materiais 
originários do manto para a superfície; estes materiais, em geral, surgem em estado líquido-
pastoso e incandescente e recebem o nome de magma; 
\uf0b7 No entanto, da fenda do vulcão, também podem ser emitidos materiais gasosos, cinzas e rochas 
em estado sólido. 
 
Magma 
\uf0b7 Material presente na camada imediatamente abaixo da crosta