catalogo-paredes-de-concreto-armado
6 pág.

catalogo-paredes-de-concreto-armado

Pré-visualização2 páginas
PRODUTOS GERDAU
PARA PAREDES DE CONCRETO
SISTEMA CONSTRUTIVO PAREDES DE CONCRETO NBR16055
Telas Soldadas
Concreto
Fôrma
}
}
}
Os projetos estruturais e arquitetônicos, devem ser planejados, levando em 
consideração as características do sistema Parede de Concreto.
Casas térreas 
e assobradadas. 
Edifícios baixos, 
médios e altos.
}
}
APLICAÇÃO
PROJETO
PRINCIPAIS 
COMPONENTES 
DO SISTEMA:
Sistema construtivo 
em que as lajes e as 
paredes são moldadas 
em conjunto, formando 
um elemento monolítico.
PAREDES DE 
CONCRETO
Velocidade
Rentabilidade
Padronização
Sustentabilidade
Economia
Processo industrializado
Produção em escala
Racionalização da mão de obra
Baixo desperdício
Custos globais reduzidos
}
} 
} 
} 
} 
 }
} 
} 
} 
} 
 
CICLO CURTO DE PRODUÇÃO} VANTAGENS
ESTE NÃO TRAZ NENHUM TIPO DE RESPONSABILIDADE 
À GERDAU S.A., TRATANDO-SE APENAS DE SUGESTÃO DE APLICAÇÃO
DE NOVOS PRODUTOS E NOVAS SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS QUE
DEVERÁ SER NECESSÁRIAMENTE 
RESPONSÁVEL PELA OBRA OU ESTRUTURA.
DESENHO
SER VALIDADO PELO ENGENHEIRO
Prodraw 6379 FL. 05 REV. 01 31.10.08 PNFTT - 15397
 
- AS TELAS SOLDADAS GERDAU NÃO SERÃO 
FORNECIDAS DOBRADAS. É 
RESPONSABILIDADAE DO CLIENTE A 
POSSIBILIDADE DE EXECUÇÃO DAS OBRAS.
- PARA ARMADURA DE LIGAÇÃO PAR. X PAR. 
VER FOLHAS Nº 11.
- PARA RELAÇÃO E ESQUEMA DE CORTE DAS 
TELAS VER FOLHA Nº 13.
- PARA RELAÇÃO DO AÇO CONVENCIONAL VER 
FOLHA Nº 06.
ATENÇÃO:
BAIRRO NOVO - CAMAÇARI
PROJETO PADRÃO CASA 3 DORMITÓRIOS
ARMADURA DAS PAREDES INFERIORES
PAR. 04, 05 E 06.
1 - Verificar medidas na obra
2 - Medidas em centímetros
3 - Cortar e ajustar a tela onde necessário
4 - Projeto referência:
Esta folha foi detalhada com base no 
projeto nº A-0708, folha nº 09 rev. 
datada de 12/08/2008, do projetista 
Arnold Augusto Wendler Filho
5 - Concreto fck > 20 MPa
6 - Em caso de dúvidas, contactar nossa 
assitência técnica Fone: (11) 4094-6500
NOTAS IMPORTANTES
DETALHE GENÉRICO DE EMENDA DAS TELAS
S/ ESCALA
PAREDE 6 (2x)
ESC. 1:25
PAREDE 5 (2x)
ESC. 1:25
PAREDE 4 (1x)
ESC. 1:25
CORTE C-C
ESC. 1:25
DETALHE 01 DETALHE 01
DETALHE 03
ESC. 1:10
DETALHE 04
ESC. 1:10
DETALHE 05
ESC. 1:10
CORTE D-D
ESC. 1:25
CORTE A-A
ESC. 1:25
CORTE D-D
T
E
L
A
T
E
L
A
EMENDA
TELA
TELA
COMPRIMENTO
L
A
R
G
U
R
A
Nº
 - 
DE
SI
GN
AÇ
ÃO
 - 
LA
RG
. C
OM
P.P
A
R
.
 3
P
A
R
.
 2
PAR.6
7010 10
1
0
45
135
C
VER DETALHE 2VER DETALHE 1
T.15 2 8 C=125Ø
T.16 2 8
C=115
Ø
T
.
6
 
2
 
8
 
C
=
3
5
(
V
e
r
 
D
e
t
a
l
h
e
 
0
5
)
Ø
4
x
2
 
8
 
C
=
4
5
(
V
e
r
 
D
e
t
a
l
h
e
 
0
4
)
Ø
T
.
4
 
8
x
2
 
8
 
C
=
5
0
(
V
e
r
 
D
e
t
a
l
h
e
 
0
3
)
Ø
T
.
4
 
2
x
2
 
8
 
C
=
5
0
(
V
e
r
 
D
e
t
a
l
h
e
 
0
3
)
Ø
T
.
4
 
2
 
8
 
C
=
5
0
(
V
e
r
 
D
e
t
a
l
h
e
 
0
3
)
Ø
N
.
3
 \u2013
 E
Q
6
1
 \u2013
 1
2
2
x
2
9
7
1
0
4
5
2
6
0
2
1
5
2
6
0
1
0
10
3.5
C1 T.3 1 T.3
Ver detalhe 2
2 T.16 8Ø
TELA EQ61
2
6
0
1
0
10
Ver detalhe 1
2 T.14 8Ø
TELA EQ61
P
A
R
.
 3
P
A
R
.
 4
P
A
R
.
 2
60 352010 10410
555
PAREDE 5
1
0
10
T.14 2 8
C=40
Ø
T.14 2 8
C=40
Ø
N
.
3
 
\u2013
 
E
Q
6
1
1
2
2
x
2
9
7
33.5
5
1 T.3 1 T.3
B
33.5
N
.
1
T.13 2 8 C=545Ø
1
0
2
6
0
5
N
.
1
\u2013
E
Q
6
1
\u2013
2
4
5
x
1
9
7
N
.
1
N
.
1
N
.
1
\u2013
E
Q
6
1
\u2013
2
4
5
x
1
9
7
1 T.3
B
1
0
P
A
R
.
 5
10 30 120 130 120 120 130130
PAREDE 4
20 20 30 1090 9010 10 10
P
A
R
.
 8
1070
P
A
R
.
 5
1
0
2
6
0
1
5
0
4
5
6
5
5
1 T.3 1 T.3 1 T.3
T.11 2 Ø8 C=195 T.12 2 Ø8 C=178
N
.
1
T.12 2 Ø8 C=178
N
.
1
T.11 2 Ø8 C=195
T.10 2 Ø8 C=1060
T.10 2 Ø8 C=1060
41 41 41 42
A 1 T.3 1 T.3
5
2
0
8
1
5
0
T
.
3
 
5
 
Ø
1
0
 C
=
1
7
0
2
6
0
2
A
B
E
R
T
U
R
A
S
1
0
Ver detalhe 1
2 T.11 8Ø
2 T.11 8Ø
2 T.12 8Ø
TELA EQ61
10
DOBRAR 30cm DA FRANJA PARA
ARRANQUE DA LAJE, ALTERNANDO
COM 1 FIO SEM DOBRAR PARA
ARRANQUE DA PAREDE
DOBRAR 30cm DA FRANJA PARA
ARRANQUE DA LAJE, 
LADO DO PAINEL COM MAIOR 
FRANJA LONGITUDINAL
3
0
3
0
TELA EQ61 TELA EQ61
33
3
2 T.6 Ø82 T.5 Ø82 T.5 Ø82 T.4 Ø8
2
5
3
2
5
2 
m
al
ha
s 2 m
alhas
Telas dobradas para 
canto de parede.
} 
Telas com franjas conforme 
projeto estrutural.
} 
Altura pé-direito
Altura da laje
Comprimento 
do arranque
C
o
m
p
r
im
e
n
to
 d
a
 t
e
la
C
o
m
p
r
im
e
n
to
 
d
a
 f
r
a
n
ja
Telas para 
radier e lajes.
}
Detalhamento das telas feito 
com o projetista estrutural.
}
Indicação de telas específicas 
para concreto armado. 
}
DESENHO
TELA SOLDADA
APLICAÇÕES
ELEMENTOS VITAIS}
As telas soldadas têm papel 
fundamental no sistema PAREDE 
DE CONCRETO. Elas garantem a 
absorção e a distribuição dos 
esforços, pois além de cumprir sua 
função estrutural e de controlar a 
retratação do concreto, as telas 
servem como suporte para caixas 
elétricas, eletrodutos, instalações
hidráulicas e sanitárias*.
Cabe ao projetista estrutural 
indicar o tipo e o posicionamento 
das telas, para que elas atuem 
corretamente e deem segurança
necessária à edificação.
Telas e vergalhões distribuem os 
esforços incidentes nas paredes.
O projeto estrutural é responsável 
por definir a quantidade e o 
posicionamento das telas.
As telas servem também como 
suporte para instalações.
(*) As instalações sanitárias, em virtude do maior diâmetro de seus 
elementos, em geral são posicionadas fora das paredes, a fim de evitar 
fissuras induzidas pela diminuição da espessura da parede.
TELA SOLDADA PARA PAREDES DE CONCRETO 
 Cada projeto 
estrutural demanda 
quantidades e 
tipos específicos 
de telas de aço.
CORTE DE TELAS
O corte das telas pode ser realizado 
com a tesoura de cortar vergalhão 
ou com uma esmerilhadeira com 
disco de corte, dependendo da bitola 
do fio a ser cortado.
A forma apresentada proporciona maior 
produtividade, em virtude do menor número de 
posições na parede.
À primeira vista, os pedaços de tela cortados 
podem parecer sobra de material, mas eles são 
utilizados em reforços de cantos, como 
armadura para peças menores etc.
Observações}
A função dos vergalhões}
Eles reforçam determinadas áreas das paredes 
que recebem concentração de tensões de 
tração, como, por exemplo, aberturas de portas 
e de janelas.
Reforço estrutural
POSICIONAMENTO
No ciclo de produção das paredes de 
concreto, as telas, os vergalhões, as 
instalações elétricas, hidráulicas e 
sanitárias são montados antes das 
fôrmas. Isso traz uma vantagem: 
equipes independentes podem 
preparar várias unidades antes da 
montagem das fôrmas.
Em edificações baixas, normalmente, as telas 
são posicionadas no eixo das paredes; 
já edifícios altos podem exigir tela dupla, sendo 
uma na face interna e outra na face externa 
da parede.
Essa condição exige a colocação de 
espaçadores próprios, disponíveis no mercado, 
para garantir o correto posicionamento