A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
77 pág.
Avaliação Nutricional do Idoso pdf-1

Pré-visualização | Página 1 de 4

Avaliação Nutricional 
do Idoso 
CMI 
Prof
a
 Aline Figueiredo 
Departamento de Nutrição / UnB 
 Primeira etapa do cuidado nutricional 
 
 Componente essencial da avaliação geriátrica 
Avaliação Nutricional do Idoso 
AVALIAÇÃO NUTRICIONAL 
 Atenção especial ao idoso hospitalizado: 
 
Desnutrição intra hospitalar é mais significativa 
em idosos (IBRANUTRI, 1996) 
Possibilita a triagem dos pacientes em maior 
risco nutricional 
Permite traçar o diagnóstico nutricional e 
auxilia no planejamento, implementação e 
acompanhamento de intervenções nutricionais 
Avaliação Nutricional do Idoso 
AVALIAÇÃO 
SUBJETIVA 
AVALIAÇÃO 
OBJETIVA 
AVALIAÇÃO 
SUBJETIVA 
 Avaliação Nutricional Subjetiva em Geriatria 
Avaliação 
Nutricional 
Subjetiva Global 
(ANSG) 
Mini 
Avaliação 
Nutricional 
(MAN) 
Avaliação Nutricional do Idoso 
Nutrition 
Screening 
Initiative 
(NSI) 
Avaliação Nutricional do Idoso 
 Avaliação Nutricional Subjetiva Global: 
 
 
 Parâmetros: 
 
 
 
 Método: 
• História Clínica; 
• Exame Físico 
• Simples e de baixo custo; 
• Boa reprodutibilidade e confiabilidade. 
• Redução de peso nos últimos seis meses 
(e alterações no peso nas últimas 2 semanas) 
 
• Alterações na ingestão dietética (mudança não 
intencional e sua severidade e duração) 
 
• Presença de sintomas gastrintestinais 
(náuseas, vômitos, diarréia e anorexia) 
Diariamente há mais de 1 sem.  significativos 
 
• Capacidade funcional relacionada ao EN 
 Avaliação Nutricional Subjetiva Global: 
 
 História Clínica: (alguns tipos – A, B, C) 
Avaliação Nutricional do Idoso 
• Perda de gordura subcutânea: 
 Bíceps, Tríceps, Região abaixo dos olhos, Tórax 
 
• Perda de massa muscular: 
 Têmporas, Ombros, Clavícula, Escápula, 
 Costelas, Músculo interósseo do dorso da mão, 
 Joelho, Panturrilha, Quadríceps 
 
• Presença de edema e ascite: 
 Resultante de desnutrição 
 Avaliação Nutricional Subjetiva Global: 
Avaliação Nutricional do Idoso 
 Exame Físico: (normal, leve, moderado, grave) 
 Avaliação Nutricional Subjetiva Global: 
Avaliação Nutricional do Idoso 
 Depleção grave de reservas energéticas na região biciptal 
 Avaliação Nutricional Subjetiva Global: 
Avaliação Nutricional do Idoso 
Depleção grave de reservas energéticas triciptal 
 Avaliação Nutricional Subjetiva Global: 
Avaliação Nutricional do Idoso 
 Depleção leve de tecido muscular na região dos ombros 
(processo acromial) 
 Avaliação Nutricional Subjetiva Global: 
Avaliação Nutricional do Idoso 
 Depleção moderada de tecido muscular na região 
supraclavicular e infraclavicular 
 Avaliação Nutricional Subjetiva Global: 
Avaliação Nutricional do Idoso 
 Depleção moderada de tecido muscular na região de 
quadríceps 
 Avaliação Nutricional Subjetiva Global: 
Avaliação Nutricional do Idoso 
 Depleção grave de tecido muscular no dorso da mão, na 
região entre o polegar e o indicador 
 Mini Avaliação Nutricional do Idoso: 
 
 
 Método: 
 
• Prático, de simples mensurações e de 
questões rápidas; 
 
• Validado na aval. do RN de idosos para 
desnutrição, seja em assistência 
hospitalar ou ambulatorial; 
 
• A MAN inclui uma parte de triagem e 
outra de avaliação. 
Avaliação Nutricional do Idoso 
 Mini Avaliação Nutricional do Idoso: 
 Triagem: 
 
 
 Avaliação Global: 
Avaliação Nutricional do Idoso 
6 questões relacionadas ao IMC, problemas 
neuropsicológicos, mobilidade, perda ponderal 
recente, ingestão alimentar e 
presença de doença aguda 
Medidas antropométricas; 
avaliação relacionada ao modo de vida, 
medicação e capacidade funcional; 
questionário dietético; avaliação subjetiva 
 Nutrition Screening Initiative: 
 
 Método: 
 
Avaliação Nutricional do Idoso 
• Questionário auto-aplicável de 10 perguntas 
 
• Estabelecido em 1990 nos EUA 
 
• Aplicado na atenção primária à saúde 
 
• Objetivo principal: despertar consciência sobre 
os problemas nutricionais 
 
• Eficiência limitada  baixa relação 
risco de mortalidade 
 
• Não foi validado para utilização no Brasil 
 Nutrition Screening Initiative: 
 
 Método: 
 
• Investiga pontos de risco: 
 Doenças 
 Hábitos alimentares precários 
 Perda dental ou dor de dente 
 Dificuldade econômica 
 Contato social reduzido 
 Múltiplos medicamentos 
 Perda de peso involuntária nos últimos 6 meses 
 Necessidade de auxílio na cuidado próprio 
Avaliação Nutricional do Idoso 
 
Nutrition Screening Form 
Read the statements below. Circle the number in the yes column for those that apply to you. 
 YES 
I have an illness or condition that made me change the kind and/or amount of food 
I eat. 
2 
I eat fewer than 2 meals per day. 3 
I eat few fruits or vegetables, or milk products. 2 
I have 3 or more drinks of beer, liquor or wine almost every day. 2 
I have tooth or mouth problems that make it hard for me to eat. 2 
I don't always have enough money to buy the food I need. 4 
I eat alone most of the time. 1 
I take 3 or more different prescribed or over-the-counter drugs a day 1 
Without wanting to, I have lost or gained 10 pounds in the last 6 months. 2 
I am not always physically able to shop, cook, and/or feed myself. 2 
Total 
Total The Nutritional Score. If It's 
0-2 Good! Recheck nutritional score in 6 months 
3-5 You are at moderate nutritional risk. Recheck nutritional score in 3 months. 
6 or more You are at high nutritional risk. Talk with your physician or dietitian. 
These materials developed and distributed by the Nutrition Screening Initiative, a project of: 
American Academy of Family Physicians 
The American Dietetic Association 
National Council on the Aging, Inc. 
AVALIAÇÃO 
OBJETIVA 
Cada instituição deve elaborar seu próprio protocolo 
Avaliação Objetiva e Completa 
Análise mais minuciosa da situação de saúde e 
nutrição dos indivíduos 
Avaliação Nutricional do Idoso 
1. Consumo alimentar; 
2. Antropometria; 
3. Estado clínico-nutricional; 
4. Perfil bioquímico e laboratorial; 
5. Interações drogas-nutrientes; 
6. Avaliação metabólica. 
Seis subavaliações: 
AVALIAÇÃO 
DO CONSUMO 
ALIMENTAR 
Avaliação Nutricional do Idoso 
Consumo Alimentar 
Está estritamente associado ao prognóstico de 
possíveis patologias apresentadas pelo idoso; 
O levantamento do consumo alimentar é realizado, 
em geral, por meio de entrevista 
(IDEAL: colaboração do entrevistado) 
Mas o idoso pode se sentir incapaz de recordar dos 
questionamentos a cerca de sua alimentação 
presença de um CUIDADOR / FAMILIAR 
Recordatório 24 h 
Freqüência de Consumo 
Registro Alimentar 
Dia Alimentar Habitual 
VANTAGENS DESVANTAGENS 
Avaliação Nutricional do Idoso 
Consumo Alimentar 
 Inquéritos Alimentares mais comuns: 
VANTAGENS: 
- baixo custo; 
- independente do 
nível de escolaridade 
ou sócio-econômico; 
- rápido com adultos 
DESVANTAGENS: 
- necessita da memória; 
- a ingestão prévia das 
últimas 24 horas pode 
ter sido atípica; 
- demanda tempo (idoso); 
- pode-se induzir o idoso 
Recordatório 24 h 
Avaliação Nutricional do Idoso 
Consumo Alimentar 
Perguntar quais foram os alimentos ingeridos 
em cada refeição ao longo das 24 horas 
anteriores 
VANTAGENS: 
- baixo custo; 
- independente do 
nível de escolaridade 
ou sócio-econômico; 
- rápido com adultos 
DESVANTAGENS: