A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
A3 Gestão Financeira e orçamentaria

Pré-visualização | Página 1 de 1

O orçamento pode ser visto como uma ferramenta de planejamento financeiro pessoal que contribui para a realização de sonhos e projetos. Para fazer um bom planejamento, é necessário saber aonde se quer chegar; é necessário internalizar a visão de futuro, trazida pela perspectiva de realização do projeto e estabelecer metas claras e objetivas, as quais geralmente precisam de recursos financeiros para que sejam alcançadas ou para que ajudem a atingir objetivos maiores.
BANCO CENTRAL DO BRASIL. Caderno de Educação Financeira: gestão de finanças pessoais. Brasília, DF, 2013. Disponível em: https://www.bcb.gov.br/content/cidadaniafinanceira/documentos_cidadania/Cuidando_do_seu_dinheiro_Gestao_de_Financas_Pessoais/caderno_cidadania_financeira.pdf. Acesso em: 21 jan. 2020.
 A partir do conteúdo estudado, descreva os principais itens que devem compor um orçamento pessoal e, na sequência, exemplifique. Para a sua resposta, você pode reunir informações pessoais e comparar com o conteúdo estudado.
Um orçamento pessoal refere-se a uma previsão dos gastos e despesas que um indivíduo possui em um período determinado, a sua organização permite um maior controle das finanças e ajuda no planejamento de metas futuras. Para a realização de um bom orçamento pessoal, ele deve conter itens como: 
Primeiramente, deve-se ter ciência de todas as receitas que você possui e valores que tem a receber, seja através de salários, aluguéis, investimentos, economias, entre outros.
Logo depois, devem saber quais são as despesas fixas (que devem ser pagas com frequência) como aluguel, contas a pagar (água, luz, telefone, internet, etc), compras de mantimentos, medicamentos, gasolina, manutenções, entre outros. Devem-se saber também quais são as despesas varáveis como passeios, hobbies, férias, entre outros.
Deve conter no orçamento também todos os valores de dívidas como empréstimos, cartões, entre outros.
Após saber quanto de dinheiro está disponível e qual é o valor dos gastos, deve-se estipular um limite disponível para cada gasto, garantindo que você consiga controlar as despesas e não ficar no vermelho.
· Em sua planilha some todos os gastos, deixando os resultados bem apresentados para que possa interpretá-los.
· Para facilitar sua análise crie uma coluna ao lado que indique a porcentagem de cada despesa em seu orçamento, fazendo uma divisão do gasto selecionado pela receita total do mês.
· Pela última coluna é que percebemos para onde vai o dinheiro recebido. Além disso, é possível perceber que 81% das receitas tonam-se despesas, uma oportunidade em poupar os 19% restantes.
· Lembrando que este modelo de orçamento pessoal também serve para fazer o seu orçamento familiar.
 Exemplo:
	Receitas
	Valor (R$)
	Gastos e Despesas
	Valor (R$)
	Proporção
	Salário
	4.500,00
	Aluguel
	800
	17%
	Vale alimentação
	200
	Luz, água e gás
	180
	4%
	 
	 
	Financiamentos
	580
	12%
	 
	 
	Alimentação
	400
	9%
	 
	 
	Lazer
	1.000,00
	21%
	 
	 
	Combustível
	250
	5%
	 
	 
	Plano de saúde
	200
	4%
	 
	 
	Outros gastos
	380
	8%
	Total em receitas
	4.700.00
	Total em gastos e despesas
	3.790,00
	81%

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.