A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
PROVA 1 - SISTEMA E ORGANIZAÇÃO DE SAÚDE NO BRASIL - #UNIASSELVI

Pré-visualização | Página 1 de 2

Acadêmico:
	Adrigol Santos
	
	Disciplina:
	Sistema e Organização da Saúde no Brasil (HOS16)
	Avaliação:
	Avaliação I - Individual FLEX ( Cod.:514373) ( peso.:1,50)
	Prova:
	17314236
	Nota da Prova:
	10,00
	
	
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada  
Parte superior do formulário
	1.
	A Reforma Sanitária Brasileira (RSB) aconteceu na época de maior repressão do governo militar, em que foram criadas condições históricas para esse movimento. Essa reforma nasceu na conjuntura do conflito contra a ditadura e luta por mudanças; isto aconteceu no início dos anos setenta. O objetivo do movimento estava relacionado às mudanças e transformações na área da saúde para melhores condições de vida da sociedade brasileira. O movimento repercutiu na oitava Conferência Nacional de Saúde ocorrida de 1986. Nesta época, professores de saúde, médicos e outros profissionais buscavam melhoria na saúde, todos com um objetivo: a busca da saúde coletiva, cujas propostas da Reforma Sanitária foram oficializadas com a Constituição Federal de 1988. Com relação à Reforma Sanitária, analise as afirmativas a seguir:
I- Com a oficialização da Constituição Federal de 1988, foi criado o Sistema Único de Saúde (SUS).
II- O movimento sanitário era agregado à luta pela saúde como um dever do Estado e direito a todos.
III- O movimento também estava associado à luta pela abertura democrática e política.
IV- O Movimento Sanitarista foi originado do mesmo movimento que desencadeou a gestão democrática das políticas públicas de saúde brasileiras.
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As afirmativas I e IV estão corretas.
	 b)
	As afirmativas II, III e IV estão corretas.
	 c)
	As afirmativas I, II e III estão corretas.
	 d)
	As afirmativas II e IV estão corretas.
	2.
	O Sistema Único de Saúde (SUS) foi criado pela Constituição Federal de 1988 para atender às demandas relacionadas à saúde pública, melhorando a qualidade de vida dos brasileiros, como um direito de todos e dever da União, estados e municípios. O objetivo da atenção à saúde é proporcionar à população um cuidado integralizado em vários níveis de complexidade, atentando-se para o aspecto preventivo, terapêutico e recuperação da saúde. O SUS deve ter a mesma doutrina e a mesma forma de organização em todo o país, sendo definidos como único na Constituição integrado num conjunto de elementos doutrinários e organizativos do sistema de saúde. Tendo como princípios a universalização, a equidade, a integralidade, a descentralização e a participação popular. Podemos entender o SUS da seguinte maneira: um núcleo comum, que concentra os princípios doutrinários e uma forma e operacionalização, que concentra os princípios organizativos. Sobre estes princípios constitucionais, analise as sentenças a seguir:
I- Considera-se princípio de universalidade um sistema de saúde que está disponível para todos, sem exceções e diferenciações, com acessos idênticos aos serviços de saúde para todo o cidadão brasileiro ou estrangeiros residentes no país, sem a necessidade de carência, doenças preexistentes e todos com acesso legal ao SUS.   
II- O princípio da integralidade é fazer com que as pessoas sejam atendidas e tratadas com igualdade, de forma que ninguém terá prioridade e privilégios em atendimentos, exames, consultas, medicamentos e demais serviços por vínculo político ou outras formas de acesso. 
III- Com o objetivo de prestar serviços com maior qualidade, garantindo o controle e a fiscalização por parte dos cidadãos, em que a redistribuição do poder e responsabilidade entre as três esferas de governo são características do princípio de descentralização. 
IV- A participação da sociedade na gestão do SUS se dá através dos conselhos e das conferências de saúde, com objetivo de reunir mensalmente representantes de gestão municipal, trabalhadores de saúde e usuários, visando formular estratégias, controlar e avaliar a  execução da política de saúde. 
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças I, II e III estão corretas.
	 b)
	As sentenças I e IV estão corretas.
	 c)
	As sentenças I, III e IV estão corretas.
	 d)
	As sentenças II e III estão corretas.
	3.
	Determinado pela Constituição Federal de 1988, a questão da saúde pública é dever do Estado, sendo operacionalizado pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Sem dúvida, atender a esta demanda é um enorme desafio pelas dimensões e complexidades existentes em nosso país para garantir a todos qualidade nas políticas públicas de saúde. Neste contexto, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) O Sistema Único de Saúde - SUS - precisa estar em constante evolução, sendo um processo contínuo de construção.
(    ) O SUS é um dos maiores programas de saúde do mundo.
(    ) A Constituição Federal de 1988 estabeleceu que o sistema de saúde não é estatizado, ou seja, deverá ser assegurado pela iniciativa privada. 
(    ) A Estratégia de Saúde da Família - ESF - é considerada a porta de entrada no sistema SUS.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - V - F - V.
	 b)
	F - V - V - F.
	 c)
	F - V - F - V.
	 d)
	V - F - V - F.
	4.
	O SUS (Sistema Único de Saúde) é um sistema político organizacional, que surgiu para reestruturar os serviços e ações de saúde, estabelecidos pela Constituição de 1988, com a função principal de zelar pela promoção, proteção e recuperação da saúde da população. Ele atua igualmente em todo o território nacional, sob responsabilidade das três esferas, a saber: Governo Federal, Estadual e Municipal e se baseia em princípios fundamentais que regem sua organização. Com base no exposto, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) A descentralização é o princípio que implica na negativa de repasse das ações de saúde aos municípios.
(    ) O princípio da universalidade oferece garantia de saúde a todo e qualquer cidadão.
(    ) O indivíduo que procura o SUS mediante alguma queixa, deve ser visualizado em partes e nunca de maneira indivisível, esse é o princípio da integralidade.
(    ) O princípio da equidade objetiva diminuir desigualdades, dessa forma, diz respeito à necessidade de se "tratar desigualmente os desiguais".
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - F - F - V.
	 b)
	V - F - V - F.
	 c)
	F - F - V - V.
	 d)
	F - V - V - F.
	5.
	O Sistema Único de Saúde (SUS) foi instituído com a promulgação da Constituição da República Federativa do Brasil em 1988, oferecendo gratuitamente para todos os brasileiros acessos aos serviços de saúde, como atendimentos de alta complexidade, ambulatoriais, laboratoriais, hospitais, rede que reúne postos de saúde, acesso aos estabelecimentos públicos de saúde, garantindo o direito à saúde da população. Considerando que a saúde do trabalhador está incluída no campo de atuação do SUS, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Elaborar normas técnicas e estabelecer padrões de qualidade para a promoção da saúde do trabalhador são atribuições comuns da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios.
	 b)
	A saúde do trabalhador dispensa ações de vigilância epidemiológica e vigilância sanitária para alcançar seus objetivos.
	 c)
	Compete ao SUS participar da normatização, da fiscalização e do controle dos serviços de saúde do trabalhador apenas nas empresas públicas.
	 d)
	Informar o trabalhador sobre os riscos de acidentes de trabalho ou de doenças profissionais e do trabalho em seu ambiente laboral é competência exclusiva da CIPA.
	6.
	Por volta dos anos 90, foi instituído no Brasil, o Sistema Único de Saúde, que seria uma forma de controle dos diversos tipos de doenças, bem como contribuir com a saúde dos brasileiros por meio de consultas, internações e distribuição de medicamentos para a população. No entanto, um dos princípios fundamentais do SUS é o controle social. Sobre os objetivos do controle social, classifique V para as opções verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Participação popular na administração.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.