Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
57 pág.
Semiologia no Cuidado Farmacêutico

Pré-visualização | Página 1 de 10

Capacitação, Qualificação dos Serviços de 
Assistência Farmacêutica e Integração das 
Práticas de Cuidado na Equipe de Saúde
Projeto Atenção Básica
Módulo 3. Método Clínico:
Acolhimento e Coleta de Dados
Aula 12 - Semiologia no Cuidado Farmacêutico
Curso - Cuidado Farmacêutico na
Atenção Básica: aplicação do método clínico
Ministério da Saúde
Programa de Apoio Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de 
Saúde PROADI/SUS
Projeto Atenção Básica - Capacitação, Qualificação dos Serviços de 
Assistência Farmacêutica e Integração das Práticas de Cuidado na Equipe 
de Saúde
EQUIPE DIRETIVA DO HOSPITAL ALEMÃO OSWALDO CRUZ - HAOC
Kenneth Almeida Superintendente de Inovação, Pesquisa e Educação
Ana Paula N. Marques de Pinho Superintendente da Responsabilidade Social
Nidia Cristina de Souza Gerente de Projetos
Letícia Faria Serpa Gerente do Instituto de Educação e Ciências em Saúde
EQUIPE DIRETIVA DO CONASEMS
Wilames Freire Bezerra - Presidente do CONASEMS
Mauro Guimarães Junqueira - Secretário Executivo do CONASEMS
EQUIPE DIRETIVA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE
Ministro da Saúde
Luiz Henrique Mandetta
Secretário de Atenção Primária à Saúde
Erno Harzheim
Diretor do Departamento de Saúde da Família
Otávio Pereira D’Avila
GRUPO EXECUTIVO DO PROJETO 
Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Aline Fajardo 
Karen Sarmento Costa 
Samara Kielmann Almeida dos Reis
CONASEMS
Elton Chaves
Hisham Hamida
Ministério da Saúde
Celmário Castro Brandão
Marco Aurélio Santana da Silva 
Túlio Correia Souza e Souza
Coordenação Técnica do Curso
Aline Fajardo 
Karen Sarmento Costa 
Leonardo Regis Leira Pereira
Samara Kielmann Almeida dos Reis
Mariana Castagna Dall'Acqua
Créditos
Unidade de Educação a Distância em Saúde (UNEADS) - HAOC
Gestão dos Processos de EaD
Débora Schuskel
Modelagem Instrucional e Pedagógica 
Débora Schuskel
Gestão dos Processos do Curso
Gicelma Rosa dos Santos 
Gestão do Ambiente Virtual de Aprendizagem
Alline Tibério
Produção Áudio Visual
Wellington Florentino Leite
Designer Instrucional
Daniel Tschisar
AUTOR DO CONTEÚDO
Mauro Silveira de Castro
REVISÃO TÉCNICA DO CONTEÚDO
Alice Aparecida de Olim Bricola
Leonardo Régis Leira Pereira
Orlando Mário Soeiro
Apresentação do projeto
A qualificação da Atenção Básica (AB) no país deve, entre outras finalidades, atender
aos requisitos para assumir o papel de coordenadora do cuidado integral em saúde e
ordenadora da Rede de Atenção à Saúde (RAS), além de reforçar os princípios que
norteiam a AB: a universalidade, a acessibilidade, o vínculo, a continuidade do cuidado, a
integralidade da atenção, a responsabilização, a humanização, a equidade e a participação
social, sendo desenvolvida com alto grau de descentralização, capilaridade e proximidade
com a vida das pessoas.
Em vista da necessidade de desenvolvimento de iniciativas que favoreçam o
fortalecimento da Atenção Básica, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC), em parceria
com o Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde e o Conselho Nacional de
Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), por meio do Programa de Apoio ao
Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), elaboraram e estão
desenvolvendo conjuntamente o Projeto Atenção Básica: capacitação, qualificação dos
serviços de assistência farmacêutica e integração das práticas de cuidado na equipe de
saúde, a partir de sua publicação em setembro de 2018, para execução durante o triênio
2018-2020.
O objetivo geral do projeto é fortalecer a Atenção Básica por meio da capacitação,
qualificação dos serviços de Assistência Farmacêutica e integração das práticas de cuidado
na equipe de saúde.
Para atingir esse objetivo, um conjunto diversificado de iniciativas e estratégias foram
planejadas e serão desenvolvidas durante o triênio, entre as quais destaca-se a realização
de quatro cursos na modalidade a distância, totalizando 18.600 vagas para gestores e
profissionais que atuam na Atenção Básica nos municípios brasileiros, tais como gestores
municipais de saúde, gestores da Atenção Básica e Assistência Farmacêutica, gerentes de
Unidades Básicas de Saúde, farmacêuticos e profissionais de nível técnico e superior, além
da formação de moderadores e tutores para contribuir para o processo de aprendizagem
durante os cursos. No final do projeto, alguns municípios serão apoiados localmente no
processo de implantação do Cuidado Farmacêutico, sendo esta uma das iniciativas
consideradas inovadoras e impactantes do projeto.
O presente curso Cuidado Farmacêutico na Atenção Básica: Aplicação do Método
Clínico, na modalidade a distância com tutoria, tem por objetivo fornecer os fundamentos
teóricos e práticos para que os profissionais farmacêuticos da Atenção Básica possam
desenvolver o processo de raciocínio clínico por meio de um método utilizado no serviço de
cuidado farmacêutico, voltado ao enfretamento de problemas relacionadas à
farmacoterapia.
Coordenação Técnica do Curso
Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Apresentação do curso
Pretende-se, com esse curso, proporcionar aos farmacêuticos atuantes no Sistema
Único de Saúde (SUS) conhecimentos e diretrizes que possibilitem o desenvolvimento do
Cuidado Farmacêutico, assim como propor estratégias para a sua organização e
implementação na Atenção Básica.
Para isso, a abordagem, o desenho e as estratégias pedagógicas construídas neste
curso, aliadas à definição da estrutura curricular diversificada, busca trazer conceitos,
conteúdos e diferentes experiências práticas do Cuidado Farmacêutico na Atenção Básica
nos municípios brasileiros. Além disso, procura fornecer novas possibilidades de ensino-
aprendizagem, respeitando a vivência de cada farmacêutico no SUS.
O curso está estruturado em cinco módulos e é composto por 26 unidades de
aprendizagem (aulas), que serão disponibilizadas semanalmente ao participante no
Ambiente Virtual de Aprendizagem, com carga horária total de 120 horas, com os seguintes
enfoques:
Módulo 1. Compreender as dimensões do Cuidado em Saúde, do Cuidado Centrado na
Pessoa e do Cuidado Farmacêutico no contexto do Sistema de Saúde, na Atenção Básica.
Módulo 2. Desenvolver e exercitar as competências necessárias para o serviço de
Cuidado Farmacêutico.
Módulo 3. Conhecer o referencial técnico e desenvolver as atividades práticas
necessárias para a realização da consulta farmacêutica.
Módulo 4. Desenvolver o raciocínio clínico para a avaliação das informações coletadas
a partir da consulta farmacêutica e identificação das necessidades das pessoas e os
possíveis problemas relacionados à farmacoterapia.
Módulo 5. Discutir estratégias para a elaboração e pactuação do plano de cuidado
com os usuários e a equipe de saúde. Monitorar e avaliar os resultados por meio de
indicadores individuais e coletivos.
O Hospital Alemão Oswaldo Cruz espera que esse projeto possa contribuir para
fortalecer a Atenção Básica no SUS, por meio da atuação integrada dos profissionais no
território e da promoção de mudanças no processo de trabalho do farmacêutico e na sua
integração na equipe de saúde, proporcionando a melhoria da qualidade da assistência e do
cuidado ao usuário.
O seu compromisso será fundamental para o sucesso desse projeto e, dessa forma,
contamos com cada um de vocês na construção desse caminho.
Coordenação Técnica do Curso
Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Aula 12 - Semiologia no Cuidado Farmacêutico
Sumário
1
Introdução
2
1.1 Aplicando os princípios da Semiologia Farmacêutica
14
1 Semiologia Farmacêutica
10
2 Anamnese Farmacêutica
18
3 Exame físico e outros
29
4 Exames complementares
30
5 Avaliação das informações obtidas
31
Referências
40
Apêndice
43
Aula 12 - Semiologia no Cuidado 
Farmacêutico
Autor: Mauro Silveira de Castro
Ementa da aula
Objetivo de aprendizagem
Nesta aula apresentam-se os aspectos históricos do 
desenvolvimento da semiologia, seus elementos constituintes 
que se expressam como princípios, até chegar à Semiologia 
Farmacêutica atual. Após,
Página12345678910