Citações de Bauman
3 pág.

Citações de Bauman


DisciplinaRedação7.434 materiais1.016.499 seguidores
Pré-visualização1 página
CITAÇÕES DE
ZYGMUNT BAUMAN
Confira abaixo algumas citações do sociólogo/filósofo polonês Zygmunt Bauman
que podem ser utilizadas para turbinar sua redação. 
\u2800
\u201cVivemos tempos líquidos. Nada é para durar.\u201d
\u2800
\u201cNa era da informação, a invisibilidade é equivalente à morte.\u201d
\u2800
\u201cEm uma sociedade de consumo, as pessoas mergulham em coisas fascinantes e
agradáveis. Se você define seu valor pelas coisas que adquire e se cerca, ser
excluído é humilhante.\u201d
\u2800
\u201cExistem outras maneiras de encontrar satisfação, receitas para a felicidade
humana, prazer, vida digna e significativa e gratificante do que o aumento do
consumo que aumenta a produção.\u201d
\u2800
\u201cA civilização, o mundo ordenado em que vivemos, é frágil. Estamos patinando em
gelo fino. Há um medo de um desastre coletivo. Terrorismo, genocídio, gripe,
tsunamis.\u201d
\u2800
\u201cNós já temos - graças à tecnologia, desenvolvimento, habilidades, a eficiência do
nosso trabalho - recursos suficientes para satisfazer todas as necessidades
humanas. Mas não temos recursos suficientes, e é improvável que tenhamos, para
satisfazer a ganância humana.\u201d
\u2800
"As pessoas seguem a correnteza, obedecendo às suas rotinas diárias e
antecipadamente resignadas diante da impossibilidade de mudá-la, e acima de
tudo convencidas da irrelevância e ineficácia de suas ações ou de sua recusa em
agir".
 
https://t.me/pvincular
https://t.me/pvincular
Você encontra abaixo alguns trechos recortados de uma entrevista feita com
Zygmunt Bauman pela Revista Época. Vale a pena conferir a entrevista completa.
Para isso, é só acessar o link no final do PDF. 
UM POUCO MAIS DE
BAUMAN
"Um primo próximo da incerteza é o sentimento da impotência. As ferramentas que,
no passado, se mostraram eficazes para lidar com os desafios da vida individual e
coletiva têm sido desacreditadas, tornaram-se infrutíferas e fúteis. Individualmente
ou conjuntamente, nós estamos emergindo, de sucessivos testes, desarmados,
infelizes, incapazes de lidar com os desafios. Os sábios na ribalta rivalizam uns com
os outros. Sugerem soluções para os nossos problemas, como a guerra ao terror, as
restrições à migração, incontáveis reformas trabalhistas e educacionais com o
objetivo de preparar nossas crianças de forma a atender a suas demandas
caprichosas e voláteis. Todas essas aparentes soluções, uma após a outra, falham
em cumprir com suas promessas. Junte à incerteza esse desencorajador e
humilhante senso de inaptidão e o sentimento é semelhante a gastar a vida num
campo minado que nós sabemos estar cercado de explosivos, mas sem termos
nenhum indício de onde ou quando essas explosões vão acontecer."
SOBRE INCERTEZA E VULNERABILIDADE NAS SOCIEDADES OCIDENTAIS
UM POUCO MAIS DE
BAUMAN
"O que nós muitas vezes caracterizamos como \u201ccrise da democracia\u201d é, na verdade,
uma crise das obsoletas instituições dos Estados-nações territorialmente soberanos.
Por mais que tentem, os governos desses Estados, devido a um constante déficit de
poder, falham em entregar suas promessas. Mais e mais pessoas, desencantadas
com essa experiência frustrante, desviam suas esperanças do sistema de partidos
políticos para fora do sistema. A diminuição geral de confiança na política corrói a
democracia. Muito de nós veem a alternativa sugerida pelos candidatos 
 autoritários \u2013 um governo pessoal e ditatorial, livre das restrições da democracia \u2013
como uma tentação difícil de resistir. Estamos todos próximos de cair numa
emboscada. O que pode acontecer se a notoriamente fraca governança
democrática for substituída por um \u201chomem forte\u201d ou uma \u201cmulher forte\u201d no topo,
com capacidade de tirar a responsabilidade de nossos ombros para os seus ombros
fortes, em troca de nossa não interferência e submissão incondicional? Lembre-se
de que a grande maioria dos nossos contemporâneos nunca experimentou, de
primeira mão, os duvidosos encantamentos de viver sob uma ordem autoritária,
muito menos uma totalitária."
SOBRE UMA CRESCENTE RAIVA NA SOCIEDADE E SUAS CONSEQUÊNCIAS
POLÍTICAS
FONTE: REVISTA ÉPOCA
LINK PARA A ENTREVISTA COMPLETA: https://glo.bo/3cr4Jor
PENSAMENTO VINCULAR
https://glo.bo/3cr4Jor