A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
168 pág.
DISSERTAÇÃO-PEDAGOGIA-HOSPITALAR

Pré-visualização | Página 1 de 46

1 
 
UNIVERSIDADE TIRADENTES 
DIRETORIA DE PESQUISA E EXTENSÃO 
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO 
MESTRADO EM EDUCAÇÃO 
 
 
 
 
 
 
 
PEDAGOGIA HOSPITALAR: 
ATIVIDADES LÚDICO-EDUCATIVAS NO PROCESSO DE 
HUMANIZAÇÃO DO HOSPITAL REGIONAL AMPARO 
DE MARIA – ESTÂNCIA (SE) 
 
 
 
 
 
 
 
 
Autora: Adriana Rocha Fontes 
Orientadora: Dra. Giovana Scareli 
 
 
 
 
 
 
ARACAJU, SE - BRASIL 
FEVEREIRO DE 2012 
 
2 
 
PEDAGOGIA HOSPITALAR: 
ATIVIDADES LÚDICO-EDUCATIVAS NO PROCESSO DE HUMANIZAÇÃO DO 
HOSPITAL REGIONAL AMPARO DE MARIA – ESTÂNCIA (SE) 
 
 
 
ADRIANA ROCHA FONTES 
 
 
 
 
 
DISSERTAÇÃO SUBMETIDA AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM 
EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE TIRADENTES COMO PARTE DOS 
REQUISITOS NECESSÁRIOS PARA A OBTENÇÃO DO GRAU DE MESTRE EM 
EDUCAÇÃO 
 
 
Aprovada por: 
 
________________________________________________ 
Prof(a). Dr(a). Giovana Scareli 
 
________________________________________________ 
Prof(a). Dr(a). Sonia Meire Santos Azevedo de Jesus 
 
________________________________________________ 
Prof(a). Dr(a). Ester Fraga Vilas-Bôas Carvalho do Nascimento 
 
_______________________________________________ 
Prof(a). Dr(a). Iara Maria Campelo Lima (Membro Suplente) 
 
 
 
 
 
 
 
ARACAJU, SE - BRASIL 
 FEVEREIRO DE 2012 
3 
 
AGRADECIMENTOS 
 
A DEUS por ter de me dado forças, determinação, sabedoria e inspiração para 
realização dessa pesquisa. Só nós sabemos o quanto foi difícil e ao mesmo tempo 
importante essa conquista. 
 
Aos meus pais Pedro e Alda (in memória) pelo incentivo constante e por 
confiarem sempre em mim. Às vezes até mais do que eu. Meu amor por vocês é eterno. 
 
Aos meus queridos filhos, Alanna e Arthur, maravilhosos, compreensíveis, peço 
perdão pela ausência constante e agradeço por me amarem e suportarem o meu estresse 
nesse processo final. Amo, amo, vocês! 
 
Ao meu esposo, Gilberto, pelo companheirismo, carinho, paciência, não só 
agora, mas especialmente durante essa etapa, suportando meu nervosismo e meu mau 
humor. Você me ajudou muito... Obrigada meu amor! 
 
Aos meus irmãos, cunhados e sobrinhos pelo incentivo constante, pela 
admiração que sentem por mim. Eu não mereço tanto. 
 
Aos meus amigos pelo apoio e por compreenderem o meu afastamento 
momentâneo para me dedicar à pesquisa. 
 
A Adriana Clea (SEME) e ao Wagner Barreto (UNIT), chefes “amigos”, pelo 
apoio, incentivo e liberação nos momentos necessários. Vocês são admiráveis. 
 
As Professoras Simone de Lucena, Dinamara Feldens e Ester Fraga, a 
convivência com vocês durante as disciplinas muito me inspirou. Vocês são geniais. 
 
As Professoras Iara Campelo e Rosana Fernandes pelas considerações 
importantes feitas durante a minha qualificação contribuindo para o rigor cientifico, 
qualidade e aperfeiçoamento do meu trabalho. 
 
4 
 
A banca examinadora, a Professora Sônia Meire e Ester Fraga, por terem 
aceitado o convite e fazerem parte desse momento tão significativo na minha vida. 
 
A minha querida orientadora Professora Giovana Scareli, pelos ensinamentos, 
incentivos, paciência e puxões de orelha. Sua competência é inquestionável. Minha 
admiração por você é imensa. Conviver com você me fez crescer intelectualmente e 
amadurecer enquanto profissional da educação. Você ocupa um lugar de destaque no 
meu coração. Obrigada por tudo! 
 
Aos funcionários do Hospital Regional Amparo de Maria, especialmente aos que 
partilharam comigo das atividades de humanização, agradeço a doação e o apoio. 
 
Aos profissionais médicos, psicóloga, assistentes sociais e enfermeiras que se 
tornaram parceiros e motivadores das atividades lúdico-educativas. Agradeço a 
acolhida. 
 
Aos voluntários, Luciana, Pastor Benjamim, Guido, Ricardo Vilanova, sempre 
presentes e atendendo nosso chamado para desenvolver atividades junto aos projetos de 
humanização. 
 
Aos pacientes e seus familiares por terem me dado a oportunidade de aprender 
com vocês e contribuírem com a minha pesquisa. 
 
Enfim, a todos que de alguma maneira contribuíram para a realização dessa 
pesquisa, o meu muito obrigado! 
 
5 
 
RESUMO 
 
Este trabalho teve por objetivo investigar a proposta de humanização hospitalar através 
dos projetos de intervenção lúdico-educativos do pedagogo na área da saúde realizada 
no Hospital Regional Amparo de Maria - HRAM, localizado na cidade de Estância – 
Sergipe. Com os objetivos específicos buscamos entender o processo de humanização 
no HRAM, analisar as propostas de ações definidas nas atividades lúdico-educativas, 
refletir sobre o processo de interação entre a pedagoga e os profissionais da saúde, 
conhecer o olhar dos profissionais da saúde que atuaram diretamente na Ala Pediátrica 
do Hospital em relação a proposta de intervenção pedagógica. Estabelecemos um marco 
temporal para a pesquisa compreendendo o período de 2005 a 2010 no qual foram 
implantados os projetos de humanização e desenvolvidas as atividades lúdico-
educativas. A metodologia utilizada para esta pesquisa encontra aporte nas pesquisas 
qualitativas, mais especificamente no estudo de caso, e têm como fontes principais os 
documentos do hospital, os documentos legais produzidos nas políticas públicas, tanto 
da área de educação como na área de saúde, os documentos dos projetos implantados, os 
relatórios de trabalhos desenvolvidos no hospital durante o período estudado e as 
entrevistas estruturadas realizadas com alguns profissionais do hospital, diretamente 
ligados às atividades de humanização. Como referencial teórico, os principais autores 
pesquisados foram Ceccim (1997), Fonseca 1998), Gabardo (2002), Ortiz e Freitas 
(2005), Zardo (2007) Barros (2008), Matos e Mugiatti (2009) e Vasconcelos e Kohn 
(2010). Consideramos que a intervenção pedagógica no hospital possibilita o 
desenvolvimento de práticas lúdico-educativas que contribuem para o processo de 
humanização nesse ambiente permeado por dor e sofrimento e que as ações curativas da 
enfermidade não bastam para dar ao paciente a qualidade de vida almejada enquanto 
este estiver em tratamento e, para isso, os projetos de humanização são muito 
importantes, pois promovem um ambiente que favorece as relações entre 
pacientes/equipe de profissionais da saúde/familiares e assegura os direitos da criança 
nos aspectos físicos, cognitivos e afetivos. 
 
 
Palavras-chave: Pedagogia Hospitalar, humanização, educação. 
6 
 
ABSTRACT 
 
 
This work aimed to investigate the proposed hospital humanization through the 
intervention projects novelty of the teacher education in health care at the Hospital 
Regional Maria Amparo - Hram, located in the town of Estancia - Sergipe. With the 
specific objectives we seek to understand the process of humanization in hram, analyze 
the proposals of actions defined in recreational and educational activities, reflect on the 
process of interaction between the educator and health professionals, the view that the 
health professionals who worked directly Ala in the Pediatric Hospital in relation to the 
proposal of pedagogical intervention. Establish a timeframe for the research including 
the period from 2005 to 2010 in which the projects were implemented and developed 
humanization playful and educational activities. The methodology for this research 
contribution is in qualitative research, specifically in the case study, and have as main 
sources of hospital documents, legal documents produced in public policy, both in the 
field of education as in health, the documents of the implemented projects, reports of 
work done in the hospital during the study period and structured interviews with some 
hospital staff, directly linked to the activities of humanization. As theoretical 
framework, the main authors were surveyed Ceccim (1997), Fonseca 1998), gabardine 
(2002), Ortiz and Freitas (2005), Zardo (2007) Barros (2008), and Mugiatti Matos