A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Organelas e suas funções - @Laravet.studies

Pré-visualização | Página 1 de 2

Dividem-se em: 
Procariontes: Células mais simples, 
que não possuem núcleo – Bactérias; 
Eucariontes: Células mais elaboradas, 
que possuem núcleo – Animais. 
 
 Membrana Plasmatica: É a 
estrutura que delimita todas as células 
vivas, tanto as procarióticas como as 
eucarióticas. Ela estabelece a fronteira 
entre o meio intracelular, o citoplasma e o 
ambiente extracelular, que pode ser a 
matriz dos diversos tecidos. 
Função: tem três funções principais: 
revestimento, proteção e permeabilidade 
seletiva, sendo esta última sua função mais 
comum. - Limite 
geográfico da célula, Manutenção da 
constância do meio intracelular e transporte de 
substâncias entre os meios IC e EC. 
 
 
 
 
Composição: é composta de lipídios –
fosfolipídios – e proteínas. 
 
 
 
 
 
Transporte Ativo 
É aquele em que há gasto de energia durante o 
processo. 
Possui proteínas de transportes que movem 
moléculas contra a gradiente de 
concentração 
Transporte Passivo 
É aquele em que não há gasto de energia durante 
o processo. 
Difusão 
Simples 
Osmose Difusão 
Facilitada 
Moléculas se 
movem do local 
com maior 
concentração para 
o local com menor 
contração. 
Movimento do 
solvente do meio 
menos 
concentrado 
para o mais 
concentrado 
Proteína atua 
como carregador 
O que são? 
As organelas são estruturas 
celulares que ficam 
no citoplasma da célula. 
Elas são responsáveis por 
todo o funcionamento da 
célula, e cada uma possui 
uma função específica. 
@Larav.studies 
https://beduka.com/blog/exercicios/biologia-exercicios/questoes-sobre-organelas-citoplasmaticas/
 Citoplasma: fluido de aparência 
gelatinosa, rico em moléculas orgânicas e 
organelas, presente no interior das células 
e que circunda o núcleo; citoplasto. 
Função: boa parte da produção de 
enzimas e atividades metabólicas da 
célula ocorrem no citoplasma. Ele é 
responsável por armazenar substâncias 
químicas fundamentais para a 
manutenção da vida, como a respiração 
celular, responsável pela produção de 
energia necessária para todas as células 
do corpo. Delimitado pela membrana 
plasmática e pelo núcleo, 
o citoplasma preenche todo o interior das 
células eucariontes. 
Composição: água, íons e 
substâncias necessárias à síntese de 
moléculas orgânicas (carboidratos, 
enzimas, sais e proteínas). 
 
 
 
 
Mitocondria: As mitocôndrias 
estão imersas no citosol, entre as diversas 
bolsas e filamentos que preenchem o 
citoplasma das células eucariontes. Elas 
são verdadeiras “casas de força” das 
células, pois produzem energia para todas 
as atividades celulares. 
Função: respiração celular que ocorre 
um processo de reações químicas, através 
das quais a célula obtém energia para 
suprir suas necessidades vitais, as reações 
químicas que ocorrem no processo de 
respiração celular são dinamizadas por 
enzimas do ciclo de Krebs (encontradas no 
centro do fluido mitocondrial). Atuam 
também neste processo as enzimas da 
cadeia de transporte do elétron 
(localizadas no forro interior da 
membrana). As mitocôndrias usam o 
oxigênio e a glicose oferecidos pela célula, 
transformando-os em energia na forma de 
ATP (adenosina trifosfato) que é devolvida 
para célula. ddhdhdhhdhdhdhdhdhdhdh 
Composição: são formadas por duas 
membranas lipoproteicas, sendo uma 
externa e outra interna. Membrana 
externa: semelhante a outras organelas, 
lisa e composta de lipídeos e proteínas 
chamadas deporinas, que controlam a 
entrada de moléculas, permitindo a 
passagem de algumas relativamente 
grandes. Membrana interna: é menos 
permeável e apresenta numerosas dobras, 
chamadas de cristas mitocôndria 
 
 
 
 
 Ribossomos: são estruturas, 
relacionadas com a síntese proteíca, que 
ocorrem em todos os tipos celulares, até 
mesmo em procariontes. Livres no citosol, 
ou associados às membranas, os 
ribossomos são fundamentais para o 
funcionamento celular e sobrevivência do 
indivíduo. 
Função: é auxiliar na produção e na 
síntese das proteínas nas células. Além 
dele, participam desse processo as 
moléculas de DNA e RNA. 
Os ribossomos reúnem diversos 
aminoácidos durante a síntese proteica 
através de uma ligação química chamada 
de ligação peptídica. 
Composição: Os ribossomos são 
@Larav.studies 
https://brasilescola.uol.com.br/biologia/celula.htm
https://brasilescola.uol.com.br/biologia/celulas-procariontes.htm
constituídos por duas subunidades (maior 
e menor), as duas partes são compostas de 
moléculas de RNA e proteínas. 
Os ribossomos podem ser encontrados em 
células eucariontes e procariontes. Nos 
eucariontes estão distribuídos pelo 
citoplasma, ou presos nas membranas do 
retículo endoplasmático. 
 
 
 
 
 
 
Sistema de Endomembranas 
 Conjunto de membranas distribuído 
pelo citoplasma; 
 Formação de organelas; 
 Compartimentalização = funções 
específicas. 
 Vesículas (lisossomos, peroxissomos): 
transporte, acúmulo e decomposição 
de substâncias. 
 
 Retículos Endoplasmaticos: 
O citoplasma das células eucariontes 
contém inúmeras bolsas e tubos cujas 
paredes têm uma organização 
semelhante a da membrana plasmática. 
- Ret. Rugoso: é formado por sacos 
achatados, cujas membranas têm aspecto 
verrugoso devido à presença de grânulos – 
os ribossomos – aderidos à sua superfície 
externa (voltada para o citosol). 
o Síntese de proteínas; 
o Síntese de enzimas lisossômicas; 
 
o Secreção de proteínas (sinalizadas ou 
não); 
o Síntese de proteínas 
transmembrânicas (vesículas). 
 
- Ret. Liso: é formado por estruturas 
membranosas tubulares, sem ribossomos 
aderidos, e, portanto, de superfície lisa. 
o Síntese de lipídios e esteróides; 
o Metabolismo de carboidratos e 
esteróides; 
o Regulação da concentração de cálcio. 
o Detoxificação (álcool); 
o Produzem proteína e hormônios. 
 
Função: O retículo endoplasmático 
atua como uma rede de distribuição de 
substâncias no interior da célula. No 
líquido existente dentro de suas bolsas 
e tubos, diversos tipos de substâncias 
se deslocam sem se misturar com o 
citosol. 
 
 
 
Complexo de Golgi: Localizado entre 
a membrana plasmática e o retículo 
endoplasmático, o complexo golgiense é 
composto por estruturas chamadas de 
dictiossomos. São dobras que consistem em 
pequenos sacos achatados e enfileirados uns 
sobre os outros denominados cisternas. Elas 
aparecem com uma curvatura que forma uma face 
côncava, chamada trans, e côncava, conhecida 
como cis. (A trans tem relação direta com o 
Retículo Endoplasmático Liso (REL). Este último 
envia as membranas para a formação das 
vesículas de secreção, que contém as substâncias 
armazenadas. A cis relaciona-se com o Retículo 
Rugoso Liso 
@Larav.studies 
https://www.educamaisbrasil.com.br/enem/biologia/membrana-plasmatica
Endoplasmático Rugoso (RER), que envia as 
vesículas de transição ou transferência, que 
possuem as proteínas). 
Função: a função mais importante do 
Complexo de Golgi é a secreção das 
proteínas produzidas no retículo 
endoplasmático rugoso. Durante este 
processo, as membranas das vesículas se 
juntam com a membrana plasmática de tal 
maneira, que esta se reestrutura. 
o Cisternas: sáculos achatados; 
interconectados. Faces cis/trans. 
o Vesículas: empacotamento (enzimas), 
distribuição (lipídeos), externalização 
(exocitose) de substâncias; 
o Síntese de carboidratos: 
proteoglicanos matriz extra-celular; 
o Glicosilação de proteínas (O-ligação); 
o Fosforilação (PO4). 
 
 
 
 
 Libossomos: são bolsas membranosas 
que contêm enzimas capazes de digerir 
substâncias orgânicas. Com origem no 
aparelho de Golgi, os lisossomos estão 
presentes em praticamente todas as células 
eucariontes. As enzimas são produzidas no 
RER e migram para os dictiossomos, sendo 
identificadas e enviadas para uma região 
especial do aparelho de Golgi, onde são 
empacotadas e liberadas