A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
79 pág.
Atlas de Osteologia Animal Veterinaria

Pré-visualização | Página 1 de 4

Todos os direitos reservados a Jean Jonathas 
Atlas de Osteologia dos 
Mamíferos 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A legenda toda deste atlas foi traduzida do espanhol. Eu num sei isso direito então pode haver alguns 
erros na tradução. Por favor, desconsidere 
Introdução 
 
Este atlas foi produzido para por Jean Jonathas da turma A de Medicina Veterinária da 
Faculdade Anhanguera de Anápolis, e é destinado a toda turma q ta sofrendo pra aprender 
osteologia. 
 
Jean Jonathas Fernandes. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Índice 
Ossos do membro torácico 
Escápua 
Úmero 
Rádio e ulna 
Ossos do carpo 
Metacárpicas ossos 
Os ossos dos dedos: faanges 
Ossos membro pélvico 
Coxal e pelve 
Fêmur e patea 
TIBIA e fíbua 
ossos Tarsal 
Metatársicas óssea 
Coluna torácica e esqueleto 
Tipo de vértebra 
Vértebras cervicais 
Esqueleto torácico: vértebras torácicas, costeas e esterno 
Vértebras lombares 
Sacro 
Vértebras caudais 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Escápua 
 
 
 
Escapua esquerda de bovino – visão ateral 
1. Acrômio 
2. Espinha da escápua 
3. Fossa supra-espinhosa 
4. Fossa infra-espinhosa 
5. Cavidade glenóidea 
6. Tubérculo supraglenoideo 
 
Escápua esquerda de bovino, visão ateral. El cartiagem de da escápua, que em os eqüinos e em os ruminantes alcança um 
tamanho considerável, tende a ossificar se com a idade. Em da imagem pode observar se como a cartiagem, ossificado em este 
animal, se eleva por encima da borde dorsal de da escápua. 
 
1. Borde dorsal 
2. Cartiagem de da escápua 
 
 
 
 
 
ÚMERO 
 
 
Úmero esquerdo de bovino, visão cranial: 
 
1- Tubérculo maior Porção cranial 
2- Tubérculo maior Porção caudal 
3- Tubérculo menor 
4- Sulco intertubercuar 
5- Tuberosidadee dotóidea 
6- Cresta da úmero 
7- Tróclea da úmero 
8- Capítulo da úmero 
9- Fossa radial 
 
 
Úmero esquerdo de bovino, visão caudal: 
 
1- Cabeça da úmero 
2- Tubérculo maior Porção cranial 
3- Tubérculo maior Porção caudal 
4- Tubérculo menor Porção cranial 
5- Sulco intertubercuar: 
6- Tuberosidadee para a M. redondo menor 
7- Línea tricipital 
8- Tuberosidadee dotóidea 
9- Tuberosidadee para a M. redondo maior 
10- Epicôndilo ateral 
11- Epicôndilo medial 
12- Fossa da olecrano 
 
Úmero esquerdo de bovino, visão medial: 
 
1- Cabeça da úmero 
2- Colo da úmero 
3- Tubérculo menor Porção cranial 
4- Tubérculo menor Porção caudal 
5- Tubérculo maior Porção cranial 
6- Tubérculo maior Porção caudal 
7- Tuberosidadee para a M. redondo maior 
8- Epicôndilo medial 
 
RÁDIO E CÚBITO 
 
Ossos da antebraço esquerdo da bovino, visão ateral. 
 
A. Radio 
B. Cúbito 
 
1. Tuberosidadee da olecrano 
2. Apófise ancôneo 
3. Incisura troclear 
4. Apófise coronoides ateral 
5. Espaço inter-ósseo proximal da antebraço 
6. Espaço inter-ósseo distal da antebraço 
7. Apófise estilóides da radio 
8. Apófise estilóides da cúbito 
 
 
Ossos do antebraço esquerdo do bovino, visão medial 
 
A. Radio 
B. Cúbito 
 
1. Tuberosidade do olecrano 
2. Apófise ancôneo 
3. Espaço inter-ósseo proximal do antebraço 
4. Espaço inter-ósseo distal do antebraço 
5. Apófise estilóides do cúbito 
8. Apófise estilóides do radio 
 
OSSOS DO CARPO 
 
Carpo esquerdo de bovino, visão proximal de os Ossos de as hileras proximal e distal. 
 
1. Osso carporradial (Osso escafóides) 
2. Osso carpiano intermedio (Osso semilunar) 
3. Osso carpocubital (Osso piramidal) 
4. Osso acessório do carpo (Osso pisiforme) 
6+7. Osso carpiano 2º e 3º (Osso trapezoidecapitatum) 
8. Osso carpiano 4º (Osso ganchoso) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Carpo esquerdo de bovino, visão distal de os Ossos de as hileras proximal e distal. 
 
1. Osso carporradial (Osso escafoide) 
2. Osso carpiano intermedio (Osso semilunar) 
3. Osso carpocubital (Osso piramidal) 
4. Osso accesorio do carpo (Osso pisiforme) 
6+7. Osso carpiano 2º e 3º (Osso trapezoidecapitatum) 
8. Osso carpiano 4º (Osso ganchoso) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Carpo esquerdo de bovino, visão dorsal. 
 
1. Osso carporradial (Osso escafóides) 
2. Osso carpiano intermedio (Osso semilunar) 
3. Osso carpocubital (Osso piramidal) 
4. Osso accesorio do carpo (Osso pisiforme) 
6+7. Osso carpiano 2º e 3º (Osso trapezoidecapitatum) 
8. Osso carpiano 4º (Osso ganchoso) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Carpo esquerdo de bovino, visão palmar. 
 
1. Osso carporradial (Osso escafóides) 
2. Osso carpiano intermedio (Osso semilunar) 
3. Osso carpocubital (Osso piramidal) 
4. Osso accesorio do carpo (Osso pisiforme) 
6+7. Osso carpiano 2º e 3º (Osso trapezoidecapitatum) 
8. Osso carpiano 4º (Osso ganchoso) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
OSSOS METACARPO – METATARÇO 
Ossos metacarpianos III e IV esquerdos de bovino. 
 
1. Tuberosidade do Osso metacarpiano III. 
2. Surco longitudinal dorsal. 
3. Surco longitudinal palmar. 
4. Canal proximal do metacarpo. 
5. Canal distal do metacarpo. 
6. Incisura intertroclear. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Ossos metacarpianos (III e IV) esquerdos de bovino. 
Visiones palmares: 
Osso metacarpiano V rudimentario. 
Ossos sesamoideos proximal (2 por Osso metacarpiano). 
 
Visão proximal: 
Cara articular para os Ossos de a hilera distal do carpo. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Ossos metatarsianos (III e IV) esquerdos de bovino: 
 
1. Tuberosidade do Osso metatarsiano III. 
2. Surco longitudinal dorsal. 
3. Surco longitudinal pantar. 
4. Canal proximal do metatarso. 
5. Canal distal do metatarso. 
6. Incisura intertroclear. 
 
Visão pantar: 
Osso sesamoideo metatarsiano 
 
Visão proximal: 
Cara articular para os Ossos de a hilera distal do tarso. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
OSSOS DOS DEDOS – FAANGES 
 
 
Visão dorsal de a región metacarpiana distal e de os dedos do bovino. 
 
A. III e IV metacarpianos 
B. Faange proximal 
C. Faange media 
D. Faange distal 
 
 
Visão palmar de a región metacarpiana distal e de os dedos do bovino. 
 
A. III e IV metacarpianos 
B. Ossos sesamoideos proximal 
C. Faange proximal 
D. Faange media 
E. Faange distal 
F. Osso sesamoideo distal 
 
 
 
Visão ateral de a región metacarpiana distal e de os dedos do bovino. 
 
A. III e IV metacarpianos 
B. Faange proximal 
C. Faange media 
D. Faange distal 
E. Ossos sesamoideos proximal 
F. Osso sesamoideo distal 
FAANGE PROXIMAL 
 
 
Visão dorsal de a faange proximal do dedo do caballo. 
 
A. Base 
B. Cuerpo 
C. Cabeza 
1. Fóvea articular 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Visão palmar de a faange proximal do dedo do caballo. 
 
1. Base 
2. Cuerpo 
3. Cabeza 
4. Trígono 
 
 
 
 
 
 
 
 
FAANGE MEDIAL 
 
Visão dorsal de a faange media do dedo do caballo. 
 
1. Base 
2. Cuerpo 
3. Cabeza 
4. Fóvea articular 
5. Apófise extensora 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Visão palmar de a faange media do dedo do caballo. 
 
1. Base 
2. Cuerpo 
3. Cabeza 
4. Tuberosidade flexora 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
FAANGE DISTAL 
Visão dorsal de a faange distal do caballo. En a imagem de a derecha se aprecia a reación existente entre a faange distal (A) e el 
Osso sesamoideo distal (B). 
 
1. Cara parietal 
2. Apófise extensora 
3. Cara articular 
4. Cara articular sesamoidea 
5. Borde coronario 
6. Apófise palmar 
7. Surco parietal 
8. Borde de a suea 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Visão