Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
12 pág.
Atividades_Geo_apostila

Pré-visualização | Página 1 de 2

Atividades
N este material é proposto um conjunto de questões com base no conteúdo do livro 
Iniciação em Sensoriamento Remoto, de modo que a 
leitura da obra é suficiente para sua resolução. 
As questões estão agrupadas de acordo com os 
capítulos do livro. Porém, como há superposição 
de conteúdos, a resolução de algumas questões 
pode exigir a consulta a mais de um capítulo. 
Quem tiver interesse pode acessar também a 
conferência web sobre INterpretação de ImageNs. A 
resolução de todas as questões encontra-se no 
Gabarito.
Além destas atividades, sugere-se acessar o 
site da olImpíada de astroNomIa e astroNáutIca e clicar 
em Provas e Gabaritos, à esquerda da página. As 
questões e os respectivos gabaritos referem-se a 
quatro diferentes níveis de ensino. Inicialmente 
essa olimpíada era só de Astronomia. A partir da 
edição de 2006, foram adicionadas questões de 
Astronáutica, que inclui o Sensoriamento Remoto.
1.1 O que existe de semelhante entre: a radiografia obtida em laboratório; a fotografia colorida normal 
obtida na superfície com câmara comum; a fotografia infravermelho falsa-cor obtida de aeronave; 
e a imagem de radar obtida de satélite? Indicar também as respectivas regiões do espectro utili-
zadas na aquisição desses tipos de dados.
1.2 Associar as colunas relacionadas com o comportamento espectral dos objetos.
(1) Solo arenoso seco ( ) baixa energia refletida no IVP
(2) Vegetação densa e sadia ( ) baixa energia refletida no IV
(3) Água limpa ( ) alta energia refletida no IV
capítulo 1 | Fundamentos de Sensoriamento Remoto
http://webconf.rnp.br/p77885949/
http://www.oba.org.br
Iniciação em Sensoriamento Remoto
(4) Água com material em suspensão ( ) alta energia refletida no IVP
(5) Vegetação com estresse hídrico ( ) alta absorção de energia no IV
(6) Solo argiloso úmido ( ) energia refletida no visível
1.3 Analisar a imagem TM-Landsat-5 de Tubarão-SC (Fig. 1) e indicar a banda das imagens preto e 
branco e a associação das cores utilizada na geração das composições coloridas com as bandas 
TM 3, 4 e 5, preenchendo os espaços (p.ex., R (3) G (5) B (4)).
d
e
a
banda _______________
R ( ) G ( ) B ( )
R ( ) G ( ) B ( )
R ( ) G ( ) B ( )
B
banda _______________
c
banda _______________
F
Fig. 1
Iniciação em Sensoriamento Remoto
capítulo 2 | Programas Espaciais
2.1 Durante a guerra das Malvinas, a suspensão do fornecimento de dados do satélite meteorológico 
americano (Goes) para a Argentina acabou prejudicando também o Brasil. 
a) Que tipo de dados são esses e para o que servem?
b) O que o Brasil deve fazer para evitar esse tipo de problema?
2.2 Associar as colunas relacionadas aos satélites e foguete.
(1) Órbita geoestacionária ( ) CBERS 
(2) Satélite de Posicionamento Global ( ) Satélite Goes
(3) Satélite francês de observação da Terra ( ) VLS
(4) Satélite de coleta de dados ( ) SPOT
(5) Satélite sino-brasileiro ( ) Navegação terrestre, aérea e marítima
(6) Foguete brasileiro ( ) SCD-1 e 2
2.3 Associar as colunas relacionadas às características dos sensores.
(1) Resolução temporal de 16 dias ( ) Modis-Aqua e Terra
(2) Par estereoscópico (resolução 10 m) ( ) Aster-Terra
(3) Recobrimento de 2.330 km ( ) HRC-CBERS 
(4) Resolução espacial de 15 m ( ) TM-Landsat-5
(5) Radar imageador banda L ( ) HRG-SPOT
(6) Alta resolução espacial (2,7 m) ( ) Palsar-Alos
capítulo 3 | Da Imagem ao Mapa
3.1 Na Fig. 2, indicar qual das imagens (A, B, C e D) representa:
MDE em níveis de cinza _______________
MDE em relevo sombreado _______________
Imagem multiespectral (composição colorida) 
bidimensional _______________
Imagem resultante da integração de MDE 
(relevo sombreado) com imagem multiespectral 
(composição colorida) _______________
a
B
c d
Fig. 2
Iniciação em Sensoriamento Remoto
3.2 Comparar as imagens das Figs. 3.7b e 3.7c (Cap. 3, p. 49) e indicar em qual imagem:
a) A área representada é maior _______________
b) O tamanho dos objetos é maior _______________
c) É possível obter informação mais detalhada _______________
3.3 Associar as colunas relacionadas com geotecnologia e cartografia.
(1) Determinar coordenadas geográficas ( ) SRTM
(2) Integrar mapas temáticos ( ) Legenda
(3) Aquisição de imagens de satélite ( ) GPS
(4) MDE ( ) Escala
(5) Representação x Real ( ) Sensoriamento remoto
(6) Cores e símbolos ( ) SIG
capítulo 4 | Interpretação de Imagens
4.1 Identificar os objetos da região de Brasília-DF na Fig. 3 (área urbana; área urbana/Plano Piloto 
de Brasília; áreas agrícolas; cerrado; reflorestamento; mata ciliar ou de galeria/drenagem; lago/
represa; relevo dissecado pela drenagem) destacados (letras) na imagem e preencher o quadro.
a
B
c
d
e
F
g
H
A
B
C
D
D
E
F
G
D
B
H
Fig. 3 composição colorida 4(r) 5(g) 3(B) com as imagens tm-landsat-5 (1984), Brasília-dF. 
Iniciação em Sensoriamento Remoto
4.2 Identificar os objetos da região de Guarulhos-SP na Fig. 4 (área urbana densa; área urbana menos 
densa; aeroporto de Cumbica; rodovias: Pres. Dutra e Ayrton Senna; pedreira; extração de areia; 
serra do Mar/mata atlântica; Parque Ecológico do Tietê; campos de golfe; lagoas; rio Tietê; mata/
capoeira) destacados (letras) na imagem e preencher o quadro.
a
B
c
d
e
F
g
H
I
J
K
l
m
4.3 Identificar os objetos do delta do rio Parnaíba na Fig. 5 (área urbana; cerrado; mangue; praias; 
dunas; lagoas; rio Parnaíba; solo exposto; mata de restinga) destacados (letras) na imagem e preen-
cher o quadro.
Fig. 4 composição colorida 
4(g) 5(r) 3(B) com as imagens 
etm+-landsat-7 (Junho/2002), 
guarulhos-sp. 
G
A
B
C D
D
E
F
H
I
K
L
J
J
M
Iniciação em Sensoriamento Remoto
a
B
c
d
e
F
g
H
I
4.4 Associar as imagens A e B da Fig. 6 às respectivas datas. Destacar os principais aspectos obser-
vados que ajudam nessa associação.
Imagem A _______________
Imagem B _______________
Justificar _______________________________________________________________________________________
a B
Fig. 6 composições 
coloridas 4(g) 5(r) 3(B) 
com as imagens: tm-
-landsat-5 (Junho/1984) e 
da imagem etm+-landsat 
7 (Fevereiro/2003), Nova 
Friburgo-rJ.
B
E
I
H
D
D
F
F
A
GC
I
I
Fig. 5 composição colorida 4(g) 
5(r) 3(B) com as imagens tm-
-landsat-5 (1991), delta do rio 
parnaíba–ma/pI.
Iniciação em Sensoriamento Remoto
4.5 Identificar na imagem CCD-CBERS de Palmas-TO (Fig. 7) os objetos destacados com letras (A a L). 
Preencher o quadro com o nome desses objetos e as respectivas chaves de interpretação.
Objetos Chaves de interpretação
a
B
c
d
e
F
g
H
I
J
K
l
4.6 A câmara CCD-CBERS capta dados da superfície terrestre em cinco canais espectrais: três da 
região visível (B1: 0,45 a 0,52 mm, azul; B2: 0,52 a 0,59 mm, verde; B3: 0,63 a 0,69 mm, vermelho), um 
do infravermelho próximo (B4: 0,77 a 0,89 mm) e um pancromático (B5: 0,51 a 0,73 µm, visível e 
infravermelho próximo). Associar os objetos com as respectivas cor e textura, representados na 
composição colorida R (B3) G (B4) B (B2). (R-vermelho, G-verde e B-azul).
(1) Água limpa (com muito pouco material 
 em suspensão ( ) Preto
(2) Água com muito material em suspensão ( ) Magenta e textura lisa
(3) Solo exposto ( ) Magenta e textura ligeiramente rugosa
(4) Área urbana ( ) Verde-escuro
(5) Floresta ( ) Magenta e textura muito lisa
(6) Pastagem ( ) Verde-claro
A
A
C
B
D
E
F
G
H
G
J
K
L
Fig. 7 composição colorida 4(g) 3(r) 
2(B) com as imagens ccd – cBers-2 
(21-05-2004), palmas-to.
processada por leandro V. França
I
Iniciação em Sensoriamento Remoto
4.7 Analisar as imagens Landsat de Cáceres-MT (Fig. 8) e indicar qual representa a época de:
Seca _______________ Chuva _______________
4.8 Para o mapeamento de estradas e áreas urbanas a partir de imagens Landsat e CBERS, o mais 
recomendado é selecionar aquelas obtidas com:
( ) Baixo ângulo de elevação solar ( ) Alto ângulo de elevação solar 
4.9 Com relação ao ângulo de
Página12