Buscar

METODOLOGIA CIENTIFICA

Prévia do material em texto

1. 
 
 
A problemática urbana foi abordada no Relatório 
Brundtland dando destaque a alguns temas, exceto: 
 
 
Incoerência entre a limitação de recursos energéticos com as matrizes de transporte 
urbano adotadas. 
 
 
Especulação imobiliária ocasionando perdas e desperdícios pela substituição do 
espaço edificado, muitas vezes em condições de habitabilidade. 
 
 
Legalização dos assentamentos informais nas grandes cidades melhorando a 
qualidade de vida das pessoas. 
 
 
Poluição e contaminação ocasionadas pelas atividades humanas, relacionadas 
principalmente ao uso do automóvel e a queima de combustíveis fosseis. 
 
 
Destruição do habitat e das paisagens naturais ocasionadas pela expansão urbana. 
 
 
 
Explicação: 
O Relatório Brundtland enfatiza que deve haver opções legais de terrenos, mais bem situados, e com 
melhor disponibilidade de serviços e infraestrutura, para os lotes em terrenos ilegais. 
 
 
 
 
 
2. 
 
 
Arquitetura e Urbanismo sustentáveis são a continuidade mais 
natural da arquitetura bioclimática, considerando também a 
integração do edifício à totalidade do meio ambiente, de forma a 
torná-lo parte de um conjunto maior. Nesse contexto, o projeto 
sustentável quer criar edificações e cidades objetivando a 
qualidade de vida do ser humano no ambiente construído e no seu 
entorno, integrando com as características da vida e do clima 
locais, consumindo a menor quantidade de energia compatível 
com o conforto ambiental, para legar um mundo menos poluído 
para futuras gerações. (CORBELLA, Oscar; YANNAS, Simos, 
2010). Segundo Lomardo (2005), sustentabilidade espacial 
significa: 
 
 
Possibilitar a permanência ou menor interferência nos ciclos naturais como a realimentação dos 
lençóis freáticos. 
 
 
Crescimento por meio do uso eficiente dos recursos (mão de obra, materiais, água e energia) 
financeiramente viáveis. 
 
 
Localização e relação com a vizinhança e a cidade minimizando impactos negativos. 
 
 
Responder às necessidades dos atores sociais envolvidos no processo de construção (do 
planejamento à demolição), incluindo alta satisfação do cliente e do usuário, fornecedores 
comprometidos ambientalmente, respeito aos funcionários e às comunidades locais. 
 
 
Evitar efeitos prejudiciais ao ambiente por meio de uso cuidadoso de recursos naturais, 
minimização de resíduos, proteção e melhoria do ambiente. 
 
 
 
Explicação: 
Arquitetura e Urbanismo sustentáveis são a continuidade mais natural da arquitetura bioclimática, 
considerando também a integração do edifício à totalidade do meio ambiente, de forma a torná-lo parte 
de um conjunto maior. Nesse contexto, o projeto sustentável quer criar edificações e cidades objetivando 
a qualidade de vida do ser humano no ambiente construído e no seu entorno, integrando com as 
características da vida e do clima locais, consumindo a menor quantidade de energia compatível com o 
conforto ambiental, para legar um mundo menos poluído para futuras gerações. (CORBELLA, Oscar; 
YANNAS, Simos, 2010). Segundo Lomardo (2005), sustentabilidade espacial significa localização e 
relação com a vizinhança e a cidade minimizando impactos negativos. 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
 
 
 
 
3. 
 
 
O "Internacional Style" surgiu na Europa e se 
desenvolveu principalmente na Alemanha, durante a década de 
1920. Este, foi resultado de fatores enfrentados pelos 
arquitetos no início do século XX. Não é correto afirmar que; 
 
 
 
 
A necessidade de construir em grande escala edifícios comerciais e cívicos que serviram a uma 
sociedade em rápida industrialização. 
 
 
 
 
A insatisfação com os projetos de construção que apresentavam características decorativas de 
diferentes períodos arquitetônicos, especialmente quando o projeto resultante apresentava 
pouco ou nenhum nenhuma relação com a função do edifício. 
 
 
 
 
 
O desejo de criar um estilo "moderno" de arquitetura para o "homem moderno" que refoçava a 
necessidade de um ambiente neutro. 
 
 
O desenvolvimento bem-sucedido de novas técnicas de construção envolvendo o uso de aço, 
concreto armado e vidro. 
 
 
 
 
Os espaços arquitetônicos não deveriam apresentar como requisito, as necessidades impostas 
pelo ambiente onde estavam sendo projetados. 
 
 
 
Explicação: 
O Estilo Internacional é justificado por soluções que deveriam acompanhar às necessidades da 
contemporaneidade, entre elas a adequação ao local em que seria implantada a construção. 
 
 
 
 
 
4. 
 
 
Sobre sistemas passivos de energia é correto afirmar: 
 
 
 
O aquecimento da água através de placas solares é um exemplo de sistema passivo de energia. 
 
 
Iluminação natural não consiste em um sistema passivo de energia pois, apresenta variações de 
acordo com a latitude. 
 
 
A iluminação natural através de aberturas na construção que reduzem o consumo energético. 
 
 
A instalação de paineis fotovoltaicos especificados no processo construtivo, com o objetivo 
reduzir o custo de energia com abastecimento convencional. 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
 
Soluções adotadas durante do projeto de arquitetura sem levar em consideração a eficiência 
energética da edificação. 
 
 
 
Explicação: 
Sistema passivo é aquele que não apresenta nenhum dispositivo eletro-mecânico para recircular o calor. 
Sendo assim, sistemas aplicados ao processo de produção de energia, serão sistemas ativos. 
 
 
 
 
 
5. 
 
 
A Arquitetura Bioclimática faz o uso de energias renováveis e 
apresenta uma significativa redução no consumo energético das 
edificações. De acordo com as afirmativas abaixo é possível 
considerar que; 
I Correntes de vento são utilizadas para transformar energia 
cinética em elétrica; 
II A umidade relativa do ar é aproveitada como solução para 
amenizar as questões de desconforto do microclima; 
III Elementos naturais como vegetação ou recursos disponíveis no 
local em que será implantado o projeto, não trazem 
beneficios construtivos; 
IV A utilização de materiais renováveis não caracterizam o 
bioclimatismo; 
 
 
 
As afirmativas I e II estão corretas. 
 
 
Apenas a afirmativa IV está correta. 
 
 
Afirmativas I, II e III estão corretas. 
 
 
Todas as afirmativas estão corretas. 
 
 
Afirmativas I, II e IV estão corretas. 
 
 
 
Explicação: 
A utilização de materiais renováveis assim como elementos e recursos naturais disponíveis no local em 
que será executado o projeto, caracterizam e beneficiam a arquitetura bioclimática. 
 
 
 
 
 
6. 
 
 
Sobre sistemas passivos de energia é correto afirmar: 
 
 
 
Soluções adotadas durante do projeto de arquitetura sem levar em consideração a eficiência 
energética da edificação. 
 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
 
A iluminação natural através de aberturas na construção que reduzem o consumo energético. 
 
 
O aquecimento da água através de placas solares é um exemplo de sistema passivo de energia. 
 
 
Iluminação natural não consiste em um sistema passivo de energia, pois apresenta variações de 
acordo com a latitude. 
 
 
A instalação de paineis fotovoltaicos especificados no processo construtivo, com o objetivo 
reduzir o custo de energia com abastecimento convencional. 
 
 
 
Explicação: 
Sistema passivo é aquele que não apresenta nenhum dispositivo eletro-mecânico para recircular o calor. 
Sendo assim, sistemas aplicados ao porcesso de produção de energia, serão sistemas ativos. 
 
 
 
 
 
7. 
 
 
Leia o texto atentamente e assinale a afirmativa falsa: 
O projeto sustentável quer criar edificações e cidades objetivando 
a qualidade de vida do ser humano no ambiente construído e no 
seu entorno,integrando com as características da vida e do clima 
locais, consumindo a menor quantidade de energia compatível com 
o conforto ambiental, para legar um mundo menos poluído para 
futuras gerações. (CORBELLA, Oscar; YANNAS, Simos, 
2010). Segundo Lomardo (2005), a arquitetura sustentável pode 
ser dividida em: 
 
 
Sustentabilidade urbanística. 
 
 
Sustentabilidade ecológica. 
 
 
Sustentabilidade ambiental. 
 
 
Sustentabilidade financeira. 
 
 
Sustenatbilidade social. 
 
 
 
Explicação: 
Segundo Lomardo (2005), a arquitetura sustentável pode ser dividida em: sustentabilidade financeira, 
sustentabilidade ambiental, sustenatbilidade social, sustentabilidade espacial e sustentabilidade ecológica. 
 
 
 
 
 
 
 
 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
1 
 Questão 
 
 
Leia atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa indevida. 
O setor da construção civil é um dos grandes responsáveis pelo consumo 
de recursos naturais e geração de impactos negativos ao meio ambiente. 
A construção de qualquer edificação, inevitavelmente, causa impactos 
no ecossistema em que está inserido, o que dificulta a aproximação dos 
profissionais da área no cumprimento de práticas que alcancem o 
desenvolvimento sustentável. 
Alguns fatores influenciam a produção de edificações e o processo de 
formação e transformação das cidades, contribuindo para a degradação 
do meio ambiente, tais como: 
 
 produção de resíduos; 
 
 canteiros de obras com impactos sonoros, visuais, além de 
poluições do ar, solo, água, entre outros. 
 consumo moderado de recursos naturais; 
 
 alto índice de desperdício de materiais; 
 
 seleção de materiais e gestão de consumo inadequados; 
 
Respondido em 28/10/2020 12:13:18 
 
 
Explicação: 
Alguns fatores influenciam a produção de edificações e o processo de 
formação e transformação das cidades, contribuindo para a degradação 
do meio ambiente, tais como: alto consumo de recursos naturais; alto 
índice de desperdício de materiais; produção de resíduos; seleção de 
materiais e gestão de consumo inadequados; canteiros de obras com 
impactos sonoros, visuais, além de poluições do ar, solo, água, entre 
outros. 
 
 
 
2 
 Questão 
 
 
O Brasil estabeleceu a Política Nacional do Meio Ambiente, 
pela Lei federal nº 6.938, de 31 de agosto de 1981, 
conceituada como: 
 
 A lei federal mais abrangente sobre a necessidade do conforto ambiental nas edificações. 
 
O conjunto de leis, interações e condições de ordem ambiental, que rege a vida de todas as 
famílias, para a busca do desenvolvimento sustentável. 
 
Visa a melhoria da qualidade de vida de todos os seres humanos no território nacional. 
 A lei de ordem física, química e biológica, onde todos tem obrigações de 
preservações da vida como um todo. 
 
 O conjunto de condições, leis, influências e interações de ordem física, química e biológica, 
que permite, abriga e rege a vida em todas as suas formas, explicitando, o objetivo de 
preservação, melhoria e recuperação da qualidade ambiental propícia à vida. 
Respondido em 28/10/2020 12:13:23 
 
 
Explicação: 
Compreender como nosso país aplica as ações discutidas mundialmente sobre o tema do 
ecodesenvolvimento. 
 
 
 
3 
 Questão 
 
 
A década de 90 foi muito importante na formulação de 
diretrizes sobre o crescimento sustentável a nível mundial. Em 
relação a essas atividades não é correto afirmar que: 
 
 Uma das interpretações com mais relevância para o setor da construção civil é a Agenda 
Habitat II, que foi o resultado da Conferência das Nações Unidas 1996, em Istambul. 
 
 
Em 1992, a ONU realizou a segunda Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente 
e o Desenvolvimento. Por ter sido realizada no Rio de Janeiro, ficou conhecida como Rio-92 
ou Eco 92. 
 A Conferencia de Montreal que estabeleceu em conjunto com os 108 países participantes a 
primeira agenda 21. 
 
A Convenção de Viena, em 1990, estabelece o decreto para a Proteção da Camada de 
Ozônio e do Protocolo de Montreal sobre Substâncias que Destroem a Camada de Ozônio. 
 
Em 1997, foi assinado, por 84 países, o tratado ambiental Protocolo de Kyoto. O protocolo 
tem como objetivo a redução das emissões de gases-estufa e a proposta de um modelo de 
desenvolvimento limpo aos países em desenvolvimento. 
Respondido em 28/10/2020 12:13:27 
 
 
Explicação: 
agenda 21 é um dos mais importantes atos mundiais sobre sustentabilidade. ter propriedade sobre 
o evento que a iniciou, ainda mais sendo em nosso país deve ser conceito fundamental nessa 
análise. 
 
 
 
4 
 Questão 
 
 
É fato que o setor da construção civil é um dos grandes 
responsáveis pelo consumo de recursos naturais e geração de 
impactos negativos ao meio ambiente. Sobre isso analise as 
alterativas e assinale a opção correta. 
I - Nem toda a construção de edificações causará impactos no 
ecossistema em que esta inserido, cabe ao projetista alcançar 
as alternativas corretas. 
II - A construção de qualquer edificação, inevitavelmente, 
causa impactos no ecossistema em que está inserido, o que 
dificulta a aproximação dos profissionais da área no 
cumprimento de práticas que alcancem o desenvolvimento 
sustentável. 
III - O alto consumo de recursos naturais, o alto índice de 
desperdício de materiais e a alta produção de resíduos são 
alguns fatores que influenciam na produção de edificações e 
no processo de formação e transformação das cidades, 
contribuindo para a degradação do meio ambiente. 
IV - Os canteiros de obras com muitos impactos sonoros e as 
edificações com grandes impactos visuais na paisagem, 
podem ser considerados impactos degradantes do meio 
ambiente como a poluição do ar, solo e água. 
 
 V V F F 
 
V F F V 
 
 
V F F F 
 F V V F 
 F V V V 
Respondido em 28/10/2020 12:16:06 
 
 
Explicação: 
é necessário identificar a importancia do assunto na avaliação do aluno, por isso questionar sobre o 
principio desse estudo. 
 
 
 
5 
 Questão 
 
 
Leia atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa indevida. 
O setor da construção civil é um dos grandes responsáveis pelo consumo 
de recursos naturais e geração de impactos negativos ao meio ambiente. 
A construção de qualquer edificação, inevitavelmente, causa impactos 
no ecossistema em que está inserido, o que dificulta a aproximação dos 
profissionais da área no cumprimento de práticas que alcancem o 
desenvolvimento sustentável. 
Alguns fatores influenciam a produção de edificações e o processo de 
formação e transformação das cidades, contribuindo para a degradação 
do meio ambiente, tais como: 
 
 alto índice de desperdício de materiais; 
 
 seleção de materiais e gestão de consumo inadequados; 
 
 canteiros de obras com impactos sonoros, visuais, além de 
poluições do ar, solo, água, entre outros. 
 produção moderada de resíduos; 
 
 alto consumo de recursos naturais; 
 
Respondido em 28/10/2020 12:13:35 
 
 
Explicação: 
Alguns fatores influenciam a produção de edificações e o processo de 
formação e transformação das cidades, contribuindo para a degradação 
do meio ambiente, tais como: alto consumo de recursos naturais; alto 
índice de desperdício de materiais; produção de resíduos; seleção de 
materiais e gestão de consumo inadequados; canteiros de obras com 
impactos sonoros, visuais, além de poluições do ar, solo, água, entre 
outros. 
 
 
 
6 
 Questão 
 
 
As discussões a respeito da sustentabilidade intensificou-se, a partir de um 
processo histórico de acordos internacionais firmados, com objetivo de despertar 
a sociedade quanto à realidade ambiental, e gerar prospecções futuras para 
minimizar os impactos negativos ao meio ambiente. Em relação a esse processo 
histórico analise as afirmativas e assinale a opção correta: 
I - O Clube de Roma, composto por cientistas, industriais e políticos que 
debatiam assuntossobre política, economia internacional e, sobretudo, o meio 
ambiente. Foi instituído como uma entidade sem fins lucrativos com objetivo de 
comprovar, de forma empírica, o problema das restrições ambientais atrelado ao 
crescimento econômico, criada na segunda metade dos anos 1960 e mantido por 
contribuições de empresas multinacionais. 
II - o relatório The limits of growth (os limites do crescimento), de 1972, tratou de 
problemas para o futuro desenvolvimento da humanidade, por meio da relação 
do crescimento exponencial da população diante dos recursos do planeta, foi 
publicado pelo Clube de Roma. 
 
III - o relatório The limits of growth (os limites do crescimento), conclui que o 
planeta pode ter crescimento populacional com o avanço da tecnologia. 
IV - Como resposta ao relatório The limits of growth (os limites do crescimento), a 
Organização das Nações Unidas (ONU) realizou a Conferência sobre o meio 
ambiente em Estocolmo. Os principais assuntos discutidos foram as 
responsabilidades deste grupo de pessoas que estavam a refletir sobre o 
desenvolvimento do planeta. 
V - A Conferência de Estocolmo, realizada pela Organização das Nações Unidas 
(ONU), produziu a Declaração sobre o Meio Ambiente Humano, ou seja, 
princípios de comportamento e responsabilidade que deveriam governar as 
decisões concernentes às questões ambientais, bem como um plano de ação 
que convocava todos os países, os organismos das Nações Unidas, bem como 
todas as organizações internacionais a cooperarem na busca de soluções para 
os problemas ambientais. 
 
 FVVVF 
 
 VVFFV 
 
VFVFV 
 
VFFFV 
 
FFVVF 
Respondido em 28/10/2020 12:13:38 
 
 
Explicação: 
Identificar os primeiros objetos da discussão sobre o ecodesenvolvimento que levaram ao mundo 
iniciar os debates. 
 
 
 
7 
 Questão 
 
 
Leia atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa indevida. 
O setor da construção civil é um dos grandes responsáveis pelo consumo 
de recursos naturais e geração de impactos negativos ao meio ambiente. 
A construção de qualquer edificação, inevitavelmente, causa impactos 
no ecossistema em que está inserido, o que dificulta a aproximação dos 
profissionais da área no cumprimento de práticas que alcancem o 
desenvolvimento sustentável. 
Alguns fatores influenciam a produção de edificações e o processo de 
formação e transformação das cidades, contribuindo para a degradação 
do meio ambiente, tais como: 
 
 adequada seleção de materiais e gestão de consumo; 
 alto consumo de recursos naturais; 
 canteiros de obras com impactos sonoros, visuais, além de 
poluições do ar, solo, água, entre outros. 
 alta produção de resíduos; 
 alto índice de desperdício de materiais; 
Respondido em 28/10/2020 12:13:43 
 
 
Explicação: 
Alguns fatores influenciam a produção de edificações e o processo de 
formação e transformação das cidades, contribuindo para a degradação 
do meio ambiente, tais como: alto consumo de recursos naturais; alto 
índice de desperdício de materiais; produção de resíduos; seleção de 
materiais e gestão de consumo inadequados; canteiros de obras com 
impactos sonoros, visuais, além de poluições do ar, solo, água, entre 
outros. 
 
 
 
8 
 Questão 
 
 
O conceito de ecodesenvolvimento e posteriormente de sustentabilidade foi 
sendo construído com uma série de eventos com participação de importantes 
nações e organizações mundiais. Em relação a esse processo histórico analise 
as afirmativas e assinale a opção correta: 
 
I - O Ecossocioeconomista, Ignacy Sachs, formulou em 1973 o conceito de 
ecodesenvolvimento, considerando prioritária a questão da educação e da 
preservação dos recursos naturais juntamente com a satisfação das 
necessidades básicas do ser humano. 
 
II - O conceito de ecodesenvolvimento, deu origem ao conceito de 
desenvolvimento sustentável, referia-se inicialmente a algumas regiões de 
países subdesenvolvidos e foi um grande avanço na percepção do problema 
ambiental global na medida em que estabelece relação entre desenvolvimento e 
meio ambiente. 
III - Em 1974, a Declaração de Cocoyok, trouxe uma visão diferente afirmando 
que: a explosão populacional é decorrente da falta de recursos em alguns 
países; a destruição ambiental é fruto da pobreza e os países desenvolvidos não 
têm significativa participação em função do elevado índice de consumo. 
IV - Em 1975, o Relatório Dag-Hammarskjöld concentrou-se na na mobilização 
das forças capazes de mudar as estruturas do sistema vigente. O documento 
também afirmou que as potências coloniais concentrando as melhores terras das 
colônias nas mãos de uma minoria, promovem um futuro mais desejável. 
V - Em 1977, foi realizada outra Conferência sobre o tema de 
ecodesenvolvimento, ficou estabelecido que o processo educativo deveria ser 
orientado para a resolução dos problemas concretos do meio ambiente, por 
intermédio de enfoques interdisciplinares e da participação ativa e responsável 
de cada indivíduo e da coletividade. 
 
 VVVVF 
 
VFVFV 
 
FFVVF 
 VVFFV 
 
FVFVF 
 
Respondido em 28/10/2020 12:13:47 
 
 
Explicação: 
Identificar nas conferencias mundiais como o assunto sobre crescimento populacional e o poder 
aquisitivo da população interfere na preservação do meio ambiente. 
 
 
 
 
 
 
1. 
 
 
O Ministério do Meio Ambiente definiu uma série de premissas e 
estratégias, através do projeto Formulação e Implementação de 
políticas públicas compatíveis com os princípios do 
Desenvolvimento Sustentável definidos na Agenda 21, visando 
orientar as ações nas diversas escalas governamentais, exceto: 
 
 
Desenvolver a cidadania ativa e o de aperfeiçoar instituições e/ou criá-las com um 
desenho que estimule a vida democrática no país. 
 
 
Gerar incentivos fiscais para o uso de energia alternativa nas residências nos países 
desenvolvidos. 
 
 
Flexibilizar mecanismos de gestão para favorecer a participação, propiciando aporte 
de recursos técnicos e financeiros, e ampliando a responsabilidade ecológica da 
sociedade. 
 
 
Tornar a utopia das Cidades Sustentáveis concreta, isto é, ir além de estratégias 
mitigadoras, equilibrando a inovação com a valorização das práticas urbanas 
existentes que apresentem componentes de sustentabilidade. 
 
 
Desenvolver dinâmicas de promoção social que combinem com dinâmicas de redução 
dos impactos ambientais no processo urbano. 
 
 
 
Explicação: 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
Não cabe ao Ministério do Meio Ambiente gerar incentivos fiscais para o uso de energia alternativa nas 
residências nos países desenvolvidos. 
 
 
 
 
 
2. 
 
 
Considere o contexto a seguir para estabelecer a afirmativa falsa. 
Segundo o Relatório Brundtland (ONU; COMISSÃO BRUNDTLAND, 
1987), os governos, por meio de suas políticas, deverão encontrar 
maneiras de desacelerar as atuais taxas de urbanização 
observadas nas grandes cidades. Atualmente, em especial no 
Terceiro Mundo, os governos das grandes cidades não têm 
condições de suprir as necessidades básicas de moradia e toda a 
infraestrutura necessária, para as pessoas que nelas chegam 
diariamente, atraídas por melhores perspectivas de trabalho. Além 
de não atender às necessidades básicas das populações e de gerar 
riscos a sua saúde, a expansão física descontrolada das cidades 
implica ainda em importantes repercussões para a economia e 
para o meio ambiente, tornando-os muito complexos e difíceis de 
serem atendidos, tais como: 
 
 
Paisagens naturais e o meio rural que circundam as cidades. 
 
 
Abastecimento de água. 
 
 
Suprimento de vias e meios de transportes e demais serviços públicos. 
 
 
Esgotamento sanitário. 
 
 
Aplicações orçamentárias coerentes. 
 
 
 
Explicação: 
Segundo o Relatório Brundtland (ONU; COMISSÃO BRUNDTLAND, 1987), os governos, por meio de suas 
políticas, deverão encontrar maneiras de desacelerar as atuais taxas de urbanização observadas nasgrandes cidades. Atualmente, em especial no Terceiro Mundo, os governos das grandes cidades não têm 
condições de suprir as necessidades básicas de moradia e toda a infraestrutura necessária, para as 
pessoas que nelas chegam diariamente, atraídas por melhores perspectivas de trabalho. Além de não 
atender às necessidades básicas das populações e de gerar riscos a sua saúde, a expansão física 
descontrolada das cidades implica ainda em importantes repercussões para a economia e para o meio 
ambiente, tornando-os muito complexos e difíceis de serem atendidos, tais como:abastecimento de 
água, esgotamento sanitário, suprimento de vias e meios de transportes e demais serviços públicos, 
paisagens naturais e o meio rural que circundam as cidades. 
 
 
 
 
 
3. 
 
As necessidades de uma população crescente e em sua maioria 
urbana trazem um desafio: o desenvolvimento sustentável. Em 
todo o mundo, nações precisam equilibrar o crescimento econômico 
e o consumo de recursos de forma sustentável, e as cidades são 
importantes catalisadoras para uma mudança positiva. 
No Brasil, estas áreas precisam desenvolver estratégias de 
resiliência e adaptação às mudanças climáticas, adotar boas 
práticas e políticas públicas que estimulem a participação social e a 
criação de cidades inteligentes e fortalecer um planejamento 
urbano equilibrado. Dentre as estratégias elaboradas, foram 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
sistematizadas ações que são apresentadas abaixo. A opção que 
não se enquadra neste grupo; 
 
 
 
 
Aperfeiçoar a regulação do uso e da ocupação do solo urbano e promover o ordenamento do 
território, contribuindo para a melhoria das condições de vida da população, considerando a 
promoção de equidade, eficiência e qualidade ambiental. 
 
 
Promover o desenvolvimento institucional e o fortalecimento da capacidade de planejamento e 
gestão democrática da cidade, incorporando no processo a dimensão ambiental urbana e 
assegurando a efetiva participação da sociedade. 
 
 
A urbanização rápida e a intensa concentração de indústrias, serviços e, portanto, de um 
número considerável de indivíduos, transformando as cidades que serão por estes utilizadas em 
áreas destinadas a ocupação acelerada. 
 
 
Desenvolver e estimular a aplicação de instrumentos econômicos no gerenciamento dos 
recursos naturais visando à sustentabilidade urbana. 
 
 
Promover mudanças nos padrões de produção e consumo da cidade, reduzindo custos e 
desperdícios e fomentando o desenvolvimento de tecnologias urbanas sustentáveis. 
 
 
 
Explicação: 
A rápida urbanização da cidade, assim como a ocupação acelerada dos espaços que compõem a cidade, 
não estão de acordo com o desenvolvimento sustentável. 
 
 
 
 
 
4. 
 
 
Durante a Eco 92, a Agenda 21 foi produzida pelos principais 
gestores dos paises envolvidos e representantes da sociedade 
civil, na Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o 
Desenvolvimento na cidade do Rio de Janeiro. Com o objetivo de 
planejar e executar ações que visam a proteção de recursos e 
preservação do planeta. Essas ações trouxeram como 
consequências; 
 
 
 
Soluções adotadas na construção civil como; o uso de materiais reciclados e reaproveitados, 
implantação de sistemas alternativos de energia, a gestão de resíduos de obra, entre outros, 
tornaram se medidas obrigatórias a serem tomadas 
 
 
Compromissos foram firmados entre fábricas e indústrias com o objetivo de poupar recursos 
naturais, além de controlar os dejetos produzidos. 
 
 
A educação ambiental, que passou a ser um tema bastante discutido em empresas, escolas, 
universidades, se tornando o conteúdo de disciplinas ministradas em instituições de ensino. 
 
 
A intraconecção homem, meio ambiente, arquitetura e a cidade, se modificou. Novas 
responsabilidades deveriam ser assumidas e passaria a ser essa relação, um caminho sem 
volta. 
 
 
Em 2015 foi criada a Agenda 2030, sem que antes os objetivos da Agenda 21 fossem 
alcançados, tornando se necessário que novas metas fossem traçadas. 
 
 
 
Explicação: 
Os objetivos da Agenda 21 forma alcançados, no entanto, se fez necessário projetar novas metas 
considerando o aumento da população mundial, a produção industrial em larga escala e as 
responsabilidades diantes de outros problemas que surgiram mais de 40 anos depois da conferência ECO 
92. 
 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
 
 
 
5. 
 
 
Durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento 
Sustentável no Rio de Janeiro, em 2012, foram instituídos 
pela Organização das Nações Unidas, os Objetivos de 
Desenvolvimento Sustentável (ODS) como um apelo universal para 
proteger o planeta e garantir que todas as pessoas tenham 
dignidade. A intenção de sua criação foi produzir um conjunto de 
objetivos que conduzissem os governos, empresas e sociedades 
para um mundo mais sustentável e inclusivo. Este grupo é formado 
por; 
I Energia limpa e acessível, ação contra a mudança global do clima 
e o consumo e produção responsáveis; 
II Fome zero e agricultura sustentável e erradicação da pobreza; 
III Vida na água e vida terrestre; 
IV Redução das desigualdades e educação de qualidade; 
 
 
 
Todas as afirmativas estão corretas. 
 
 
Apenas a afirmativa I está correta. 
 
 
As afirmativas I, II e III estão corretas. 
 
 
As afirmativas I, II e IV estão corretas. 
 
 
As afirmativas I e IV estão corretas. 
 
 
 
Explicação: 
Todos os objetivos acima listados, fazem parte da (ODS), assim como outros não apresentados. São 17 
que formam este conjunto elaborado na Rio +20. 
 
 
 
 
 
6. 
 
Observe atentamente o texto a seguir e indique a afirmativa 
correta. 
O documento Cidades Sustentáveis da Agenda 21 Brasileira 
elaborado pelo Ministério do Meio Ambiente, em parceria com 
diversos atores do governo e da sociedade civil, reuniu os debates 
em torno dos subsídios para elaboração da Agenda 21 Brasileira 
no que concerne à incorporação da dimensão ambiental nas 
políticas urbanas vigentes. 
Por intermédio das agendas 21 locais, as municipalidades devem 
estabelecer seus planos de ação para cumprir os objetivos do 
desenvolvimento sustentável. Para tanto, o Ministério do Meio 
Ambiente definiu um série de premissas e estratégias, por meio 
do projeto formulação e implementação de políticas públicas 
compatíveis com os princípios do desenvolvimento sustentável 
definidos na Agenda 21, visando orientar as ações nas diversas 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
escalas governamentais, onde se destaca o foco na ação local, 
que significa: (ROMERO, 2001) 
 
 
Fortalecimento dos municípios com a descentralização das instâncias decisórias e de serviços, e 
incentivo da gestão comunitária. Com isso, a sociedade assume suas próprias decisões no que 
se refere ao desenvolvimento de um modo geral, à melhoria da qualidade de vida urbana e à 
preservação do meio ambiente. 
 
 
Desenvolver a cidadania ativa e aperfeiçoar instituições ou criá-las com um desenho que 
estimule a vida democrática no país. 
 
 
Desenvolver os diversos setores da sociedade, para gerar mais empregos, produtividade, renda 
aos mais pobres, qualidade de vida nas cidades etc., dentro do compromisso de reduzir a 
contaminação, os danos ambientais, a pobreza e as desigualdades. 
 
 
Reestruturação dos sistemas de gestão, de forma a viabilizar o planejamento intersetorial e os 
programas conjuntos em diversas escalas. Flexibilização de mecanismos para favorecer a 
participação, propiciando aporte de recursos técnicos e financeiros (do mercado, setor público 
não governamental, comunitário) e ampliando a responsabilidade ecológica da sociedade. 
 
 
Tornar a utopia das cidades sustentáveis concreta,isto é, ir além de estratégias mitigadoras, 
equilibrando a inovação com a valorização das práticas urbanas existentes que apresentem 
componentes de sustentabilidade. 
 
 
 
Explicação: 
O documento Cidades Sustentáveis da Agenda 21 Brasileira elaborado pelo Ministério do Meio Ambiente, 
em parceria com diversos atores do governo e da sociedade civil, reuniu os debates em torno dos 
subsídios para elaboração da Agenda 21 Brasileira no que concerne à incorporação da dimensão 
ambiental nas políticas urbanas vigentes. 
Por intermédio das agendas 21 locais, as municipalidades devem estabelecer seus planos de ação para 
cumprir os objetivos do desenvolvimento sustentável. Para tanto, o Ministério do Meio Ambiente definiu 
um série de premissas e estratégias, por meio do projeto formulação e implementação de políticas 
públicas compatíveis com os princípios do desenvolvimento sustentável definidos na Agenda 21, visando 
orientar as ações nas diversas escalas governamentais, onde se destaca o foco na ação local, que 
significa o fortalecimento dos municípios com a descentralização das instâncias decisórias e de serviços, 
e incentivo da gestão comunitária. Com isso, a sociedade assume suas próprias decisões no que se refere 
ao desenvolvimento de um modo geral, à melhoria da qualidade de vida urbana e à preservação do meio 
ambiente. 
 
 
 
 
1. 
 
 
Tomando por base o contexto a seguir assinale a afirmativa 
corerta. 
O processo de transição das corporações para a adoção de uma 
postura socioambiental responsável manifestou-se a partir do 
desejo de fortalecimento da marca, da imagem, da necessidade 
de fidelizar os clientes, de atrair investidores e até mesmo de 
obter concessões de dedução fiscais. (MELO NETO e FRÓES, 
1999). Com a emergência de distintos paradigmas 
mercadológicos, se torna necessário o desenvolvimento de novos 
conceitos de marketing. 
 
 
 
O marketing holístico pode, ao mesmo tempo, seduzir um grande público e consolidar os valores 
de credibilidade e de legitimidade, elementos hoje tão almejados pelas corporações. 
 
 
O marketing verde é definido por Philip Kotler (2011b, p. 700) como uma espécie de 
combinação entre o marketing de relacionamento, marketing interno, marketing integrado e o 
marketing socialmente responsável para criação de valor 
 
 
Em muitas empresas, o marketing verde ganha importância nos planos dos gestores, tornando-
se, de uma maneira geral, uma das primeiras atitudes tomadas para a vinculação da imagem do 
negócio às questões éticas. 
 
 
 
O marketing verde pode, ao mesmo tempo, seduzir um grande público e consolidar os valores 
de credibilidade e de legitimidade, elementos hoje tão almejados pelas corporações. 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
 
O marketing ambiental é definido por Philip Kotler (2011b, p. 700) como uma espécie de 
combinação entre o marketing de relacionamento, marketing interno, marketing integrado e o 
marketing socialmente responsável para criação de valor 
 
 
 
Explicação: 
O processo de transição das corporações para a adoção de uma postura socioambiental responsável 
manifestou-se a partir do desejo de fortalecimento da marca, da imagem, da necessidade de fidelizar os 
clientes, de atrair investidores e até mesmo de obter concessões de dedução fiscais. (MELO NETO e 
FRÓES, 1999). Com a emergência de distintos paradigmas mercadológicos, se torna necessário o 
desenvolvimento de novos conceitos de marketing. 
O marketing verde pode, ao mesmo tempo, seduzir um grande público e consolidar os valores de 
credibilidade e de legitimidade, elementos hoje tão almejados pelas corporações. 
 
 
 
 
 
2. 
 
 
Tendo em vista o contexto a seguir assinale a afirmativa correta. 
O processo de transição das corporações para a adoção de uma 
postura socioambiental responsável manifestou-se a partir do 
desejo de fortalecimento da marca, da imagem, da necessidade 
de fidelizar os clientes, de atrair investidores e até mesmo de 
obter concessões de dedução fiscais. (MELO NETO e FRÓES, 
1999). Com a emergência de distintos paradigmas 
mercadológicos, se torna necessário o desenvolvimento de novos 
conceitos de marketing. 
 
 
 
Em muitas empresas, o marketing verde ganha importância nos planos dos gestores, tornando-
se, de uma maneira geral, uma das primeiras atitudes tomadas para a vinculação da imagem do 
negócio às questões éticas. As ações de marketing social não só agregam valor, mas também 
posicionam a marca no mercado, além de funcionar, como ferramenta de diferenciação. 
(TAVARES, 2003) 
 
 
Em muitas empresas, o marketing de relacionamento ganha importância nos planos dos 
gestores, tornando-se, de uma maneira geral, uma das primeiras atitudes tomadas para a 
vinculação da imagem do negócio às questões éticas. As ações de marketing social não só 
agregam valor, mas também posicionam a marca no mercado, além de funcionar, como 
ferramenta de diferenciação. (TAVARES, 2003) 
 
 
Em muitas empresas, o marketing holístico ganha importância nos planos dos gestores, 
tornando-se, de uma maneira geral, uma das primeiras atitudes tomadas para a vinculação da 
imagem do negócio às questões éticas. As ações de marketing social não só agregam valor, mas 
também posicionam a marca no mercado, além de funcionar, como ferramenta de diferenciação. 
(TAVARES, 2003) 
 
 
Em muitas empresas, o marketing ambiental ganha importância nos planos dos gestores, 
tornando-se, de uma maneira geral, uma das primeiras atitudes tomadas para a vinculação da 
imagem do negócio às questões éticas. As ações de marketing social não só agregam valor, mas 
também posicionam a marca no mercado, além de funcionar, como ferramenta de diferenciação. 
(TAVARES, 2003) 
 
 
Em muitas empresas, o marketing social ganha importância nos planos dos gestores, tornando-
se, de uma maneira geral, uma das primeiras atitudes tomadas para a vinculação da imagem do 
negócio às questões éticas. As ações de marketing social não só agregam valor, mas também 
posicionam a marca no mercado, além de funcionar, como ferramenta de diferenciação. 
(TAVARES, 2003) 
 
 
 
Explicação: 
O processo de transição das corporações para a adoção de uma postura socioambiental responsável 
manifestou-se a partir do desejo de fortalecimento da marca, da imagem, da necessidade de fidelizar os 
clientes, de atrair investidores e até mesmo de obter concessões de dedução fiscais. (MELO NETO e 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
FRÓES, 1999). Com a emergência de distintos paradigmas mercadológicos, se torna necessário o 
desenvolvimento de novos conceitos de marketing. 
Em muitas empresas, o marketing social ganha importância nos planos dos gestores, tornando-se, de 
uma maneira geral, uma das primeiras atitudes tomadas para a vinculação da imagem do negócio às 
questões éticas. As ações de marketing social não só agregam valor, mas também posicionam a marca 
no mercado, além de funcionar, como ferramenta de diferenciação. (TAVARES, 2003) 
 
 
 
 
 
3. 
 
 
Marketing verde é uma estratégia de marketing focada em ações 
que beneficiem o meio ambiente, seja na produção, no 
operacional ou na divulgação do produto ou serviço. Também é 
conhecido como marketing ambiental e ecomarketing, essa prática 
vem ganhando o mercado e a mídia. De acordo com esse plano de 
divulgação; 
I Atividade cuja intenção é fazer com que aquilo entregue ao 
consumidor, tenha o mínimo de impacto negativo no meio 
ambiente. 
II Gera uma boa imagem perante os atuais clientes mesmo que 
não seja a prática adotada na empresa. 
III Conquista novos clientes e traz benefícios para quem o 
implementa. 
IV Projetos sociais que envolvam a neutralização do CO2, 
praticados com o objetivo de associar diretamente a imagem da 
empresa com a preservação do meio ambiente. 
 
 
As alternativas I e IV estão corretas. 
 
 
As alternativas I, IIIe IV estão corretas. 
 
 
As alternativas II, III e IV estão corretas. 
 
 
Todas as alternativas estão corretas. 
 
 
As alternativas I e II estão corretas. 
 
 
 
 
 
Explicação: 
O princípio do Marketing Verde, é adotar fielmente as práticas divulgadas pela empresa e apresentar 
resultados de suas implementações. 
 
 
 
 
 
4. 
 
Com o objetivo de promover a melhoria na qualidade de vida, 
projetos ambientais fundamentados no plantio de árvores, 
colaboram para a neutralização do gás carbônico (CO2), emitido em 
atividades, serviços e fabricação de produtos. Este, assim como 
outros gases que contribuem para o efeito estufa, podem ser 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
retirados da atmosfera através do plantio proporcional árvores em 
florestas e áreas verdes urbanas. Outros benefícios também podem 
ser obtidos com essa prática como; 
 
 
 
Favorecem a criação de um microlima mais ameno, seja através do sobreamento oferecido pela 
vegetação ou absorção da radiação que alcançaria o solo e seria irradiado a construções 
próximas. 
 
 
A redução às condições de poluição do ar nas áreas próximas ao plantio, embora a inserção da 
vegetação não comprove a atenuação ou melhoria. 
 
 
O conforto visual, sonoro e olfativo como resultado da inserção da vegetação de diferentes 
espécies em parques públicos ou privados e pequenos jardins residenciais. 
 
 
A inserção de vegetação em zonas urbanas edificadas de pequeno e médio porte, que apresenta 
um baixo custo de investimento se comparado a outras soluções que podem ser adotadas com o 
mesmo objetivo. 
 
 
A permeabilidade das áreas verdes, aumenta a absorção de águas das chuvas, reduzindo a 
chance de enchentes e alagamentos de algumas regiões. 
 
 
 
Explicação: 
Comprovadamente a vegetação reduz a poluição do ar absorvendo CO2 para seu desenvolvimento e 
liberando oxigênio para a atmosfera. 
 
 
 
 
 
5. 
 
 
De acordo com as necessidades relacionadas a construção civil, foi 
proposta uma metodologia para desenvolvimento de projetos e o 
mercado passou a estipular novas exigências e metas mais 
ambiciosas relacionadas à sustentabilidade. A consequência natural 
desta ação foi o equivocado aumento de custos atribuído a 
esta realidade. Por falta de conhecimento técnico e pela ausência 
de práticas ligadas à racionalização do processo construtivo, à 
logística de canteiros de obras ou projetos e construção enxuta, 
passou se a alocar gastos e acréscimos nos valores das obras na 
conta da sustentabilidade que, quando abordada da maneira certa, 
traz justamente o efeito inverso. Este processo deve acontecer de 
maneira mais produtiva e eficaz para que sejam apresentados seus 
benefícios. À partir de 1994, nos Estados Unidos uma mudança na 
maneira de projetar empreendimentos que precisam ser mais 
eficientes ou até mesmo aqueles que simplesmente têm a intenção 
de que sejam obtidas melhorias nos processos e resultados de 
projeto e obras, passa a vigorar. Este novo método é chamado de 
Processo de Projeto Integrado (PPI) ou Integrated Design Process 
ou ainda Integrated Project Delivery. São práticas integradas 
adotadas, excluindo; 
 
 
 
 
 
O projeto integrado demanda entendimento das inter relações de cada um dos materiais, 
sistemas e elementos espaciais. 
 
 
O uso de energia visando a eficiência da construção, através da implantação de sistemas ativos 
que utilizam o sol e o vento para produzir energia elétrica, não precisam estar associados ao 
sistema convencional de distribuição para ser considerado uma prática de projeto integrado. 
 
 
Eficiência na utilização da água, seja através de seu uso econômico proporcionado por soluções 
simples às tecnologias mais elaboradas ou o reuso através de sistemas de captação e filtragem. 
 
 
Especificação de materiais recicláveis, reaproveitáveis ou que tenham como objetivo 
a redução do consumo de água e energia, assim como cuidados relacionados ao descarte e 
contaminação do meio, durante e após seu processo de fabricação. 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
 
Design integrado; a plástica definida para o projeto de arquitetura, o emprego de materiais de 
revestimento e a implantação de soluções eficientes, quando associados apresentam práticas 
adotadas ao Processo de Projeto Integrado. 
 
 
 
Explicação: 
O sistema convencional de distribuição e fornecimento de energia à construção e os sistemas 
alternativos, devem estar associados para que seja considerada uma prática do Projeto Integrado a 
eficiência do uso da energia. 
 
 
 
 
 
6. 
 
 
Tendo em vista o contexto a seguir assinale a afirmativa correta. 
O processo de transição das corporações para a adoção de uma 
postura socioambiental responsável manifestou-se a partir do 
desejo de fortalecimento da marca, da imagem, da necessidade 
de fidelizar os clientes, de atrair investidores e até mesmo de 
obter concessões de dedução fiscais. (MELO NETO e FRÓES, 
1999). Com a emergência de distintos paradigmas 
mercadológicos, se torna necessário o desenvolvimento de novos 
conceitos de marketing. 
 
 
 
O marketing ecológico é definido por Philip Kotler (2011b, p. 700) como uma espécie de 
combinação entre o marketing de relacionamento, marketing verde, marketing sustentável e o 
marketing socialmente responsável para criação de valor. 
 
 
O marketing ecológico é definido por Philip Kotler (2011b, p. 700) como uma espécie de 
combinação entre o marketing de relacionamento, marketing interno, marketing sustentável e o 
marketing socialmente responsável para criação de valor. 
 
 
O marketing ecológico é definido por Philip Kotler (2011b, p. 700) como uma espécie de 
combinação entre o marketing de relacionamento, marketing verde, marketing integrado e o 
marketing socialmente responsável para criação de valor. 
 
 
O marketing ecológico é definido por Philip Kotler (2011b, p. 700) como uma espécie de 
combinação entre o marketing sustentável, marketing interno, marketing integrado e o 
marketing socialmente responsável para criação de valor. 
 
 
O marketing ecológico é definido por Philip Kotler (2011b, p. 700) como uma espécie de 
combinação entre o marketing de relacionamento, marketing interno, marketing integrado e o 
marketing socialmente responsável para criação de valor. 
 
 
 
Explicação: 
O processo de transição das corporações para a adoção de uma postura socioambiental responsável 
manifestou-se a partir do desejo de fortalecimento da marca, da imagem, da necessidade de fidelizar os 
clientes, de atrair investidores e até mesmo de obter concessões de dedução fiscais. (MELO NETO e 
FRÓES, 1999). Com a emergência de distintos paradigmas mercadológicos, se torna necessário o 
desenvolvimento de novos conceitos de marketing. 
O marketing ecológico é definido por Philip Kotler (2011b, p. 700) como uma espécie de combinação 
entre o marketing de relacionamento, marketing interno, marketing integrado e o marketing socialmente 
responsável para criação de valor. 
 
 
 
1. 
 
Tomando por base o contexto a seguir indique a afirmativa 
correta. 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
O LEED tem quatro tipologias que consideram as diferentes 
necessidades para cada tipo de empreendimento. Para cada 
tipologia, o GBC oferece um referencial técnico (manual) 
contendo as categorias de avaliação na forma de 
um checklist que possibilita identificar as estratégias 
projetuais sustentáveis utilizadas na edificação ou no bairro 
. A partir das categorias atendidas, é possível verificar a 
quantidade de pontos obtidos nas áreas analisadas. Entre os 
critérios de avaliação temos o MPR - minimum program 
requirements. 
 
 
Este conjunto de critérios compõe os requisitos mínimospara obter o selo de certificação. Eles 
estão relacionados ao atendimento do projeto à legislação vigente que envolva o meio ambiente 
nas esferas municipal, estadual e federal, como Códigos de Obras e Lei de Zoneamento. 
 
 
Este grupo define pontos tanto para estratégias durante a implantação do empreendimento 
(obra) quanto para problemáticas das grandes cidades, como mobilidade urbana e das ilhas de 
calor, sempre visando ao terreno e seu entorno. 
 
 
Valoriza iniciativas para o uso eficiente e racional da água, com foco na redução do consumo de 
água potável. 
 
 
Premia a eficiência energética do projeto. 
 
 
Neste grupo, a utilização de materiais de baixo impacto ambiental e redução da geração de 
resíduos são incentivados. 
 
 
 
Explicação: 
O LEED tem quatro tipologias que consideram as diferentes necessidades para cada tipo de 
empreendimento. Para cada tipologia, o GBC oferece um referencial técnico (manual) contendo as 
categorias de avaliação na forma de um checklist que possibilita identificar as estratégias projetuais 
sustentáveis utilizadas na edificação ou no bairro . A partir das categorias atendidas, é possível verificar a 
quantidade de pontos obtidos nas áreas analisadas. Entre os critérios de avaliação temos o MPR - 
minimum program requirements. Este conjunto de critérios compõe os requisitos mínimos para obter o 
selo de certificação. Eles estão relacionados ao atendimento do projeto à legislação vigente que envolva 
o meio ambiente nas esferas municipal, estadual e federal, como Códigos de Obras e Lei de Zoneamento. 
 
 
 
 
 
 
2. 
 
 
Considere o texto a seguir para assinalar a afirmativa correta. 
A certificação internacional LEED possui sete dimensões a serem 
avaliadas nas edificações. Todas elas com pré-requisitos (práticas 
obrigatórias) e créditos, recomendações que, quando atendidas, 
garantem pontos à edificação. O nível da certificação é definido 
conforme a quantidade de pontos adquiridos, podendo variar de: 
 
 
50 pontos, nível silver a 80 pontos, nível platinum. 
 
 
40 pontos, nível silver a 80 pontos, nível platina. 
 
 
50 pontos, nível silver a 110 pontos, nível platina. 
 
 
40 pontos, nível certificado a 110 pontos, nível platina. 
 
 
30 pontos, nível certificado a 80 pontos, nível gold. 
 
 
 
Explicação: 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
A certificação internacional LEED possui sete dimensões a serem avaliadas nas edificações. Todas elas 
com pré-requisitos (práticas obrigatórias) e créditos, recomendações que, quando atendidas, garantem 
pontos à edificação. 
 
O nível da certificação é definido conforme a quantidade de pontos adquiridos, podendo variar de 40 
pontos, nível certificado a 110 pontos, nível platina. 
 
 
 
 
 
3. 
 
 
Considere o texto a seguir para indicar a afirmativa falsa. 
A certificação internacional LEED possui sete dimensões a serem 
avaliadas nas edificações. Todas elas com pré-requisitos (práticas 
obrigatórias) e créditos, recomendações que, quando atendidas, 
garantem pontos à edificação. O nível da certificação é definido 
conforme a quantidade de pontos adquiridos, podendo variar de 40 
pontos, nível certificado a 110 pontos, nível platina. O LEED tem 
quatro tipologias que consideram as diferentes necessidades para 
cada tipo de empreendimento, por exemplo: 
 
 
Bairros. 
 
 
Novas tecnologias. 
 
 
Edifícios existentes. 
 
 
Exteriores. 
 
 
Design de interiores. 
 
 
 
Explicação: 
A certificação internacional LEED possui sete dimensões a serem avaliadas nas edificações. Todas elas com 
pré-requisitos (práticas obrigatórias) e créditos, recomendações que, quando atendidas, garantem pontos 
à edificação. O nível da certificação é definido conforme a quantidade de pontos adquiridos, podendo variar 
de 40 pontos, nível certificado a 110 pontos, nível platina. O LEED tem quatro tipologias que consideram 
as diferentes necessidades para cada tipo de empreendimento, são elas: novas tecnologias, design de 
interiores, edifícios existentes e bairros. 
 
 
 
 
 
4. 
 
 
Sobre sistemas passivos de energia é correto afirmar: 
 
 
 
Iluminação natural não consiste em um sistema passivo de energia, pois apresenta variações de 
acordo com a latitude. 
 
 
O aquecimento da água através de placas solares é um exemplo de sistema passivo de energia. 
 
 
Soluções adotadas durante do projeto de arquitetura sem levar em consideração a eficiência 
energética da edificação. 
 
 
 
A iluminação natural através de aberturas na construção que reduzem o consumo energético. 
 
 
A instalação de paineis fotovoltaicos especificados no processo construtivo, com o objetivo 
reduzir o custo de energia com abastecimento convencional. 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
 
 
Explicação: 
Sistema passivo é aquele que não apresenta nenhum dispositivo eletro-mecânico para recircular o calor. 
Sendo assim, sistemas aplicados ao porcesso de produção de energia, serão sistemas ativos. 
 
 
 
 
 
5. 
 
 
Dentro do âmbito do sistema de certificação de construções LEED, 
as seguintes posturas podem ser consideradas positivas, com 
exceção de: 
 
 
Remediação de áreas contaminadas, como por exemplo a descontaminação de terrenos 
industriais. 
 
 
Minimização de espaços abertos. 
 
 
Sistemas de prevenção da poluição durante as atividades ligadas a construção. 
 
 
Redução da poluição luminosa. 
 
 
Redução de áreas de estacionamento para veículos automotores. 
 
 
 
Explicação: 
O LEED, de fato, incentiva a maximização dos espaços abertos como praças e terraços. 
 
 
 
 
 
6. 
 
 
O US Green Building Council (USGBC), instituição financiada pelo 
National Institute of Standards and Technology (NIST), iniciou nos 
Estados Unidos, em 1994, um programa para desenvolvimento de 
práticas de projeto e construção ambientalmente responsáveis. 
Sobre estas bases, foi desenvolvido o sistema de classificação e 
certificação ambiental LEED, um método de fácil aplicação e 
verificação, voltado aos profissionais e a indústria de construção 
norte americana. Analisando as assertivas a seguir, qual não pode 
ser relacionada ao LEED? 
 
 
 
 
No LEED, o desempenho ambiental do edifício é avaliado de forma global, ao longo de todo o 
ciclo de vida da construção. 
 
 
O LEED atua hoje em mais de 160 países, sendo um sistema de certificação que incentiva projeto, 
obra e operação dos edifícios com foco em atuações sustentáveis. 
 
 
O LEED começa os processos de certificação em 1996, que são inicialmente voltados para edifícios 
comerciais. 
 
 
 
O LEED possui normas e classificações próprias, não seguindo organismos normativos já 
existentes e de credibilidade reconhecida. 
 
 
O acrônimo LEED significa Leadership in Energy and Environmental Design. 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
 
 
Explicação: 
De fato, uma das principais características do Leed é a de se pautar em normas de organismos e 
entidades reconhecidas internacionalmente como ASHRAE, ASTM e EPA. 
 
 
 
 
 
7. 
 
 
O processo de avaliação do LEED se resume, de forma bastante 
simplificada, por pontuar dentro de quatro tipologias específicas. De 
acordo com a tipologia na qual o projeto se encaixa, o US Green 
Building Council (USGBC) define as categorias e os sistemas de 
pontuação, fornecendo um manual com os itens a serem 
verificados. Abaixo apresentamos, de forma um pouco mais 
específica, assertivas relacionadas a esse processo de pontuação. 
Indique qual assertiva não se relaciona com o sistema LEED. 
 
 
US Green Building Council (USGBC) obriga o empreendedor a apresentar uma pontuação mínima 
em cada categoria de análise. Dessa forma, nenhum aspecto do edifício se apresenta muito 
prejudicado na suarelação com o meio ambiente. 
 
 
As tipologias pré-definidas no sistema LEED são: novas tecnologias, design de interiores, 
edifícios existentes e bairros. 
 
 
A categoria MR (Materiais e Recursos) busca o uso de materiais de baixo impacto ambiental e a 
redução da geração de resíduos. Desse modo são incentivados a utilização de madeira 
certificada, a gestão de resíduos da construção, a coleta seletiva de materiais recicláveis e o 
reuso de materiais. 
 
 
A certificação LEED pode somar no máximo 110 pontos. Para se obter a certificação, o mínimo de 
pontos necessários é de 40 pontos. Para se obter o selo LEED Platinum é necessário somar 80 
pontos ou mais dos 110 possíveis. 
 
 
A categoria WE (Eficiência do Uso da Água) coloca seu foco na redução do consumo de água 
potável, incentivando soluções como aproveitamento das águas das chuvas e otimização do uso 
da água no paisagismo. 
 
 
 
Explicação: 
De fato, esse é um dos aspectos mais criticados da certificação LEED. Uma vez que a certificação é o 
resultado de um somatório de pontos, áreas completas podem ser abandonadas ambientalmente, e ainda 
assim, a construção alcançar a certificação. 
1. 
 
 
Leia atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa indevida. 
No AQUA, o Sistema de Gestão do Empreendimento - SGE atua controlando as fases programa, 
concepção e realização avaliando o sistema de gestão ambiental implantado pelo empreendedor por 
meio de auditorias presenciais realizadas por profissionais da Fundação Carlos Alberto Vanzolini - 
FCAV, na presença do empreendedor e no local do edifício. O SGE é mensurado pela análise 
de documentos que demonstram o comprometimento do empreendedor, dentre os quais podemos 
destacar: 
 
 
Verificação do local do empreendimento; 
 
 
Manual de intervenções pré-entrega; 
 
 
Contratos de execução; 
 
 
Documentos de concepção; 
 
 
Programa de necessidades; 
 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
 
Explicação: 
O Sistema de Gestão do Empreendimento - SGE atua controlando as fases programa, concepção e 
realização avaliando o sistema de gestão ambiental implantado pelo empreendedor por meio de 
auditorias presenciais realizadas por profissionais da Fundação Carlos Alberto Vanzolini - FCAV, na 
presença do empreendedor e no local do edifício. O SGE é mensurado pela análise dos documentos que 
demonstram o comprometimento do empreendedor: Verificação do local do empreendimento; Programa 
de necessidades; Documentos de concepção; Contratos de execução; Manual de intervenções pós-
entrega; Manual de conservação, de manutenção ou agenda de conservação e Manual de uso e operação 
do edifício. 
 
 
 
 
 
2. 
 
 
Leia atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa indevida. 
A metodologia da certificação Alta Qualidade Ambiental (AQUA) é 
estruturada em dois pilares: o sistema de gestão do 
empreendimento (SGE) e qualidade ambiental do 
empreendimento (QAE). São categorias avaliadas na QAE: 
 
 
Gestão do solo. 
 
 
Gestão dos resíduos de uso e operação. 
 
 
Relação do edifício com o seu entorno. 
 
 
 
Qualidade sanitária dos ambientes. 
 
 
 
Conforto olfativo. 
 
 
 
 
Explicação: 
A metodologia da certificação Alta Qualidade Ambiental (AQUA) é estruturada em dois pilares: o sistema 
de gestão do empreendimento (SGE) e qualidade ambiental do empreendimento (QAE). São as seguintes 
as categorias avaliadas na QAE: 
1. Relação do edifício com o seu entorno; 
2. Escolha integrada de produtos, sistemas e processos construtivos; 
3. Canteiro de obras com baixo impacto ambiental 
4. Gestão da energia; 
5. Gestão da água; 
6. Gestão dos resíduos de uso e operação do edifício; 
7. Manutenção - permanência do de desempenho ambiental. 
8. Conforto higrotérmico; 
9. Conforto acústico; 
10. Conforto visual; 
11. Conforto olfativo. 
12. Qualidade sanitária dos ambientes; 
13. Qualidade sanitária do ar; 
14. Qualidade sanitária da água. 
 
 
 
 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
3. 
 
 
O sistema de certificação de edificações AQUA - Alta Qualidade 
Ambiental foi estabelecido tendo como base o sistema francês 
HQE - Haute Qualité Environnementale, e é aplicado no Brasil 
exclusivamente pela Fundação Vanzolini, que funciona como órgão 
verificador. Em relação a estrutura do sistema AQUA-HQE, 
podemos afirmar: 
 
 
Se baseia unicamente na avaliação do Sistema de Gestão da Construção, não considerando nem 
o impacto ambiental do conjunto construído, nem as condições pós ocupação. 
 
 
Possui diversas unidades certificadoras no Brasil que trabalham de acordo com as normas 
estabelecidas pela HQE na França. 
 
 
Tem como foco exclusivo o impacto ambiental do edifício e suas avaliações pós-ocupação que 
podem diminuir o grau alcançado ou mesmo retirar a certificação AQUA. 
 
 
Se caracteriza pelo envio das documentações do edifício a unidade certificadora, que após 
análise do material, classifica a construção em uma escala de zero a dez. 
 
 
Se baseia em dois instrumentos de avaliação de desempenho da edificação que são 
considerados em paralelo: o SGE (sistema de gestão do empreendimento) e o QAE (qualidade 
ambiental do edifício). 
 
 
 
Explicação: 
A opção (b) não está correta: deve se basear também no QAE. A opção (c) não está correta: o AQUA não 
afere pós-ocupação. A opção (d) não está correta: o AQUA não certifica unicamente por análise de 
documento, nem trabalha com uma escala de zero a dez. Aopção (e) não está correta: o AQUA-HQE só 
possui uma unidade certificadora no Brasil que é a Fundação Vanzolini. 
 
 
 
 
 
4. 
 
 
Especificamente durante o Sistema de Gestão do Empreendimento 
(SGE), que ocorre dentro do processo de certificação AQUA, 
diversos procedimentos devem ser observados. Aponte entre as 
assertivas abaixo, qual NÃO corresponde a esse processo. 
 
 
O programa de necessidades, o documento de concepção, os contratos de execução e o Manual 
de Intervenções pós-entrega são alguns dos documentos verificados e analisados pelos 
avaliadores da entidade certificadora responsável 
 
 
A instituição certificadora pode fazer suas avaliações tanto por auditorias locais, como 
exclusivamente por análise de documentação enviadas para sua sede. 
 
 
 
O SGE atua controlando as fases programa, concepção e realização, avaliando o sistema de 
gestão implantado pelo empreendedor. 
 
 
De acordo com a metodologia AQUA, o empreendedor deve gerenciar suas próprias funções 
internas, seus projetistas, construtores e demais fornecedores com o objetivo de reduzir o impacto 
ambiental de seus empreendimentos e de assegurar o conforto e a saúde das pessoas por eles 
afetadas. 
 
 
Os processos de auditoria feitos pela instituição certificadora no local, desempenham a função 
de avaliar, e também como ferramenta de correção de etapas ainda em andamento. 
 
 
 
Explicação: 
De acordo com o processo de certificação AQUA, é necessário que sempre ocorra auditorias nos locais 
dos empreendimentos, não sendo possível uma certificação somente por análise documental. 
 
 
 
 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
5. 
 
 
Incorporado à certificação AQUA, os processos que regulam a 
Qualidade Ambiental do Edifício (QAE), dizem respeito a quatro 
grandes áreas: Ecoconstrução, Ecogestão, Conforto e a Área de 
Saúde. Em relação ao QAE e as suas áreas, não seria correto 
afirmar que: 
 
 
 
As quatro grandes áreas se dividem em 14 categorias distintas. 
 
 
A área referente a Conforto é composta pelas categorias: Conforto higrotérmico, Conforto 
acústico, Conforto olfativo e Qualidade sanitária do ar. 
 
 
A área referente a Ecogestão, compreende as categorias de Gestão de Energia, Gestão de Água, 
Gestão de Resíduos de Uso e Operaçãodos Edifícios e Manutenção. 
 
 
As categorias podem se dividir ainda em subcategorias de análise. 
 
 
Cada categoria é avaliada nos níveis Excelente, Superior ou Bom, sendo necessário, para 
receber a certificação, que o edifício alcance pelo menos três resultados Excelentes, quatro 
resultados Superiores e no máximo sete resultados Bons. 
 
 
 
Explicação: 
A categoria de Qualidade Sanitária do Ar está incorporada na área de Saúde, não da área de Conforto. 
 
 
 
 
 
6. 
 
 
Leia atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa indevida. 
No AQUA o Sistema de Gestão do Empreendimento - SGE atua 
controlando as fases programa, concepção e realização avaliando 
o sistema de gestão ambiental implantado pelo empreendedor por 
meio de auditorias presenciais realizadas por profissionais da 
Fundação Carlos Alberto Vanzolini - FCAV, na presença do 
empreendedor e no local do edifício. O SGE avalia além do 
comprometimento do empreendedor os seguintes fatores: 
 
 
Implantação e o funcionamento da estrutura organizacional; 
 
 
Comunicação e Planejamento. 
 
 
Competência dos envolvidos; 
 
 
Formação dos envolvidos; 
 
 
Documentos de concepção; 
 
 
 
Explicação: 
O Sistema de Gestão do Empreendimento - SGE atua controlando as fases programa, concepção e 
realização avaliando o sistema de gestão ambiental implantado pelo empreendedor por meio de auditorias 
presenciais realizadas por profissionais da Fundação Carlos Alberto Vanzolini - FCAV, na presença do 
empreendedor e no local do edifício. O SGE avalia além do comprometimento do empreendedor os 
seguintes fatores: Implantação e o funcionamento da estrutura organizacional; Competência dos 
envolvidos; Documentos de concepção; Comunicação e Planejamento. 
 
 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
1. 
 
 
Leia atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa 
indevida. 
Abertura é toda e qualquer parte da fachada cujo material é 
transparente ou translúcido, permitindo a passagem de luz 
e/ou radiação solar direta e/ou indireta para o interior da 
edificação (PROCEL, 2009). Suas arestas podem estar em 
contato com materiais opacos, transparentes ou 
translúcidos. Não são aberturas: 
 
 
Pórticos; 
 
 
Vãos descobertos; 
 
 
Janelas de vidro; 
 
 
Varandas e Sacadas. 
 
 
Cobogós; 
 
 
 
Explicação: 
Abertura é toda e qualquer parte da fachada cujo material é transparente ou translúcido, permitindo a 
passagem de luz e/ou radiação solar direta e/ou indireta para o interior da edificação. (PROCEL, 
2009). Suas arestas podem estar em contato com materiais opacos, transparentes ou translúcidos. Não 
são aberturas: Pórticos; Vãos descobertos; Cobogós; Varandas e Sacadas. 
 
 
 
 
 
2. 
 
 
Sobre o Selo Procel de Economia de Energia, ou 
simplesmente Selo Procel, que foi instituído por meio do Decreto 
Presidencial de 08 de dezembro de 1993, é possível afirmar que 
estão corretas as afirmativas, exceto; 
 
 
 
 
 
Quando a principal informação é a eficiência energética do produto, por exemplo, ela se chama 
Etiqueta Nacional de Conservação de Energia, e classifica os produtos em faixas coloridas que 
variam da menos eficiente (A) à mais eficiente (de C até G, dependendo do produto), além de 
fornecer outras informações relevantes. 
 
 
Tem como finalidade ser uma ferramenta simples e eficaz que permite ao consumidor conhecer, 
entre os equipamentos e eletrodomésticos à disposição no mercado, os mais eficientes e que 
consomem menos energia. 
 
 
Cada equipamento candidato ao Selo deve ser submetido a ensaios em laboratórios indicados 
pela Eletrobras. Apenas os produtos que atingem esses índices são contemplados com o Selo 
Procel. 
 
 
A partir de sua criação, foram firmadas parcerias junto ao Inmetro, a agentes como associações 
de fabricantes, pesquisadores de universidades e laboratórios, com o objetivo de estimular a 
disponibilidade, no mercado brasileiro, de equipamentos cada vez mais eficientes. 
 
 
É um produto desenvolvido e concedido pelo Programa Nacional de Conservação de Energia 
Elétrica (Procel), coordenado pelo Ministério de Minas e Energia e executado pela Eletrobrás. 
 
 
 
Explicação: 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
As classificações dos produtos em faixas coloridas vão de (A) equipamento mais eficiente até (G) 
equipamneto menos eficiente, etiquetados de acordo com sua categoria. 
 
 
 
 
 
3. 
 
 
Leia atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa indevida. 
Abertura é toda e qualquer parte da fachada cujo material é 
transparente ou translúcido, permitindo a passagem de luz e/ou 
radiação solar direta e/ou indireta para o interior da edificação. 
(PROCEL, 2009). Suas arestas podem estar em contato com 
materiais opacos, transparentes ou translúcidos. As seguintes 
situações não são consideradas aberturas no RTQ: 
 
 
Qualquer vão que esteja descoberto e/ou sem nenhum tipo de fechamento (como em pórticos); 
 
 
Sacadas ou varandas. 
 
 
Um vão total ou parcialmente fechado com um material opaco, sem a presença de material 
transparente ou translúcido; 
 
 
Vãos sem qualquer tipo de fechamento. 
 
 
Vãos fechados com placas de policarbonato. 
 
 
 
Explicação: 
Abertura é toda e qualquer parte da fachada cujo material é transparente ou translúcido, permitindo a 
passagem de luz e/ou radiação solar direta e/ou indireta para o interior da edificação. (PROCEL, 
2009). Suas arestas podem estar em contato com materiais opacos, transparentes ou translúcidos. As 
seguintes situações não são consideradas aberturas no RTQ: Qualquer vão que esteja descoberto e/ou 
sem nenhum tipo de fechamento (como em pórticos); Um vão total ou parcialmente fechado com um 
material opaco, sem a presença de material transparente ou translúcido; Vãos sem qualquer tipo de 
fechamento e Sacadas ou varandas. 
 
 
 
 
 
4. 
 
 
Leia atentamente o texto a seguir e assinale a alternativa correta. 
O Selo Procel Eletrobrás, também conhecido como Regulamento 
Técnico da Qualidade (RTQ), desde 2008 passou a ser utilizado 
em edificações. As avaliações podem ocorrer por dois métodos o 
prescritivo e o de simulações. Com relação ao método de 
simulações é possível afirmar. 
 
 
Por meio de equações é obtida uma pontuação que indica o nível de eficiência parcial do sistema 
e total do edifício. 
 
 
Por meio de equações e parâmetros limites, é obtida uma pontuação que indica o nível de 
eficiência parcial do sistema e total do edifício. 
 
 
A partir de softwares o desempenho térmico do edifício é comparado com outros edifícios 
referenciais, de acordo com o nível de eficiência. 
 
 
Pormeio de equações, tabelas e parâmetros limites, é obtida uma pontuação que indica o nível 
de eficiência parcial do sistema e total do edifício. 
 
 
Por meio de tabelas e parâmetros limites, é obtida uma pontuação que indica o nível de 
eficiência parcial do sistema e total do edifício. 
 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
 
Explicação: 
O Selo Procel Eletrobrás, também conhecido como Regulamento Técnico da Qualidade (RTQ), desde 2008 
passou a ser utilizado em edificações. As avaliações podem ocorrer por dois métodos o prescritivo e o de 
simulações. No método de simulações a partir de softwares o desempenho térmico do edifício é 
comparado com outros edifícios referenciais, de acordo com o nível de eficiência. 
 
 
 
1. 
 
 
Com relação à eficiência energética em edifícios, está correto o 
que se afirma em: 
I. Coletores solares para geração de calor para o aquecimento de 
água. 
II. Escolha correta dos materiais de construção opacos e 
translúcidos em função da forma. 
III. Gerenciamento dos elevadoresI, II e III. 
 
 
 I e III. 
 
 
II e III 
 
 
Somente a I. 
 
 
 I e II. 
 
 
 
Explicação: 
É importante ressaltar que as exigências de conforto térmico relacionam-se diretamente ao desempenho 
energético da edificação, sendo que o projeto arquitetônico deve atender a requisitos de conforto 
inerentes aos indivíduos, de modo a garantir a saúde e o bom desenvolvimento das atividades 
executadas nos ambientes edificados com baixo consumo de energia. (AsBEA, 2012) 
 
Dentre as opções relacionadas à gestão de energia estão: 
Painéis solares térmicos para o aquecimento de água e/ou calefação de ambientes, painéis solares 
fotovoltaicos para produção de eletricidade. 
Escolha correta dos materiais de construção opacos e translúcidos em função da forma. 
Gerenciamento dos elevadores 
 
 
 
 
 
 
 
2. 
 
Pretende-se implantar medidas de conservação de energia em um 
edifício de escritórios, com funcionamento diurno, cujos ambientes 
são dotados de sistema de climatização artificial por meio de 
aparelhos convencionais de ar condicionado do tipo split. Pelas 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
características do clima local, o sistema funciona somente para 
refrigeração. São medidas a serem consideradas, dentre outras, 
 
 
a proteção de aberturas contra a incidência de radiação solar direta e a renovação do ar. 
 
 
a redução da velocidade do ar internamente aos ambientes e a redução do emprego de materiais com 
elevada inércia térmica. 
 
 
o aumento da ventilação natural dos ambientes e a redução do emprego de materiais com elevada 
inércia térmica. 
 
 
a redução da velocidade do ar internamente aos ambientes e o uso de ventilação mecânica. 
 
 
o aumento da ventilação natural dos ambientes e o uso de energia solar fotovoltaica. 
 
 
 
Explicação: 
a proteção de aberturas contra a incidência de radiação solar direta e a renovação do ar conforme 
recomendado em norma. 
 
 
 
 
 
3. 
 
 
Leia atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa falsa: 
O processo decisório para as especificações de materiais e sistemas 
construtivos passa pelas necessidades de desempenho. Vale 
considerar a norma de desempenho NBR 15.575 que destina um 
capítulo para sistemas construtivos e outro para materiais. Na 
escolha dos materiais, alguns aspectos devem ser considerados, 
por exemplo: 
 
 
Desempenho técnico. 
 
 
Utilização de recursos naturais. 
 
 
Previsão de detalhes de projeto que possam prolongar a vida útil do edifício e suas partes. 
 
 
Adequação ao local de instalação. 
 
 
Durabilidade e análise da vida útil nas condições de uso e manutenção esperadas. 
 
 
 
Explicação: 
O processo decisório para as especificações de materiais e sistemas construtivos passa pelas necessidades 
de desempenho. Vale considerar a norma de desempenho NBR 15.575 que destina um capítulo para 
sistemas construtivos e outro para materiais. Na escolha dos materiais, alguns aspectos devem ser 
considerados, por exemplo: Desempenho técnico, Adequação ao local de instalação, Durabilidade e análise 
da vida útil nas condições de uso e manutenção esperadas, Previsão de detalhes de projeto que possam 
prolongar a vida útil do edifício e suas partes, Redução da geração de resíduos utilizando, por exemplo, 
elementos/ sistemas construtivos modulares e pré-fabricados, Utilização de recursos naturais 
renováveis, Minimização de emissões de gases de efeito estufa, Uso de recursos locais e Facilidade de 
reuso ou reciclagem após sua vida útil. 
 
 
 
 
 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
4. 
 
 
Leia atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa falsa: 
O processo decisório para as especificações de materiais e 
sistemas construtivos passa pelas necessidades de 
desempenho. Vale considerar a norma de desempenho NBR 
15.575 que destina um capítulo para sistemas construtivos e outro 
para materiais. Na escolha dos materiais, alguns aspectos devem 
ser considerados, por exemplo: 
 
 
Uso de recursos locais. 
 
 
Adequação do local para a instalação. 
 
 
Minimização de emissões de gases de efeito estufa. 
 
 
Redução da geração de resíduos utilizando, por exemplo, elementos/ sistemas construtivos 
modulares e pré-fabricados. 
 
 
Utilização de recursos naturais renováveis. 
 
 
 
Explicação: 
O processo decisório para as especificações de materiais e sistemas construtivos passa pelas necessidades 
de desempenho. Vale considerar a norma de desempenho NBR 15.575 que destina um capítulo para 
sistemas construtivos e outro para materiais. Na escolha dos materiais, alguns aspectos devem ser 
considerados, por exemplo: Desempenho técnico, Adequação ao local de instalação, Durabilidade e análise 
da vida útil nas condições de uso e manutenção esperadas, Previsão de detalhes de projeto que possam 
prolongar a vida útil do edifício e suas partes, Redução da geração de resíduos utilizando, por exemplo, 
elementos/ sistemas construtivos modulares e pré-fabricados, Utilização de recursos naturais 
renováveis, Minimização de emissões de gases de efeito estufa, Uso de recursos locais e Facilidade de 
reuso ou reciclagem após sua vida útil. 
 
 
 
 
 
5. 
 
 
Na análise do local e dos estudos de implantação, alguns fatores 
podem ser considerados. Em relação ao clima (dados/informações) 
assinale a afirmativa indevida. 
 
 
Temperaturas mensais máximas, mínimas e médias do ar 
 
 
Carta solar. 
 
 
Direção, frequência e velocidade dos ventos dominantes. 
 
 
Umidade relativa do ar (variação mensal e média anual). 
 
 
Zona bioclimática e altitude. 
 
 
 
Explicação: 
Na análise do local e dos estudos de implantação, alguns fatores podem ser considerados. Em relação ao 
clima (dados/informações), temos: 
Zona bioclimática e altitude; 
Temperaturas mensais máximas, mínimas e médias do ar; 
Umidade relativa do ar (variação mensal e média anual); 
Direção, frequência e velocidade dos ventos dominantes. 
 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
 
 
 
6. 
 
 
A concepção do uso da água em um empreendimento deve 
considerar uma avaliação sistêmica do impacto gerado no entorno 
quanto da implantação do empreendimento. Com relação à gestão 
da água nos projetos de Arquitetura, assinale a afirmativa 
indevida. 
 
 
Sistema de setorização do consumo de água e utilização de medidores individuais de consumo. 
 
 
Bacias sanitárias com volume de descarga inferior a 3,8 litros e sistema triplo de acionamento 
de descarga ou interrompíveis. 
 
 
Reuso da água da chuva para lavagem de calçadas, piscinas e regar jardim. 
 
 
Desenvolvimento de projeto arquitetônico que viabilize a instalação de dispositivos hidráulicos 
que reduzam o consumo, bem como controlem vazões e pressões, tais como torneiras e 
chuveiros com restritores de vazão, registros reguladores de vazão, torneiras com arejadores. 
 
 
Bacias sanitárias com volume de descarga inferior a 6,8 litros e sistema de duplo acionamento 
de descarga ou interrompíveis. 
 
 
 
Explicação: 
A concepção do uso da água em um empreendimento deve considerar uma avaliação sistêmica do 
impacto gerado no entorno quanto da implantação do empreendimento. Com relação à gestão da água 
nos projetos de Arquitetura, a afirmativa indevida é a seguinte: Bacias sanitárias com volume de descarga 
inferior a 3,8 litros e sistema triplo de acionamento de descarga ou interrompíveis. 
 
 
 
1. 
 
 
Leia atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa falsa. 
Todos os atores do planejamento territorial devem ser 
mobilizados no sentido de que os empreendimentos realizados 
sejam integrados a seus territórios, com impactos os mais 
controlados possíveis sobre o meio ambiente e a sociedade, 
focando no desenvolvimento econômico e social. Estratégias

Continue navegando

Outros materiais