A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Visão

Pré-visualização | Página 1 de 1

. 
 
Visão 
 
1. Observe o que acontece com o diâmetro pupilar 
em ambientes claros e em ambientes com pouca luz. 
Agora, em um ambiente com luz intermediária, 
pegue um objeto, mantenha na altura dos olhos da 
pessoa testada, a aproximadamente 50 cm de 
distância. Aproxime lentamente dos olhos da pessoa, 
observando o que acontece com o diâmetro pupilar 
à medida que você aproxima o objeto. Aproxime até 
que a pessoa indique que perdeu o foco. Esta 
distância é chamada de ponto próximo da 
acomodação. 
Pergunta 1. Explique o que aconteceu com o 
diâmetro pupilar ao aproximar o objeto e por que 
isso aconteceu. 
Você acha que este ponto próximo da acomodação 
é menor (mais próximo do rosto) em míopes ou 
hipermetropes? Explique. 
O diâmetro da pupila reduziu ao aproximar o 
objeto do olho, isso acontece devido contrição 
da pupila para aumentar o foco no objeto e 
consequentemente sua nitidez. 
Em pessoas míopes o ponto de acomodação é 
menor enquanto em pessoas hipermetropes é 
maior, visto que pessoas com miopia apresentam 
um diâmetro ocular anteroposterior muito 
longo, em vez de muito curto, os raios paralelos 
convergem para um ponto antes da retina e 
pessoas com hipermetropia apresentam um 
diâmetro ocular anteroposterior muito pequeno, 
sem acomodação, os raios luminosos paralelos 
são focalizados em algum ponto atrás da retina. 
2. Numa situação semelhante ao que o Felipe 
descreveu no vídeo, sobre o ponto cego, observe a 
imagem abaixo. Feche seu olho direito e fixe o olho 
esquerdo no símbolo + . Aproxime-se e afasta-se 
lentamente da tela, sempre com o foco no + . 
Pergunta 2. Explique por que acontece o 
fenômeno do ponto cego. Neste caso, a grade 
perfurada foi "preenchida". Por que você acha 
que isto ocorreu? 
O ponto cego ocorre devido a um grande 
buraco na retina, em que consiste na região por 
onde os axônios do nervo óptico deixam o olho 
e os vasos sanguíneos entram na retina essa 
região é denominada de papila óptica, sendo ela 
completamente desprovida de fotorreceptores. 
Igualmente, os vasos sanguíneos que cruzam a 
retina são opacos e impedem que a luz incida 
sobre os fotorreceptores abaixo deles. 
A grade perfurada foi preenchida porque há 
mecanismos no córtex visual que, 
aparentemente, “preenchem” essas regiões 
lacunosas.