A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
História do Brasil Colonial Prova I e II (HIS29)

Pré-visualização | Página 1 de 3

Acadêmico:
	Iriane da Luz dos Santos Rocha (2533871)
	
	Disciplina:
	História do Brasil Colonial (HIS29)
	Avaliação:
	Avaliação I - Individual FLEX ( Cod.:649304) ( peso.:1,50)
	Prova:
	24181889
	Nota da Prova:
	10,00
	
	
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada  
Parte superior do formulário
	1.
	De 1500 a 1531, com a chegada de Martim Afonso de Sousa, incumbido de cumprir uma "missão civilizadora", o Brasil foi deixado à margem das rotas comerciais marítimas de Portugal. Estes anos são chamados de anos esquecidos, em função desse relativo abandono. Sobre esse período de 1500, data do descobrimento, até a 1531, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Neste período, Portugal deu prioridade ao intenso e muito lucrativo comércio com o oriente.
(    ) Neste período, a mais importante atividade econômica foi a plantação de cana de açúcar.
(    ) Neste período, o grande excedente populacional foi enviado para o cultivo do pau-brasil.  
(    ) Neste período, mesmo encontrando grande quantidade de metais preciosos, Portugal investe no comércio lucrativo dos produtos do sertão do Brasil.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - V - V - F.
	 b)
	V - F - V - F.
	 c)
	V - F - F - F.
	 d)
	F - F - V - V.
	2.
	A complexidade da expansão marítima dos séculos XV e XVI marca profundamente a entrada na dita História Moderna, marca do espírito renascentista de curiosidade e investigação, entrelaçado com interesse políticos e econômicos. Por vários fatores, Portugal foi pioneiro nesse processo. Sobre o pioneirismo de Portugal na expansão marítima, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) A unificação e a centralização do estado português dificultaram a Expansão marítima portuguesa.
(    ) A posição geográfica foi um fator facilitador das Grandes Navegações oceânicas
(    ) A expansão marítima portuguesa beneficiava somente os interesses das classes dominantes, já as classes populares viam sérios risco na emigração.
(    ) A caravela representou um avanço na tecnologia de navegação, propiciando viajar longas distâncias em mares desconhecidos e com ventos desfavoráveis.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - V - V - F.
	 b)
	F - F - V - V.
	 c)
	F - V - F - V.
	 d)
	V - F - V - F.
	3.
	A expansão marítima e comercial portuguesa não foi casual, mas muito bem planejada e fruto de um longo processo histórico. Nesse sentido, analise as afirmativas a seguir:
I- Portugal foi o primeiro país europeu a promover sua unificação política e administrativa, sendo um dos primeiros estados modernos do mundo.
II- A instabilidade no território português, em virtude de guerras, propiciou as grandes navegações.
III- O desenvolvimento e a invenção de embarcações e de técnicas de navegação oceânica foram fatores positivos para as navegações.
IV- O contato de Portugal com a cultura islâmica e sua posição geográfica também contribuíram para as grandes navegações.
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As afirmativas II, III e IV estão corretas.
	 b)
	Somente a afirmativa III está correta.
	 c)
	As afirmativas I, III e IV estão corretas.
	 d)
	Somente a afirmativa II está correta.
	4.
	A colonização do Brasil conheceu fases distintas que corresponderam aos interesses de Portugal em relação ao nosso país. Esses interesses foram cambiantes ao longo da História, de acordo com fatores sociopolíticos e econômicos da nação colonizadora. Uma primeira fase, correspondente aos primeiros trinta anos de processo de colonização, é conhecido como o "período pré-colonial". De fato, inicialmente, a colonização do Brasil apresentou-se como um problema para Portugal, país de escassa população e com seus recursos mobilizados pelo comércio com o Oriente. Com relação aos primeiros trinta anos de colonização, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Logo de início foi Portugal atraído para o projeto colonizador, devido às muitas riquezas encontradas no litoral brasileiro, notadamente o Pau-Brasil.
(    ) Os primeiros trinta anos são marcados pelo genocídio sistemático dos indígenas, visando à abertura do território brasileiro para Portugal.
(    ) Inicialmente, Portugal não penetrou no território brasileiro, estabelecendo feitorias na costa para o comércio com os indígenas.
(    ) Os primeiros trinta anos de colonização são marcados pela atuação de náufragos, traficantes e degradados, pessoas marginalizadas em Portugal.
Assinale a alternativa com a sequência CORRETA:
	 a)
	F - F - V - V.
	 b)
	F - V - F - V.
	 c)
	V - F - F - V.
	 d)
	F - V - V - F.
	5.
	A expedição de Vasco da Gama foi a primeira a chegar à Índia, no ano de 1498. Assinale a alternativa que retrata de forma CORRETA a viagem realizada pelo navegador português:
	 a)
	Esta foi uma das mais importantes expedições para Portugal, pois abriria uma rota comercial sem precedentes na história do comércio europeu com o Oriente. Esta expedição também contribuiu significativamente para a solidez do império português.
	 b)
	Esta expedição ficou caracterizada, além da chegada à Índia, pela instalação de várias feitorias na costa oriental do continente africano, onde o navegador Vasco da Gama também descobriu o arquipélago de Cabo Verde e navegou quase 100 quilômetros para o interior do continente através dos rios Senegal e Gâmbia.
	 c)
	Esta expedição foi muito importante, pois o navegador Vasco da Gama, quando voltava da Índia, trouxe da África o primeiro carregamento de escravos, em torno de duzentos. Esse carregamento trouxe otimismo aos portugueses, pois esta carga propiciava um bom lucro aos cofres da Coroa portuguesa.
	 d)
	Esta expedição marcou o início do avanço português sobre o Oceano Atlântico, na medida em que Vasco da Gama, além de chegar até a Índia, descobriu um caminho alternativo para se chegar em Portugal, ou seja, ele fez a circunferência no planeta, partindo do Atlântico e voltando pelo Pacífico para Portugal.
	6.
	A expedição de Pedro Álvares Cabral possui o mérito de ter sido a responsável pelo ?descobrimento? do Brasil. Assim, essa expedição foi um sucesso em todos os aspectos, pois a mesma tomou posse do Brasil e estabeleceu uma base sólida de comércio com a Índia. Nesse sentido, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	A priori, os portugueses visualizaram no Brasil uma imensa possibilidade de desenvolver a lavoura da cana-de-açúcar com a utilização da mão de obra escrava africana, pois este sistema já tinha dado certo na Ilha de São Tomé.
	 b)
	A priori, o Brasil não se transformou em um importante entreposto comercial para os portugueses, pois o que importava naquela época era solidificar as relações comerciais com a Índia.
	 c)
	A priori, os portugueses passaram a vislumbrar no Brasil um potencial econômico de exportação da cana-de-açúcar, pois esta especiaria era muito cara e geraria muito lucro para a Coroa portuguesa.
	 d)
	A priori, o Brasil seria transformado numa extensão da Corte portuguesa, pois era uma terra rica em pau-brasil, ouro e mão de obra indígena. Esta extensão foi concretizada apenas com D. Pedro I, quando o Brasil se tornou oficialmente Reino Unido de Brasil, Portugal e Algarves.
	7.
	As obras ficcionais sobre o período das grandes navegações ultramarinas empreendidas pelas coroas portuguesas e espanholas, em grande parte, contradizem as condições nas quais viviam os marujos das caravelas, naus e galeões que singravam os mares, pois, enquanto os poetas cantavam as glórias das nações ou o cinema retratava as aventuras dos piratas, os marujos viviam a bordo das naus, cercados por dificuldades na faina cotidiana de alto-mar. Sobre as condições de vida dos marujos na época da expansão ultramarina, analise as sentenças a seguir:
I- Escorbuto, doença comum nas embarcações, em geral causada pela falta de ?vitamina C?.
II- Ratos nas embarcações, que eram comuns nas naus quinhentistas, por não serem boas às condições sanitárias de bordo.
III- Boas