BIOSSEGURANÇA NA DERMOPIGMENTAÇÃO
19 pág.

BIOSSEGURANÇA NA DERMOPIGMENTAÇÃO


DisciplinaBiossegurança3.718 materiais14.001 seguidores
Pré-visualização5 páginas
CENTRO INTEGRADO DE TECNOLOGIA E PESQUISA 
FACULDADE NOSSA SENHORA DE LOURDES 
 
 
 
 
 
ROSEMERI CARNEIRO ALVES 
 
 
 
 
 
BIOSSEGURANÇA NA DERMOPIGMENTAÇÃO 
 
 
 
 
 
 
RIO DE JANEIRO \u2013 RJ 
2018
2 
 
ROSEMERI CARNEIRO ALVES 
 
 
 
 
 
 
BIOSSEGURANÇA NA DERMOPIGMENTAÇÃO 
 
 
 
 
 
Artigo apresentado ao Centro Integrado de 
Tecnologia e Pesquisa e à Faculdade Nossa 
Senhora de Lourdes, como um dos requisitos 
para obtenção do título de Especialista em 
Dermopigmentação, sob a orientação dos 
professores Carlos Ovídeo Lopes de Mendonça 
Netto e Marinês Rodrigues Bulbol. 
 
 
 
 
Aprovado em:_____/_____/_________ 
 
 
 
 
 
____________________________________________ 
Orientador Carlos Ovídeo Lopes de Mendonça Neto 
 
 
 
 
__________________________________ 
Orientadora Marinês Rodrigues Bulbol 
 
 
RIO DE JANEIRO - RJ 
2018
3 
 
 
 
Sumário 
 
RESUMO............................................................................................................ 4 
INTRODUÇÃO ................................................................................................... 5 
DESENVOLVIMENTO ....................................................................................... 6 
CONSIDERAÇÕES FINAIS ............................................................................. 17 
REFERÊNCIAS ................................................................................................ 18 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
4 
 
 
BIOSSEGURANÇA NA DERMOPIGMENTAÇÃO 
Rosemeri Carneiro Alves1 
Carlos Ovídeo Lopes de Mendonça Neto2 
Marinês Rodrigues Bulbol3 
 
RESUMO 
A micropigmentação é uma técnica de maquiagem de caráter semipermanente com 
finalidade tanto de embelezamento como de correção, tendo o público feminino como 
principal consumidor. Este procedimento, além de elevar a autoestima devido à beleza 
e naturalidade que causa, também é um interesse de saúde, pois ao ferir a pele para 
implantar pigmento, torna-se um procedimento invasivo, que incluem riscos de 
infecções e contaminações.Os pigmentos utilizados são implantados através de 
agulhas descartáveis conectadas a um aparelho chamado dermógrafo, que faz 
movimentos de perfuração. Pode-se concluir que é o método mais indicado para 
resultados satisfatórios nas irregularidades superciliares. Esses riscos podem ser 
minimizados ou até mesmo eliminados utilizando as práticas de biossegurança que é o 
conjunto de procedimentos voltados para a prevenção e que tem como finalidade a 
proteção e a segurança do profissional e do cliente. 
 
Palavras Chave: Biossegurança, dermopigmentação, sobrancelhas. 
 
ABSTRACT 
Micropigmentation is a semi-permanent makeup technique with both beautification and 
correction purposes, with the female audience as the main consumer. This procedure, 
in addition to raising self-esteem due to the beauty and naturalness it causes, is also a 
health concern, because by hurting the skin to implant pigment, it becomes an invasive 
procedure, which include risks of infections and contaminations. The pigments used 
are implanted through disposable needles connected to an apparatus called a 
dermograph, which performs drilling movements. It can be concluded that it is the most 
indicated method for satisfactory results in the superciliary irregularities. These risks 
can be minimized or even eliminated using biosafety practices, which are the set of 
procedures aimed at prevention and whose purpose is the protection and safety of the 
professional and the client. 
 
Keyword: Biosafety, micropigmentation, eyebrows. 
 
 
 
¹Pós-graduanda em Dermopigmentação \u2013 CINTEP/PB, Graduação: Gestão Imobiliária \u2013 UVA/ \u2013 RJ, Especialista em 
Estética e Cosmetologia - UVA/ \u2013 RJ. 
2 Orientador: Graduado em: Psicologia, Especialista em Educação, Especialista em Políticas Públicas, Especialista em 
Psicopedagogia, Especialista em Ed. Física Escolar, Mestre em Ciências da Educação, Doutorando em Educação 
3 Orientadora: Graduada em Ciências Biológicas \u2013 UFAM/AM,Mestre e Doutora em Biotecnologia Molecular 
UFAM/USP, Especialista em Biotecnologia molecular \u2013 UFAM/AM, Especialista em genética Humana \u2013 UNINILTON 
LINS/AM, Especialista em empreendedorismo e inovação UNILA SALLE - AM, Especialista em Estética e 
Cosmotologia \u2013 FACERRA/AM, Especialista em Tricologia \u2013 FACERRA/AM, Especialista em Pré e Pos em Cirugia 
Plastica FACERRA/AM, Especialista em saúde e estética \u2013 FACERRA/AM, Pós graduanda em 
Dermomicropigmentação \u2013 CINTEP/PA. 
 
5 
 
 
INTRODUÇÃO 
Biossegurança é o conjunto de ações voltadas para a prevenção, 
proteção do trabalhador e cliente, minimizando ou eliminando riscos, visando à 
saúde e qualidade de resultados. O profissional desta área está em contato 
com pessoas, produtos químicos, além de estar sujeito à ação da poluição 
ambiental. Com o crescimento do número de estabelecimentos e profissionais 
que realizam dermpigmentação cresce também a fiscalização sobre este tipo 
de serviço. Hoje os profissionais devem se adequar as legislações sanitárias 
vigentes e seguir as normas de boas práticas para garantir a seus clientes e a 
si mesmo segurança e qualidade, evitando riscos á saúde. 
 A Biossegurança no Brasil teve início na década de 1980. Em 1985 
ocorreu o primeiro curso de biossegurança com enfoque na área da saúde, 
incorporando os riscos periféricos presentes em ambientes laboratoriais, 
classificando \u2013 os como riscos físicos, químicos, fisiológicos, ergonômicos e 
acidentais. Em 1995 foi criada a Comissão Técnica Nacional de 
Biossegurança (CTNBIO) para estabelecer normas às atividades que 
envolvam manipulação, uso, transporte, armazenamento, comercialização, 
consumo, liberação e descarte relacionados a Organismos Geneticamente 
Modificados (OGM\u2019s) em todo o território brasileiro (SCHOLZE, 1999). 
Inspirada na tatuagem, a técnica de dermopigmentação foi 
primeiramente utilizada no Oriente, seguido do Ocidente, onde existem até hoje 
diferenças entre as técnicas de aplicação. É impossível prosseguir sem antes 
conhecer um pouco sobre essa técnica definitiva de pigmentação e ornamento 
do corpo, a tatuagem (MARTINS, 2009). O mais antigo homem achado intacto, 
datado de 5300 a.C. e conhecido como o Homem de Gelo, tinha o corpo 
marcado: tatuagens na região lombar, no joelho esquerdo e no tornozelo 
direito. 
O ato de marcar o corpo data desde os primórdios da civilização 
humana, onde, segundo estudos, os homens acreditavam ser um sinal de 
bravura. Para o mesmo autor, registros de marcações no corpo foram 
realizados pelo historiador Hérodo, pelo explorador Marco Polo e pelo 
6 
 
navegador James Cook, considerado pai da palavra tatoo. Maio relata práticas 
de dermopigmentação desde 8.000 a.C. 
A dermopigmentação é uma técnica que visa o embelezamento e/ou a 
correção de imperfeições ou ainda o aperfeiçoamento de cirurgias plásticas, 
por meio de escarificações feitas por agulhas. A técnica é usada para maquilar 
em caráter definitivo regiões como lábios, aréola mamária; áreas pilosas, como 
couro cabeludo, bigode, cílios, e sobrancelhas e em áreas afetadas por 
alterações discrômicas e cicatrizes da pele como vitiligo, estrias, enxertos e 
queimaduras (MAIO, 2011). 
A Dermopigmentação é um tipo de pigmentação exógena introduzida na 
camada subepidérmica da pele por meio físico (dermógrafo e agulhas, lâminas 
tebori), que visa a correção ou o embelezamento estético (MARTINS, 2009). 
Esta técnica vem sendo utilizada há muito tempo, no entanto, do ponto de vista 
científico pode ser considerada uma técnica nova, uma vez que os estudos 
realizados referentes às técnicas são insuficientes. É uma técnica que deriva 
da tatuagem e tem finalidade de embelezamento ou correção que vem sendo 
utilizada desde 8.000 a.C. O mesmo autor descreve que a técnica consiste na 
introdução de pigmentos na pele, por escarificações feitas através de um 
aparelho chamado dermógrafo que