A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Eixo hipotálamo-hipófise

Pré-visualização | Página 1 de 1

Para mais resumos: gg.gg/ricpassei 
O que é? 
 A hipófise é conhecida como a glândula mestra, por sinalizar os 
mais variados sistemas do corpo pelos seus hormônios. 
 No entanto, a ação da hipófise depende diretamente da 
secreção de hormônios produzidos pelo hipotálamo, formando 
o eixo hipotálamo-hipófise. 
Neuro-hipófise 
 A neuro-hipófise não produz hormônios, sendo especializada 
apenas no armazenamento e na secreção dos neuro-hormônios 
provindos do hipotálamo, que são: o ADH (hormônio 
antidiurético ou vasopressina) e a ocitocina. 
Mecanismo de ação 
 Quando um estímulo atinge o hipotálamo, um sinal elétrico 
passa do corpo celular para o axônio, abrindo canais de cálcio 
dependentes de voltagem. 
 O aumento de cálcio intracelular irá induzir a exocitose das 
vesículas, e os neuro-hormônios são liberados na circulação. 
 ADH 
 O ADH é composto de nove aminoácidos e atua sobre os rins 
para regular o equilíbrio hidroeletrolítico do corpo, embora seja 
possível notar seu papel na regulação da pressão sanguínea 
Mecanismo de ação 
 Ao atingir as células tubulares renais, o ADH se liga aos 
receptores V2, cuja resposta intracelular será uma cascata de 
fosforilação proteica, acarretando na fusão de vesículas 
contendo AQP-2 (aquaporina-2) no domínio tubular da célula. 
 Assim, ocorrerá a maior reabsorção de água nos túbulos renais, 
concentrando a urina e aumentando a volemia. 
 Outro mecanismo é o de vasoconstricção: quando o ADH atinge 
receptores V1 em células musculares lisas endoteliais, causando 
a entrada de cálcio e contração da célula, com consequente 
aumento da pressão sanguínea. 
Ocitocina 
 A ocitocina é composta de nove aminoácidos e atua 
principalmente sobre a musculatura lisa dos seios, bem como na 
expulsão fetal do útero durante o trabalho de parto. 
Mecanismo de ação 
 A sucção estimula mecanorreceptores presentes nos mamilos, 
que irão emitir um sinal para o hipotálamo, causando a secreção 
de ocitocina. 
 A partir da presença de leite – cuja produção é estimulada pela 
prolactina –, a ocitocina se liga ao seu receptor e estimula a 
abertura de canais de cálcio e contração das células musculares 
lisas dos seios, resultando na ejeção de leite. 
 Sua atuação no parto ocorre permitindo a dilatação cervical. 
Adeno-hipófise 
 A produção de hormônios tróficos pela adeno-hipófise depende 
diretamente do estímulo por neuro-hormônios hipotalâmicos. 
TSH 
• Nome: hormônio estimulador da tireoide ou tireotrofina 
• Neuro-hormônio liberador: TRH ou hormônio liberador de 
tireotrofina 
• Local de ação: tireoide 
• Hormônios originados: hormônios tireoidianos (T3 e T4) 
ACTH 
• Nome: hormônio adrenocorticotrófico 
• Neuro-hormônio liberador: CRH ou hormônio liberador de 
corticotrofina 
• Local de ação: córtex da glândula suprarrenal 
• Hormônios originados: cortisol 
GH 
• Nome: hormônio do crescimento ou somatotrofina 
• Neuro-hormônio liberador: GHRH ou hormônio liberador de 
hormônio do crescimento 
• Neuro-hormônio inibidor: somatostatina (SS) ou hormônio 
inibidor do hormônio de crescimento (GHIH) 
• Local de ação: fígado 
• Hormônio originados: fatores de crescimento semelhantes 
à insulina (IGFs) 
Gonadotrofinas (FSH e LH) 
• Nomes: hormônio folículo-estimulante e hormônio 
luteinizante 
• Neuro-hormônio liberador: GnRH ou hormônio liberador de 
gonadotrofinas 
• Local de ação: gônadas 
• Hormônios originados: androgênios em homens; 
estrogênios e progesterona em mulheres 
PRL 
• Nome: prolactina 
• Neuro-hormônio inibidor: dopamina (PIH ou hormônio 
inibidor de prolactina) 
• Local de ação: mamas 
Eixo hipotálamo-hipófise 
No eixo hipotálamo-hipófise, encontramos dois tipos de 
hormônios: 
Neuro-hormônios: produzidos pelo hipotálamo por células 
neuroendócrinas, irão induzir a produção de hormônios 
pela hipófise 
Hormônios tróficos: produzidos pela adeno-hipófise, são 
hormônios estimulantes da produção de outros hormônios 
Não é trófico! 
Para mais resumos: gg.gg/ricpassei 
 
	O que é?
	Neuro-hipófise
	ADH
	Ocitocina
	Adeno-hipófise
	TSH
	ACTH
	GH
	Gonadotrofinas (FSH e LH)
	PRL