A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
20 pág.
TCC-Manifestações Patológicas em Alvenaria Estrutural

Pré-visualização | Página 1 de 5

CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASE 
FUNDAÇÃO EDUCACIONAL ROSEMAR PIMENTEL 
PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ACADÊMICOS 
INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS, DA TERRA E ENGENHARIAS 
CURSO DE ENGENHARIA CIVIL 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
MANIFESTAÇÕES PATOLÓGICAS EM ALVENARIA 
ESTRUTURAL 
 
 
 
Juliana Mendes Dias 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Barra do Piraí, 2018 
 
 
Juliana Mendes Dias 
 
 
 
 
 
MANIFESTAÇÕES PATOLÓGICAS EM ALVENARIA ESTRUTURAL 
 
 
 
 
 
 
 
 
Artigo Científico apresentado como requisito parcial 
para obtenção do grau de Bacharel em Engenharia 
Civil pelo curso de Engenharia Civil, do Instituto de 
Ciências Exatas, da Terra e Engenharias, do 
Centro Universitário Geraldo Di Biase. 
 
Professor-orientador: Marco Aurélio Silva de 
Oliveira. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Barra do Piraí, 2018 
 
 
MANIFESTAÇÕES PATOLÓGICAS EM ALVENARIA ESTRUTURAL 
Juliana Mendes Dias1 
Marco Aurélio Silva de Oliveira2 
 
RESUMO 
 
Empregada pelo homem desde a antiguidade, a alvenaria estrutural é um sistema 
construtivo que vem sendo utilizado no Brasil há algumas décadas, desde então, tal 
sistema vem sendo cada vez mais empregado, em especial nos empreendimentos 
de baixa renda, devido o fato de ser um método construtivo eficiente e econômico. 
No entanto, patologias como as fissuras podem afetar a longevidade, a estética e as 
propriedades estruturais das edificações. No presente trabalho foi realizada uma 
pesquisa bibliográfica do sistema construtivo em alvenaria estrutural com o objetivo 
de analisar a relação causa e impacto das manifestações patológicas acometidas 
nas edificações construídas em alvenaria estrutural. Através desta pesquisa, espera-
se que haja uma melhoria da qualidade, e assim mitigar as patologias causadas por 
erros de execução, materiais de baixa qualidade e incompatibilidade de projetos. 
 
Palavras–chave: Patologias. Edificações. Fissuras. 
 
ABSTRACT 
 
Since it was used by man since ancient times, structural masonry is a constructive 
system that has been used in Brazil for some decades, since then, such a system 
has been increasingly used, especially in low income enterprises, due to the fact that 
it is a efficient and economical construction method. However, pathologies such as 
fissures can affect the longevity, aesthetics and structural properties of buildings. In 
the present work a bibliographical research of the constructive system in structural 
masonry was carried out with the objective of analyzing the relation cause and 
impact of the pathological manifestations affected in the buildings built in structural 
masonry. Through this research, it is expected that there will be an improvement of 
the quality, and thus mitigate the pathologies caused by errors of execution, low 
quality materials and incompatibility of projects. 
 
Keywords: Pathologies. Buildings. Fissures. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
1
Discente do Curso de Graduação em Engenharia Civil. Centro Universitário Geraldo Di Biase (2018). 
email: jdias.civil@gmail.com 
2
Docente Orientador. Graduado em Engenharia Civil, pelo Centro Universitário de Volta Redonda - 
UNIFOA , Pós Graduado em Matemática, pelo Centro Universitário Geraldo Di Biase. Docente do 
Curso Superior – FERP-UGB. email:marcoasoliveira70@gmail.com 
3 
 
1 INTRODUÇÃO 
 
Sabe-se que a alvenaria estrutural é um processo construtivo que garante o 
isolamento e suporte de toda a edificação, dessa forma o emprego de vigas e pilares 
que transferem os carregamentos de forma concentradas são dispensáveis, sendo 
alterados por blocos com eficácia no que concerne a resistência aos esforços de 
compressão, os mesmos são capazes de propagar o seu próprio peso, o 
carregamento da laje e os carregamentos dos andares superiores até a fundação. 
Verifica-se que para haver um tempo de vida útil de determinada edificação, é 
essencial uma relação de elementos adequados, desde a concepção da construção 
à utilização da mesma, de modo compatível ao que foi projetado para tal edificação. 
Dessa forma, observa-se que as patologias mais relevantes que ocorrem em 
alvenaria estrutural são trincas, fissuras e rachaduras, de acordo com a sua 
espessura. Encontram-se disfunções referentes à mão de obra não especializada 
para este método construtivo, a inexistência de harmonização entre os projetos de 
hidráulica, elétrica, gás, incêndio, entre outros. Além disso, também deve ser levada 
em consideração a utilização de materiais inadequados, no tocante ao surgimento 
de anomalias na alvenaria estrutural. 
Considerando a falha no conhecimento a respeito da alvenaria estrutural e os 
problemas analisados no processo construtivo da mesma, surge o problema da 
pesquisa: 
 Como identificar as causas de manifestações patológicas em 
empreendimentos construídos em alvenaria estrutural? 
Foram levantadas algumas questões específicas, com base na indagação 
principal: 
 Como qualificar os principais aspectos de manifestações patológicas 
em alvenaria estrutural? 
 Quais mecanismos de qualidade mais adequados para mitigar as 
causas de manifestações patológicas no processo construtivo em alvenaria 
estrutural? 
O objetivo geral deste artigo é verificar as patologias presentes na alvenaria 
estrutural, suas causas e efeitos. O objetivo específico abrange, de acordo com 
literatura própria, relatar as manifestações patológicas mais significativas em 
alvenaria estrutural, apurar as principais falhas desse método construtivo, além de 
4 
 
exprimir recomendações técnicas no tocante à alvenaria estrutural, com intenção de 
conter manifestações patológicas comuns ao sistema. 
Tendo em vista contribuir para o aumento da qualidade das edificações 
executadas em alvenaria estrutural, estudos têm sido desenvolvidos ao longo dos 
anos, com intuito de investigar as causas de manifestações patológicas, suas 
formas, dimensão, posição, assim como maneiras de prevenir as suas incidências. 
Nota-se que a associação de falhas no projeto, execução e serviços relacionados 
podem fomentar as manifestações patológicas. No presente estudo, fundamentado 
nas verificações relatadas, visa-se fazer uma análise das relações de causa e efeito 
das manifestações patológicas em projetos elaborados em alvenaria estrutural, 
valendo-se de mecanismos para mitigar tal problema e consequentemente a 
melhoria da qualidade. 
Em decorrência dos fatos citados o estudo torna-se relevante devido à 
necessidade de pesquisas científicas sobre o tema, de maneira que se possa 
confirmar um resultado satisfatório com as formas precisas de execução, partindo- 
se de experiência de outros profissionais que apresentam, através de pesquisas e 
métodos construtivos; contribuindo para prevenção de futuras patologias em 
alvenaria estrutural. 
 
 
2 REVISÃO DE LITERATURA 
 
2.1 Alvenaria Estrutural 
 
No momento em que a alvenaria é adotada na construção para resistir ao seu 
peso próprio, e, além disso, suportar cargas é caracterizado como autoportante, 
mais comumente chamada de alvenaria estrutural. (OLIVEIRA; MELO; FILHO, 2016, 
p.02) 
Segundo Richter (2007, p. 46), como na alvenaria estrutural não se utilizam 
pilares e vigas de concreto, o processo construtivo torna-se mais simplificado que o 
convencional, reduzindo fases e mão de obra, e consequentemente redução do 
tempo de execução. 
De acordo com Teixeira (2010, p.06) os principais elementos utilizados na 
execução de edifícios em alvenaria estrutural são os blocos estruturais, argamassa 
5 
 
de assentamento, graute de enchimento e armadura. No decorrer da construção é 
comum o uso de elementos pré- fabricados como contravergas, vergas, coxim, 
escadas, dentre outros. 
A alvenaria estrutural estabelece algumas limitações ao projetista, afirma 
Silva (2013, p. 35), como: impedimento de posterior remoção das paredes; vãos 
máximos entre quatro e cinco metros; restrição do