A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
avaliAÇÃO 7 fase

Pré-visualização | Página 3 de 5

Prejuízo de R$ 100.000,00.
Acerto: 0,1 / 0,1 
Uma indústria apurou os seguintes dados:
Quantidade produzida = 50.000;
Custos fixos = R$ 1.200.000;
Preço de venda unitário = R$ 500;
Custo variável = R$ 50/unidade;
Despesa variável = R$ 40/unidade;
Despesas fixas = R$ 500.000;
Quantidade vendida = 40.000.
Com base nas informações apresentadas, qual é o valor do estoque final da empresa, utilizando o critério do custeio por absorção?
 
O valor do estoque final é de $ 300.000,00.
 O valor do estoque final é de $ 740.000,00.
O valor do estoque final é de $ 840.000,00.
O valor do estoque final é de $ 1.240.000,00.
O valor do estoque final é de $ 400.000,00.
Acerto: 0,1 / 0,1 
Em uma análise SWOT, realizada em certa organização foi detectada a deficiência na logística dos seus produtos. Com base nesse diagnóstico da análise SWOT, pode-se afirmar que se
trata de um caso de:
Ameaça.
Força.
Oportunidade.
Capacidade.
 Fraqueza.
Acerto: 0,1 / 0,1 
Uma indústria analisa opções sobre o preço de venda que poderá ser aceito pelo mercado no lançamento de um novo produto. As informações disponíveis que a área de mercado
conseguiu levantar em entrevistas com os clientes e após analisarem a estrutura de custos da empresa foram as seguintes:
Despesas operacionais: 5% sobre a receita;
Comissões sobre vendas: 8% sobre o preço de venda;
Tributos: 35% sobre o preço de venda;
Custo do produto: $44,00;
Margem de lucro desejada: 20% sobre a receita.
Com base nas informações acima e sabendo que a empresa utiliza a precificação com base no custeio por absorção, qual o preço unitário de venda que a empresa deve aplicar para o
produto?
 
220,00.
200,00.
84,65.
 137,50.
125,70.
Acerto: 0,1 / 0,1 
O Departamento Jurídico de uma Sociedade Empresária forneceu ao Departamento de Contabilidade a relação dos processos em julgamento, conforme tabela a seguir:
Processos Tipo de processo Valor daCausa
Julgamento da
Perda Estimativa
1º
Trabalhista Relativo a Periculosidade R$1.300.000,00 Possível Confiável
2º
Trabalhista Relativo a Férias R$950.000,00 Provável Confiável
3º Civil Danos Morais R$680.000,00 Remoto Confiável
4º Tributário Discussão da constitucionalidade daCofins R$2.500.000,00 Provável Confiável
 Questão21
 Questão22
 Questão23
 Questão24
10/06/2021 Estácio: Alunos
https://simulado.estacio.br/alunos/ 7/9
Considerando-se apenas as condições estabelecidas na NBC TG 25- PROVISÕES, PASSIVOS CONTINGENTES E ATIVOS CONTINGENTES e os dados da tabela apresentada, a Sociedade
Empresária irá reconhecer como provisão, na contabilidade:
 
os processos relativos a Férias e a Relativo a Periculosidade, que totalizam R$2.250.000,00
 
os processos relativos a Periculosidade e a Danos Morais, que totalizam R$1.980.000,00. 
 os processos relativos a Férias e a Discussão da Constitucionalidade da Cofins, que totalizam R$3.450.000,00. 
os processos relativos a Periculosidade, a Férias, a Danos Morais e a Discussão da Constitucionalidade da Cofins, que totalizam R$5.180.000,00. 
os processos relativos a Periculosidade, a Férias e a Discussão da constitucionalidade da Cofins, que totalizam R$4.500.000,00. 
Acerto: 0,1 / 0,1 
Uma Sociedade Empresária apresentou as seguintes contas com seus respectivos saldos, em 31.12.20X1.
Os saldos apresentados já foram ajustados e realizadas as respectivas apropriações. Considerando-se apenas as informações apresentadas, o total do Ativo, em 31.12.20X1, é de:
 
R$153.425,00.
 R$156.075,00.
R$162.075,00.
R$156.975,00.
R$78.425,00.
Acerto: 0,1 / 0,1 
Terra Indígena (TI) é uma porção do território nacional, a qual após regular processo administrativo de demarcação, conforme os preceitos legais instituídos, passa, após a homologação
por Decreto Presidencial para a propriedade da União, habitada por um ou mais comunidades indígenas, utilizada por estes em suas atividades produtivas, culturais, bem-estar e
reprodução física. Assim sendo, se trata de um bem da União, e como tal é inalienável e indisponível, e os direitos sobre ela são imprescritíveis. Nos termos da legislação vigente -
CF/88, Lei 6001/73 ¿ Estatuto do Índio, Decreto n.º 1775/96, as terras indígenas podem ser classificadas nas seguintes modalidades: Terras Indígenas Tradicionalmente Ocupadas: São
as terras indígenas de que trata o art. 231 da Constituição Federal de 1988, cujo processo de demarcação é disciplinado pelo Decreto n.º 1775/96. Reservas Indígenas: São terras
doadas por terceiros, adquiridas ou desapropriadas pela União, que se destinam à posse permanente dos povos indígenas. São terras que também pertencem ao patrimônio da União,
mas que não se confundem com as terras de ocupação tradicional. Além disso, vale destacar que existem reservas indígenas, que foram reservadas pelos Estados-membros,
principalmente durante a primeira metade do século XX , mas que hoje são reconhecidas como de ocupação tradicional. Terras Dominiais: São as terras de propriedade das comunidades
indígenas, havidas, por qualquer das formas de aquisição do domínio, nos termos da legislação civil. Dessa forma, são estas as três modalidades de terras indígenas, nos termos da
legislação vigente (CF/88, Lei 6001/73 ¿ Estatuto do Índio, Decreto n.º 1775/96). Apesar disso, vale destacar também o instrumento administrativo de interdição de áreas (terras
interditadas), instrumento este, o qual não deve ser entendido como modalidade de terra indígena, mas tão somente como instrumento administrativo utilizado para assegurar a
proteção de comunidades ou grupos indígenas que vivem em situação de isolamento com o estabelecimento de restrição de ingresso e trânsito de terceiros na área, mas que não se
trata de área, quando isoladamente considerada e ceteris paribus, sob domínio da União, antes, se trata de instrumento para assegurar a proteção das comunidades ou grupos indígenas
isolados. Quantas são as terras indígenas e onde se localizam? Atualmente existem 488 terras indígenas regularizada que representam cerca de 12,2% do território nacional, localizadas
em todos os biomas, com concentração na Amazônia Legal. Tal concentração é resultado do processo de reconhecimento dessas terras indígenas, iniciadas pela Funai, principalmente,
durante a década de 1980, no âmbito da política de integração nacional e consolidação da fronteira econômica do Norte e Noroeste do país. 
 
Considerando o texto acima é correto afirmar que:
As terras indígenas são de propriedade dos povos indígenas, podendo, estes, alienar as mesmas de acordo com a sua vontade.
As terras indígenas são consideradas porções do território nacional isentas de jurisdição do Estado brasileiro.
As terras dominiais são terras adquiridas pelos indígenas na forma do decreto de intervenção da União
 Existem terras de reserva que foram atribuídas pelos Estados-membros e que hoje são reconhecidas como ocupações territoriais
A maior parte das terras indígenas está na região Norte em função do processo de integração promovida pelo IBAMA
Acerto: 0,1 / 0,1 
 Questão25
 Questão26
 Questão27
10/06/2021 Estácio: Alunos
https://simulado.estacio.br/alunos/ 8/9
TEXTO 1. A violência contra a mulher sempre foi uma questão gravíssima no Brasil. Em 2019, de acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, a cada dois minutos era criado
um boletim de ocorrência em alguma delegacia do país com denúncia de vítima no convívio doméstico. O problema já era imenso e ficou pior com o necessário isolamento social
decorrente da pandemia da Covid-19. Desde o início da quarentena, em março, o número de denúncias recebidas pelo canal Ligue 180, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos
Humanos (MMFDH), aumentou 17,9% em todo o país, em comparação com o mesmo período de 2019. No mês seguinte, em abril, o crescimento foi de 37,6%. Dados do Fórum
Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) no estudo "Violência doméstica durante a pandemia de Covid-19" , apresentado em maio, demonstram que o feminicídio no país cresceu

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.