A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
20 pág.
Principais fórmulas de física para o ENEM

Pré-visualização | Página 3 de 3

Série 
 
Paralelo 
 
 
 
 
 
POTÊNCIA ELÉTRICA 
 
 
Energia elétrica 
 
i = i1= i2 = i3 
UTOTAL = U1+ U2 + U3 
RTOTAL = R1+ R2 + R3 
U = U1= U2 =U3 
iTOTAL = i1+ i2 + i3 B
š‚›‚œ =
B
šB +
B
š� +
B
šg 
 
U 
i 
�������çã� = !�L�AÊSOL" 
 
A 
B 
 " > C 
 = Ÿ. �" 
A resistividade elétrica depende apenas do material e 
da temperatura. 
H = J� H = �.J H = ��. J 
E = P.	∆
 
 
MAGNETISMO 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Eletromagnetismo 
Campo magnético criado por corrente elétrica (experiência de Oersted). 
Condutores retilíneos 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Espiras circulares Solenóides 
 
 
C<<= = Z�> .
�
 C<<= =
Z
� .
�
 C<<= =
Z.S. �
� 
Inseparabilidade dos polos ou inexistência do mono 
pólo magnético. 
Polos magnéticos de mesmo nome se repelem e 
de nomes contrários se atraem. 
O norte da bússola é atraído pelo norte 
geográfico da Terra (sul magnético) e o sul da 
bússola é atraído pelo sul geográfico da Terra 
(norte magnético). 
 
FORÇA MAGNÉTICA 
Força magnética sobre carga 
 
 
Força magnética sobre fio 
 
 
 
 
 
INDUÇÃO ELETROMAGNÉTICA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
	E<<= = C<<=. j. 	<<=.	senα 
	E<<= = C<<=. �. �.	senα 
™ = −∆ ∆
 ™ = C<<=. �. 	<<=   = C<<=. ". ��$¡ 
 
TRANSFORMADORES 
 
 
 
 
 
 
 
 
ÓPTICA 
Reflexão 
 
 
 
 
 
Refração 
 
 
 
 
 
 
 
 
JHJ� =
SHS$ =
���c 
Transformadores somente funcionam com corrente 
alternada. 
$%�¢̂
$%�'¤ =
	B	� =
¥B¥� =
���B 
Raio incidente, raio refratado e a normal são 
coplanares. 
Raio incidente, raio refratado e raio normal são 
coplanares. 
O ângulo de incidência é igual ao ângulo de reflexão. 
 
Reflexão total 
 
 
 
 
 
 
Espelhos planos 
 
 
 
 
Espelhos esféricos 
 
 
 
 
 
 
 
 
$%�M¦ = ��eU%��$f�B	eU��$f		 
S = g§��{ − B 
i = o 
p’ = p 
Todo raio que incidir paralelamente ao eixo principal reflete passando pelo foco e vice-versa; 
Todo raio que incidir sobre o centro de curvatura retorna sobre si mesmo na mesma direção. 
Todo raio que incidir no vértice reflete-se simetricamente em relação ao eixo principal 
 
Côncavo Convexo 
 
Lentes 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Equação de Gauss 
 
 
 
 
Equação do aumento linear 
 
Vergência 
Convergente 
Divergente 
Um raio incidente, paralelo ao eixo 
principal, refrata-se passando pelo foco 
imagem da lente. 
Um raio incidente, passando pelo centro 
óptico, atravessa a lente sem sofrer desvio. 
Um raio incidente, passando pelo foco 
objeto da lente, refrata-se e emerge 
paralelamente ao eixo principal. 
B
? =
B
c +
B
c′ 
t = B? 
" = �� =
−c′
c = 	
?
? − c 
f + = lente convergente ou espelho 
côncavo 
f - = lente divergente ou espelho convexo 
p + = objeto real 
p’+ = imagem real 
p’ - = imagem virtual