Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
ANATOMIA DA BASE DO CRÂNIO

Pré-visualização | Página 1 de 1

FOSSAS CRANIANAS 
Divisões do SNC e as fossas cranianas. 
 
V I N I C I U S D A S I L V A S A N T O S - M E D I C I N A - U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E P E R N A M B U C O 
SISTEMA NERVOSO CENTRAL: Abarca a porção 
nervosa que está dentro de um arcabouço ósseo. 
DIVISÃO DO SNC 
• Medula Espinal: Envolto pela coluna vertebral. 
• Encéfalo: Envolto pelo crânio. 
DIVISÕES DO ENCÉFALO 
 
OSSOS DO CRÂNIO → 22 ossos! 
• Osso frontal: Em azul, se articula com os ossos 
parietais. 
• Osso parietal: Em verde. 
• Osso temporal: Em vermelho. 
• Osso occipital: Em roxo, posterior do crânio. 
• Osso zigomático: Maçãs da bochecha. 
• Osso nasal 
• Osso esfenóide: Em amarelo, base do crânio. 
• Osso maxilar: Acima da arcada dentária superior. 
 
 
ACIDENTES ÓSSEOS 
 
SUTURAS DO CRÂNIO 
• Sutura coronal: Une o osso frontal-parietal. 
• Sutura sagital: Entre os ossos parietais. 
• Sutura lambdóidea: Une o osso occipital aos 
ossos parietais. 
• Outras: Suturas entre o nome dos ossos. 
PONTOS CRANIOMÉTRICOS 
• Násio: Entre os ossos nasal e frontal. 
• Bregma: Entre a sutura coronal e sagital 
• Lambda: Entre a lambóidea e sagital 
• Astério: Entre o osso occipital, parietal e 
temporal. 
• Ínio: Ponto sobressalente no osso occipital 
• Ptério: O mais importante da clínica, porque essa 
região tem um tecido ósseo mais fino, traumas 
nessa região se fraturam com facilidade e passa 
um ramo da artéria meníngea média. 
 
DIVISÃO DO CRÂNIO 
A. Neurocrânio: Relaciona-se com o sistema nervoso. 
B. Viscerocrânio: Esqueleto da face, relacionado com 
as vísceras e órgãos do sentido. 
Limites: Traça uma linha entre o násio e o orifício 
temporal 
 
V I N I C I U S D A S I L V A S A N T O S - M E D I C I N A - U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E P E R N A M B U C O 
 
DIVISÃO DO NEUROCRÂNIO 
C. Calota craniana 
D. Base do crânio 
Limites: Traça uma linha que vai da glabela (entre 
os arcos superciliares) até a protuberância occipital 
externa. 
 
FOSSAS CRANIANAS 
A. Fosse Anterior (Esfenofrontal): Formada 
principalmente pelo osso frontal e esfenóide. 
B. Fossa Média (Esfenotemporal): Formada pelo 
osso esfenóide e osso temporal. 
C. Fossa Posterior (occipital): Formada basicamente 
pelo osso occipital, a mais profunda das três. 
 
FOSSA ANTERIOR DO CRÂNIO 
• Limites: Limbo esfenoidal e margem posterior da 
asa menor do esfenoide (sulco pré-quiasmático). 
• Relação: Giros orbitais dos lobos frontais. 
 
ACIDENTES ÓSSEOS DA FOSSA ANTERIOR 
• Crista frontal: Elevação mediana, serve de fixação 
para a foice do cérebro (fixação da dura-máter). 
• Forame cego: Abaixo da crista frontal. 
• Lâmina crivosa do etmoide (Cribriforme): Parte 
toda furadinha, por onde passa o nervo olfatório. 
• Crista etmoidal: Proeminência entre duas láminas. 
• Asa menor do osso esfenóide: Ponta aguda em 
uma extremidade, na outra um processo. 
• Processo clinoide anterior: Ponta não aguda, serve 
para fixação da tenda do cerebelo. 
• Sulco pré-quiasmático: Superiormente possui um 
limbo, abaixo desse limbo é fossa média, acima é 
fossa superior. 
 
FOSSE MÉDIA DO CRÂNIO 
Constituição Óssea: Asa maior do osso esfenóide, 
corpo do esfenoide, parte escamosa do osso temporal 
e parte petrosa do osso temporal. 
 
 
V I N I C I U S D A S I L V A S A N T O S - M E D I C I N A - U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E P E R N A M B U C O 
ACIDENTES ÓSSEOS 
• Sulco pré-quiasmático: Existe devido ao contato 
com o quiasma óptico. 
• Canais Ópticos: Forame por onde passa o nervo 
óptico e a artéria oftálmica. 
• Sela Turca: Depressão do corpo do esfenóide, onde 
aloja-se a glândula hipófise. É formada pelo 
tubérculo da sela + fossa hipofisial + dorso da sela. 
• Diafragma da sela: Projeção da dura-máter que 
isola a hipófise dentro da sela túrcica. 
• Processo Clinoide: Anterior (ponta da asa do 
esfenóide), Médio (proeminência do rubérculo da 
sela e Posterior (proeminência do dorso da sela). 
 
FISSURAS E FORAMES 
• Fissura orbital superior: Entre a asa maior e a asa 
menor do esfenóide. Dá passagem aos nervos III, 
IV, I (ramo V1), VI e veias oftálmicas 
• Forame redondo: Abaixo do orbital superior, passa 
o ramo maxilar do nervo trigêmeo. 
• Forame oval: Por onde passa nervo petroso 
menor, artéria meníngea média e ramo 
mandibular (V3) do nervo trigêmeo. 
• Forame lacerado: Medial ao forame oval, ele é 
fechado por cartilagem. 
• Forame espinhoso: Lateral ao forame oval, por 
onde passa a artéria meníngea média. 
• Meato acústico interno: Faz parte da fossa 
posterior, por onde passam os nervos. 
 
FOSSA POSTERIOR DO CRÂNIO 
• Constituição Óssea: Grande parte do osso occipital 
e uma parte menor de osso temporal, o que se 
destaca é o forame magno, que dá passagem à 
medula. 
• Limites: Dorso da sela (anterior ao forame magno) 
e parte petrosa (margem superior) 
 
ACIDENTES ÓSSEOS 
• Forame Magno: Forame mais importante, por 
onde passa o tronco encefálico, meninges, artérias 
vertebrais e raízes espinais do nervo acessório. 
• Osso Occipital: Porção Basilar (parte mais plana), 
Clivo e Porção escamosa (posterior ao forame 
magno) 
• Tenda do cerebelo: Compartimentos supratentori-
al e infratentorial. 
• Crista occipital interna: Na parte mediana. 
• Protuberância Occipital interna: Parte aplainada 
da crista. 
SULCOS E FORAMES 
• Meato Acústico Interno: Forame no osso temporal 
(1), por onde passa o nervo facial, vertibulococlear 
e artéria do labirinto. 
• Forame Jugular: Por onde passa os nervos glosso-
faríngeo (IX), Vago (X), e Acessório (XI) 
• Canal do nervo hipoglosso: Por onde passa o nervo 
hipoglosso 
• Sulco do seio transverso: Mais posterior, por onde 
passa o seio transverso do sistema venoso. 
• Sulco do seio sigmóide: Abaixo do forame jugular, 
por onde passa o seio sigmóide venoso. 
 
 
V I N I C I U S D A S I L V A S A N T O S - M E D I C I N A - U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E P E R N A M B U C O 
FRATURAS DA BASE DO CRÂNIO 
 
FOSSAS EXTRACRANIANAS 
• Temporal: Acima do arco zigomático 
• Intratemporal: Abaixo do arco zigomático 
• Ptérigopalatina: Anterior às duas outras fossas. 
 
EXTERIOR LATERAL DO CRÂNIO 
• Face: Zona anterior do crânio. 
• Região temporal: Zona central, é subdividida em 
fossa temporal e fossa intratemporal, separadas 
pelo arco zigomático. 
• Região occipital: Zona posterior.