A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
39 pág.
Provas - Sociedade Brasileira - Unopar - Anhanguera

Pré-visualização | Página 6 de 9

e das práticas dos direitos e, em uma esfera 
distinta, a efetividade e/ou reconhecimento desses mesmos direitos. Sobre o 
conceito de cidadania, analise a relação das afirmações. 
I-O cidadão ateniense é pensado, como um ser indissociável da cidade, o 
que acompanha o direito de opinar sobre o seu destino. Quando o cidadão 
ateniense participava das assembleias, não distinguia os seus interesses 
pessoais dos interesses da polis. 
Porque 
II- No exercício da cidadania se manifestam elementos de maior relevância, 
como a soberania popular e a justiça que emana do povo. 
Assinale a alternativa correta. 
 
 
R: As afirmações I e II são verdadeiras e a II é uma justificativa da I. 
 
 
53) O termo política decididamente se insere no rol de termos utilizados 
cotidianamente que, no entanto, não apresenta uma conceituação evidente 
ou que apresenta apenas um único sentido. Com base em seus estudos 
 
sobre a pluralidade de significados aplicados a esse vocábulo, avalie as 
asserções: 
I-A raiz da palavra "política" encontra-se no idioma grego, que exprime os 
afazeres típicos da condução da vida coletiva da polis, a cidade-Estado da 
antiguidade grega. 
II-A palavra política direcionada a identificação das atividades de governo 
quando exercida pelos poderes públicos, pode ser entendida como uma 
forma de administração do poder público, sob a forma do Estado. 
III- Quando mencionamos as políticas das empresas privadas, estamos 
pensando sobre os princípios e as formas que as organizações são regidas. 
Assinale a alternativa correta. 
 
R:As afirmações I; II; III estão corretas. 
54) Para Raimundo Faoro (1925-2003), a concentração e reprodução de 
poder econômico e político em determinadas famílias e grupos empresariais, 
representam o Estado Patrimonial-estamental do Brasil. Pela perspectiva do 
autor, analise a relação entre as afirmações. 
I- Para Faoro o período Vargas foi um momento importante da mudança na 
relação entre Estado e população, o caráter autoritário desse governo, 
sobretudo no Estado Novo (1937-45) deixou à época pouco espaço para se 
discutir científica e abertamente o grau de transparência das instituições 
públicas desse período. 
Porque 
II- O Período da Ditadura Militar (1964-1984) e a negação dos direitos civis, 
interditou o tema corrupção, por isso, muitas vezes as pessoas consideram 
esse período de exceção, como isento de corrupção. 
Assinale a alternativa correta. 
 
 
R:As afirmações I e II são verdadeiras, mas não se relacionam entre si. 
 
 
55) Sobre a cidadania no período da Idade Média e na Idade moderna, na 
 
Europa, observa-se o distanciamento do sentido de cidadania ateniense, 
para a apropriação da noção de cidadania greco-romana, colocando a 
participação ativa dos indivíduos na vida pública, em segundo plano. 
Pensando sobre a perspectiva de cidadania na idade moderna, coloque V 
(verdadeiro) F ( falso) nas afirmações a seguir. 
( ) O cidadão moderno tem o direito de participar do governo de sua vida, de 
sua cidade e de seu Estado, ser cidadão invoca um regime republicano em 
seu sentido universal. 
( ) O cidadão moderno, mantêm sua posição de vassalo e súdito fiel aos 
mandos e desmando da aristocracia e do rei. 
( ) Para Rousseau, a cidadania não é um presente, mas um dever de 
participação política na defesa do interesse geral, que é universal a todos os 
cidadãos, acima dos interesses particulares e individuais. 
( ) A Declaração Francesa de 1789, largamente influenciada pelos 
pensadores da Ilustração, em especial Rousseau, também representou um 
marco para a questão da cidadania, postulando a liberdade individual e a 
igualdade de direitos entre os homens desde seu nascimento. 
Assinale a sequência correta 
R: V;F;V;V. 
56) Os avanços tecnológicos, o desenvolvimento de mercados financeiros e 
o fracasso de experiências de orientação socialista podem ser citados como 
fatores que conferem à atuação do Estado a classificação de obstáculo à 
lucratividade e ao aspecto global e dinâmico do capitalismo contemporâneo. 
Sob tal perspectiva neoliberal, a atuação de agentes privados seria mais 
eficiente do que intervenções estatais nos setores da economia, justificando 
o estabelecimento 
R: microestados 
57) Adam Smith (1723-1790) consagrou-se como o pai da doutrina 
econômica liberal, explorada em sua mais importante obra, A riqueza das 
Nações : Investigação sobre sua Natureza e causas (1776). Nela o autor 
reforça a vantagem do individualismo e do liberalismo para estimular e 
 
expandir a atividade econômica, em que as ações movidas pelo 
autointeresse, sem intervenção estatal, seriam a forma mais eficiente de 
produzir riqueza e impulsionar o progresso. " SANTOS, L.M.Luzio dos. Ética 
e Democracia econômica: caminhos para a socialização da economia. São 
Paulo: Ideias &Letras, 2020) 
De acordo com essa teoria, assinale a alternativa que complementa o 
enunciado. 
 
R: Smith defende que cada indivíduo se especialize naquilo que lhe traga 
mais resultados individuais, pois a felicidade do indivíduo depende dele 
mesmo. 
58) Para Aristóteles (384-322 a.C.) a humanidade se organiza em 
agrupamentos e isso, não é apenas uma coincidência ou uma casualidade, 
mas revela a natureza social que subsiste em cada um dos indivíduos que 
habita este planeta. A filosofia aristotélica, entende que a ética está 
relacionada às virtudes, que para serem alcançadas precisam de reflexão 
racional, sabedoria e prudência." 
Nesse sentido, os arranjos coletivos que são consolidados nas famílias, nas 
aldeias e nas cidades podem ser explicados pelo fato de que os seres 
humanos são: 
 
R:animais políticos, isto é, orientados por sua própria natureza para o 
desenvolvimento social e cívico em coletividades organizadas. 
59) O atual presidente do Brasil, afirmou em 29/10/2020 em um evento de 
celebração de obras na BR-135, no Maranhão: "Estamos fazendo mais com 
menos. Não existe uma só notícia de corrupção no nosso governo. Isso 
devemos pelos ministros e os parlamentares também, que trabalham em 
conjunto visando o bem-estar do Brasil". Disponível em: 
https://valor.globo.com/politica/noticia/2020/10/29/bolsonaro-diz-que-nao-exi 
ste-uma-so-noticia-de-corrupcao-no-governo.ghtml ou as ferramentas 
oferecidas na página. 
 
Essa fala nos leva ao estudo da relação entre corrupção e ética, público e 
privado e as atribuições do Estado, na história do Brasil. Nesse sentido, 
avalie as afirmações. 
I-É na esfera pública que as instituições, empresas e funcionários regidos 
pelas normas do direito público, que a corrupção ganha mais visibilidade, 
com o suborno, o falseamento de dados, principalmente de órgãos 
reguladores e ambientais. 
II-A esfera privada, sobretudo das empresas, é permeada por operações de 
favoritismo, apropriação indébita, concorrência desleal. 
III- Os conchavos e a corrupção, entre empresas, corporações e o Estado 
resultaram no Brasil nos dois maiores crimes ambientais – Mariana(2015) e 
Brumadinho( 2019). 
IV- No Brasil, a regulamentação ambiental contra a corrupção ou o lobby dos 
empresários e o Estado para quebrar as barreiras para explorar a natureza e 
/ou utilizar produtos químicos é combatida pela "Bancada do Boi e o 
agronegócio" 
Assinale a alternativa correta 
R: As afirmações I; II; III estão corretas. 
 
 
60) Democracia em Vertigem (título em inglês: The Edge of Democracy) é um 
documentário brasileiro de 2019 dirigido por Petra Costa, indicado ao Oscar 
de Melhor Documentário de Longa Metragem em 2020.[1] Definido como 
"uma tragédia épica de corrupção e traição". ( Disponível 
em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Democracia_em_Vertigem. Acesso 21 de 
out.de 2020). 
Sobre o conceito de democracia, analise as proposições. 
I-A democracia, ou o "governo do povo" em grego antigo, pressupõe um 
regime político no qual a condução dos afazeres da sociedade é definida 
pelos cidadãos,

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.