A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Arcadismo

Pré-visualização | Página 1 de 1

Arcadismo
Início: fundação do salão literário Arcádia de
Roma, em 1690
- O nome arcadismo vem da palavra grega
Arcade, convenção pastoral.
A Europa do séc XVIII (século das luzes):
- desejo de explicações racionais, busca por
uma experiência intelectual independente
da Igreja. Contraposição ao cultismo
barroco. Levou os escritores árcades a se
aliarem ao Iluminismo, movimento
intelectual voltado à razão.
Desenvolveram-se Arcádias em toda a
Europa e pelas colônias europeias.
- Enciclopédia
Arte: Jacques Louis David e Dominique Ingres
Literatura em prosa: Montesquieu e Voltaire
Música: Mozart, Hadyn e Beethoven
Características:
- pseudônimos pastoris
- os poetas seguiam regras adotadas na
antiguidade clássica.
- o poema era um instrumento de mudança
social: divulgavam as ideias iluministas
para as hierarquias e elite, como um
modelo de sociedade justa e igualitária
- Distribuídos em jornais e pan�letos,
tornando-os acessíveis para mais pessoas
- Exaltação da natureza
- Bucolismo: representação na poesia das
vida no campo
- Teoria do Bom Selvagem de Rousseau
- Artificialismo
- Linguagem: direta, objetiva e clara,
vocábulos comuns e períodos simples
- Conteúdo: busca pela sabedoria e
espiritualidade
Lemas e marcas do estilo arcade:
- Aurea mediocritas: vida simples para
encontrar sabedoria e espiritualidade
- Fugere Rubem: fuga do espaço urbano
- Locus amoenus: busca da paisagem ideal e
contato com a natureza.
- Carpe diem: proveito da vida no momento
- Inutila truncat: cortar o inútil do barroco
Arcadismo em Portugal
- Teve início em 1756, com a fundação da
Arcádia Lusitana, teve como principal
objetivo combater o “mau gosto” da
produção literária barroca; Em 1790, foi
fundada a Nova Arcádia;
- O lema principal era o Inutilia truncat e o
resgate aos padrões clássicos e o culto à
simplicidade. Usavam pseudônimos
pastoris e um lírio branco em homenagem
à Imaculada Conceição de Maria, patrona
da agremiação;
Bocage: principal poeta árcade português da Nova
Arcádia. Apesar de ter produzido poemas árcades,
produziu também poemas pré-românticos, nos
quais �luía um lirismo cheio de emoção.
Apresentava apego à vida campestre, tranquila e
acolhedora, cenário perfeito para o idílio amoroso.
Sua poesia lírica divide-se entre um lirismo
arcade, destacando a simplicidade e a natureza, e
um lirismo pré-romântico, que marca seu
rompimento com a Nova Arcádia através do
desregramento e do ambiente soturno.
Arcadismo no Brasil:
- Com a descoberta do ouro na região de
MG, Vila Rica (atual Ouro Preto)
tornou-se um ponto de difusão das ideias
iluministas europeias, tornando-o palco
de rebeliões política e inovações estéticas.
- Os poemas revelam uma natureza tropical
e introduzem o índio como herói,
prenunciando o nativismo dos textos
românticos. A natureza é bruta e
selvagem.
- Apresentou in�luência barroca
- Teve início em 1768, com o livro “Obras
Poéticas”, de Cláudio da Costa, o maior
representante da poesia neoclássica
- Tomás Gonzaga é o mais conhecido entre
os poetas árcades, em sua obra prima
“Marília de Dirceu”, nota-se uma
dualidade que desponta para uma
tendência pré-romântica;
- Basílio da Gama publicou “O Uruguai” em
1769, que narra a guerra entre
portugueses e espanhóis contra indígenas
e jesuítas ;
- Silva Alvarenga foi autor de madrigais
líricos-amorosos no estilo árcade;
- Santa Rita Durão teve como principal
obra o poema épico “Caramuru”, em 1781
Características: incorporação do indígena, apego
aos valores da terra, a natureza como refúgio,
lirismo pastoril e reverência ao bucolismo.