263_METEOROLOGIA_E_CLIMATOLOGIA_VD2_Mar_2006
1 pág.

263_METEOROLOGIA_E_CLIMATOLOGIA_VD2_Mar_2006

Disciplina:CLIMATOLOGIA1.214 materiais17.070 seguidores
Pré-visualização1 página
METEOROLOGIA E CLIMATOLOGIA
Mário Adelmo Varejão-Silva

Versão digital 2 – Recife, 2006

249

11.3.4 - Pseudo-adiabáticas.

Para o traçado das pseudo-adiabáticas parte-se da equação VI.8.1, que define a pseudo-
temperatura potencial equivalente (θSE), colocando-a na forma logarítmica:
ln θSE = (LE qS/cpaT) + ln θ.

Usando a equação VI.5.9, verifica-se que:

cpa ln θSE = (LE qS/T) + cpa ln T + (R/Ma) ( ln p – ln 1000)
e

– (R/Ma) ln p = (LE qS/T) + cpa ln T – cpa ln θSE – (R/Ma) ln 1000 .

Então:

B = (LE qS/T) + cpa ln T + C2, (VI.11.11)

onde C2 está simbolizando a constante – cpa ln θSE – (R/Ma) ln 1000, gerada quando se seleciona
um determinado valor para θSE. Ao escolher LE e qS deve-se lembrar que a primeira depende da
temperatura e a segunda tanto da temperatura como da pressão.

Eliminando T, em função da coordenada A, a relação anterior assume o seguinte aspecto:

B = [LEqS/ (A – k ln p)] + cpa ln (A – k ln p) + C2.

mostrando que as pseudo-adibáticas também são curvas.

11.3.5 - Linhas de igual razão de mistura saturante.

A equação para as linhas de igual razão de mistura saturante (rs) é demonstrada partindo-
se da expressão rS = 0,622eS/p. Aplicando-se logaritmos deduz-se que:

B = (R/Ma) [ln (rS/0,622) + ln eS]. (VI.11.12)

Assim, cada linha pode ser desenhada fixando-se rS e variando a pressão de saturação do
vapor (eS), função exclusiva da temperatura (T).

12. Diagrama de Stüve.

Muitas vezes não se pretende estudar a energia envolvida nos processos atmosféricos,
tornando possível sacrificar a equivalências de áreas em benefício da comodidade gráfica. O dia-
grama elaborado por G. Stüve, mais conhecido como diagrama pseudo-adiabático, é desse tipo
(Fig. VI.7). As coordenadas do diagrama de Stüve são (Hess, 1959):