Código Civil Brasileiro – Wikipédia  a enciclopédia livre
3 pág.

Código Civil Brasileiro – Wikipédia a enciclopédia livre


DisciplinaDireito Civil I64.141 materiais684.885 seguidores
Pré-visualização1 página
Código Civil Brasileiro
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Código civil brasileiro)
O atual Código Civil Brasileiro (Lei 10.406 de 10 de janeiro de 2002) encontra-se em vigor desde 11 de
janeiro de 2003, após o cumprimento de sua vacatio legis de um ano.
Índice
1 Estrutura
2 História
2.1 Antecedentes
2.2 Projeto Reale
3 Bibliografia
4 Notas
5 Ligações externas
Estrutura
A nova Codificação tem 2.046 artigos, organizados da seguinte maneira:
Parte Geral
Livro I - Das Pessoas
Livro II - Dos Bens
Livro III - Dos Fatos Jurídicos
Parte Especial
Livro I - Do Direito das Obrigações
Livro II - Do Direito de Empresa
Livro III - Do Direito das Coisas
Livro IV - Do Direito de Família
Livro V - Do Direito das Sucessões
Parte Final ou Das Disposições Finais e Transitórias
História
Antecedentes
O atual Código Civil substituiu o primeiro Código Civil brasileiro \u2014 Lei nº 3.071, de 1º de janeiro de 1916
\u2014, que entrou em vigor em 1917, após quinze anos de discussão no Congresso brasileiro.
Clóvis Beviláqua, autor
do projeto do Código
Civil de 1916.
Desde a Constituição Brasileira de 1824 previam-se dois códigos, o Civil e o Criminal, mas apenas o segundo
foi concretizado. Após a independência do Brasil, permaneceu em vigor a
legislação portuguesa, que correspondia às Ordenações Filipinas.
Houve, pelo menos, quatro tentativas de elaboração do Código Civil:
Em 1845, o Barão de Penedo apresentou seu Da Revisão Geral e
Codificação das Leis Civis e do Processo no Brazil;
Em 1864, o Esboço inacabado de Augusto Teixeira de Freitas, que não
chegou a ser aprovado, mas serviu de base para os códigos civis do
Uruguai e da Argentina;
Em 1872, José Tomás Nabuco de Araújo foi encarregado de elaborar um
projeto, o qual não terminou antes de falecer ;
Em 1881, o projeto Felício dos Santos e
Em 1890, o projeto Coelho Rodrigues.
Finalmente, sob a presidência de Campos Sales e a convite de seu amigo de
congregação da Faculdade de Direito do Recife, o Ministro da Justiça Epitácio Pessoa, Clóvis Beviláqua
apresenta, após seis meses de trabalho, seu projeto de Código Civil em 1901. Duramente criticado por Rui
Barbosa e por vários juristas da época, como Inglês de Sousa e Torres Neto, o trabalho de Beviláqua foi
fortemente influenciado pelo Código Civil alemão (BGB) e sofreu várias alterações até sua aprovação, em
1916.
Projeto Reale
Após diversas tentativas de elaboração de novos códigos, como o Anteprojeto de Código das Obrigações de
Orozimbo Nonato, Filadelfo Azevedo e Hannemann Guimarães da década de 1940, e o de Caio Mário da
Silva Pereira, de 1963, uma comissão encabeçada por Miguel Reale, formada em 1969 durante a ditadura,
publica em 1973 o seu Anteprojeto de Código Civil, fortemente influenciado pelo Código Civil italiano,
trabalho este que é encaminhado pelo Governo ao Congresso Nacional, onde se transforma no Projeto de Lei
n.º 634, de 1975. A evolução do texto do projeto nos vinte e sete anos em que tramitou no Congresso
Nacional pode ser consultada na obra Memória Legislativa do Código Civil Algumas décadas depois,
sob a presidência de Fernando Henrique Cardoso, o Congresso retoma o seu exame e o aprova, em 2002.
Bibliografia
Beviláqua, Clóvis, Codigo Civil dos Estados Unidos do Brazil Commentado, vol. I, Rio: Livraria
Francisco Alves, 1916.
==
Notas
1. \u2191 O projeto pode ser visto aqui: http://brazil.crl.edu/bsd/bsd/u1871/001103.html
2. \u2191 PASSOS, E; LIMA, J.A.O., Memória Legislativa do Código Civil
(http://www.senado.gov.br/publicacoes/mlcc/) , Senado Federal, Brasília, 1ª ed., 2012.
==
Ligações externas
[1]
[2]
Código civil brasileiro (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/2002/L10406.htm) (em português)
Obtida de "http://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Código_Civil_Brasileiro&oldid=32174251"
Categorias: Direito civil brasileiro Códigos Códigos do Brasil 2003 no Brasil
Esta página foi modificada pela última vez à(s) 13h37min de 10 de setembro de 2012.
Este texto é disponibilizado nos termos da licença Atribuição-Partilha nos Mesmos Termos 3.0 não
Adaptada (CC BY-SA 3.0); pode estar sujeito a condições adicionais. Consulte as condições de uso
para mais detalhes.