Buscar

Sobre CQ de insumos inertes em farmácia homeopática, os referenciais para acesso às diretrizes são a FB e a FHB, além da contribuição do Manual de ...

Sobre CQ de insumos inertes em farmácia homeopática, os referenciais para acesso às diretrizes são a FB e a FHB, além da contribuição do Manual de Normas Técnicas para Farmácia Homeopática da ABFH e outros compêndios consagrados, governamentais ou privados (Farmacopeia Europeia, Martindale, p.ex). Com base nesses referenciais, o setor de CQ da farmácia deve atuar com detalhe e precisão de modo a avaliar os itens e aferir se estão dentro dos padrões de qualidade ou não. Sobre essa abordagem, marque a alternativa correta.


As diretrizes para CQ podem ser atendidas conforme consta em compêndios não oficiais.
Entre os ensaios de CQ que devem ser feitos na farmácia homeopática se incluem: ponto de fusão (PF), solubilidade, pH.
Um desafio a ser superado pelo setor é a inexistência no mercado brasileiro de kits para executar os procedimentos de controle de qualidade em farmácia homeopática.
A avaliação do certificado de análise do fabricante é um procedimento opcional, mas que valoriza o CQ.
Os requisitos de pureza devem ser cumpridos conforme consta no Manual de Normas Técnicas para Farmácia Homeopática.