A maior rede de estudos do Brasil

PORQUE NO ART 142, P 2, CF, A DOUTRINA E JURISPRUDÊNCIA COMPREENDEM QUE CABE H.C. AS PUNIÇÕES DISCIPLINARES MILITARES?


6 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

DLRV Advogados Verified user icon

Há mais de um mês

De acordo com o artigo 142, parágrafo 2º da Constituição, "não caberá habeas corpus em relação a punições disciplinares militares."

No entanto, doutrina e jurisprudência entendem que tal artigo deve ser interpretado no sentido de que não cabe o uso do referido remédio constitucional quanto ao mérito da punição disciplinar.

Entretanto, como todos os princípios de Direito Penal devem ser aplicados para as infrações administrativas, entende-se que o Poder Judiciário tem o poder de examinar os pressupostos de legalidade da punição, cabendo, nesses casos, concessão de habeas corpus.

Desta maneira entendeu o STF, no RE 338.840:

"Não há que se falar em violação ao art. 142, 2º da CF, se a concessão de habeas corpus, impetrado contra punição disciplinar militar, volta-se tão-somente para os pressupostos de sua legalidade, excluindo a apreciação de questões referentes ao mérito. Concessão de ordem que se pautou pela apreciação dos aspectos fáticos da medida punitiva militar, invadindo seu mérito. A punição disciplinar militar atendeu aos pressupostos de legalidade, quais sejam, a hierarquia, o poder disciplinar, o ato ligado à função e a pena susceptível de ser aplicada disciplinarmente, tornando, portanto, incabível a apreciação do habeas corpus. Recurso conhecido e provido."

 

De acordo com o artigo 142, parágrafo 2º da Constituição, "não caberá habeas corpus em relação a punições disciplinares militares."

No entanto, doutrina e jurisprudência entendem que tal artigo deve ser interpretado no sentido de que não cabe o uso do referido remédio constitucional quanto ao mérito da punição disciplinar.

Entretanto, como todos os princípios de Direito Penal devem ser aplicados para as infrações administrativas, entende-se que o Poder Judiciário tem o poder de examinar os pressupostos de legalidade da punição, cabendo, nesses casos, concessão de habeas corpus.

Desta maneira entendeu o STF, no RE 338.840:

"Não há que se falar em violação ao art. 142, 2º da CF, se a concessão de habeas corpus, impetrado contra punição disciplinar militar, volta-se tão-somente para os pressupostos de sua legalidade, excluindo a apreciação de questões referentes ao mérito. Concessão de ordem que se pautou pela apreciação dos aspectos fáticos da medida punitiva militar, invadindo seu mérito. A punição disciplinar militar atendeu aos pressupostos de legalidade, quais sejam, a hierarquia, o poder disciplinar, o ato ligado à função e a pena susceptível de ser aplicada disciplinarmente, tornando, portanto, incabível a apreciação do habeas corpus. Recurso conhecido e provido."

 

User badge image

Ludivaldo

Há mais de um mês

Punição disciplinar militar é Ato Administrativo muito embora ocorra no âmbito da administração publica militar. Como ato administrativo deve o obedecer os principios que regem a administração pública. Dentre os principios, por exemplo o da 'legalidade', que no caso dos miltares toda punição deve obedecer a regulamentos e normas militares especificas, não ficando tão somente ao bel prazer do superior impor a punição.  ]

Tome-se como exemplo, caso um superior aplique sanção disciplinar para o qual não é competente, é cabível HC quanto as formalidades e legalidade do ato, embora a CF não permita HC quanto ao mérito da punição.

Neste sentido, STF - RE 338840:

RECURSO EXTRAORDINÁRIO. MATÉRIA CRIMINAL. PUNIÇAO DISCIPLINAR MILITAR.

Não há que se falar em violação ao art. 142, da CF, se a concessão de habeas corpus, impetrado contra punição disciplinar militar, volta-se tão-somente para os pressupostos de sua legalidade, exluindo a apreciação de questões referentes ao mérito . Concessão de ordem que se pautou pela apreciação dos aspectos fáticos da medida punitiva militar, invadindo seu mérito. A punição disciplicar militar atendeu aos pressupostos de legalidade, quais sejam, a hierarquia, o poder disciplinar, o ato ligado à função e a pena susceptível de ser aplicada disciplinarmente, tornando, portanto, incabível a apreciação do habeas corpus. Recurso conhecido e provido. (Grifamos)

disponivel em: http://lfg.jusbrasil.com.br/noticias/2212983/e-cabivel-habeas-corpus-contra-punicao-disciplinar-imposta-a-militar-leandro-vilela-brambilla

User badge image

Raudrey

Há mais de um mês

E nesse sentido cabe habeas corpus, não para julgar o mérito, mas para garantir esses princípios.
User badge image

Guilherme

Há mais de um mês

Ludivaldo Barbosa, obrigado pelo seu tempo em responder a pergunta!

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas