A maior rede de estudos do Brasil

Julgamento de ADIn por Ministro do STF se antes era Ministro de Estado

No caso de julgamento de ADIN, entende-se impedido Ministro do STF se, em condição anterior, referendou a lei ou ato normativo como Ministro de Estado?


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

DLRV Advogados Verified user icon

Há mais de um mês

Não.

O STF "decidiu, por unanimidade, que nos julgamentos das ações diretas de inconstitucionalidade não está impedido o ministro que na condição de ministro de Estado, haja referendado a lei ou o ato normativo objeto da ação. Também por unanimidade o Tribunal decidiu que está impedido nas ações diretas de inconstitucionalidade o ministro que, na condição de PGR, haja recusado representação para ajuizar ação direta de inconstitucionalidade."

[ADI 55 MC-QO, rel. min. Octavio Gallotti, j. 31-5-1989, P, DJ de 16-3-1990.]

Não.

O STF "decidiu, por unanimidade, que nos julgamentos das ações diretas de inconstitucionalidade não está impedido o ministro que na condição de ministro de Estado, haja referendado a lei ou o ato normativo objeto da ação. Também por unanimidade o Tribunal decidiu que está impedido nas ações diretas de inconstitucionalidade o ministro que, na condição de PGR, haja recusado representação para ajuizar ação direta de inconstitucionalidade."

[ADI 55 MC-QO, rel. min. Octavio Gallotti, j. 31-5-1989, P, DJ de 16-3-1990.]

User badge image

Paulo

Há mais de um mês

Com certeza, ele tem participação direta, logo, tratamos de uma situação objetiva, e não subjetiva. Portanto, existindo uma relação objetiva, fica claro a razão do impedimento, diante o exposto no caso em tela. Espero ter ajudado, ou de qualquer forma contribuido para a resposta, se gostou não deixa de aprovar, obrigado!

 

User badge image

Emerson

Há mais de um mês

Valeu pela dica Dr. 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas