A maior rede de estudos do Brasil

Em Schopenhauer desejo e vontade tem o mesmo conceito filosófico?

FilosofiaUFAL

2 resposta(s)

User badge image

Sabrina

Há mais de um mês

A essência do mundo para Schopenhauer é uma Vontade cega que culmina na produção do mundo dos fenômenos (o mundo no qual vivemos) quando a vontade se volta sobre si mesma e entra em discórdia consigo. Em seu texto, Vontade e Desejo são palavras equivalentes que podem ser substituídas durante a leitura. Então podemos acreditar que elas têm o mesmo conceito filósofico já que "Todo querer nasce de uma necessidade, portanto de uma carência, logo de um sofrimento. A satisfação põe um fim ao sofrimento; todavia, contra cada desejo satisfeito, permanecem pelo menos dez que não o são." (O mundo como Vontade e como representação, SCHOPENHAUER).

Como vontade e desejo acabam representando a mesma ideia durante seu livro, a resposta seria sim.

A essência do mundo para Schopenhauer é uma Vontade cega que culmina na produção do mundo dos fenômenos (o mundo no qual vivemos) quando a vontade se volta sobre si mesma e entra em discórdia consigo. Em seu texto, Vontade e Desejo são palavras equivalentes que podem ser substituídas durante a leitura. Então podemos acreditar que elas têm o mesmo conceito filósofico já que "Todo querer nasce de uma necessidade, portanto de uma carência, logo de um sofrimento. A satisfação põe um fim ao sofrimento; todavia, contra cada desejo satisfeito, permanecem pelo menos dez que não o são." (O mundo como Vontade e como representação, SCHOPENHAUER).

Como vontade e desejo acabam representando a mesma ideia durante seu livro, a resposta seria sim.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes