A maior rede de estudos do Brasil

a respiracao celular se processa em etapas distintas:glicólise,etapa intermediaria,ciclo de krebs e cadeia respiratoria.explique detalhadamente cada u

Bioquímica IESTÁCIO

2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A respiração celular é o processo pelo qual os organismos combinamoxigênio com moléculas de alimento , desviando a energia química dessas substâncias em atividades de sustentação da vida e descartando, como resíduos, dióxido de carbono e água. Organismos que não dependem de oxigênio degradam alimentos em um processo chamado fermentação .


A glicólise (que também é conhecida como a via glicolítica ou a via de Embden-Meyerhof-Parnas) é uma sequência de 10 reações químicas que ocorrem na maioria das células que decompõem uma molécula de glicose em duas moléculas de piruvato (ácido pirúvico). A energia liberada durante a quebra de glicose e outras moléculas de combustível orgânico de carboidratos , gorduras e proteínas durante a glicólise é capturada e armazenada em ATP.


O ciclo de TCA (que também é conhecido como o ciclo de Krebs ou ácido cítrico ) desempenha um papel central na decomposição ou catabolismo de moléculas de combustível orgânico. O ciclo é composto de oito etapas catalisadas por oito diferentes enzimas que produzem energia em vários estágios diferentes.


No Fase de fosforilação oxidativa , cada par de átomos de hidrogênio removidos do NADH e FADH 2 fornece um par de elétrons que - através da ação de uma série de hemoproteínas contendo ferro , os citocromos - reduzem, de fato, um átomo de oxigênio para formar água .

A respiração celular é o processo pelo qual os organismos combinamoxigênio com moléculas de alimento , desviando a energia química dessas substâncias em atividades de sustentação da vida e descartando, como resíduos, dióxido de carbono e água. Organismos que não dependem de oxigênio degradam alimentos em um processo chamado fermentação .


A glicólise (que também é conhecida como a via glicolítica ou a via de Embden-Meyerhof-Parnas) é uma sequência de 10 reações químicas que ocorrem na maioria das células que decompõem uma molécula de glicose em duas moléculas de piruvato (ácido pirúvico). A energia liberada durante a quebra de glicose e outras moléculas de combustível orgânico de carboidratos , gorduras e proteínas durante a glicólise é capturada e armazenada em ATP.


O ciclo de TCA (que também é conhecido como o ciclo de Krebs ou ácido cítrico ) desempenha um papel central na decomposição ou catabolismo de moléculas de combustível orgânico. O ciclo é composto de oito etapas catalisadas por oito diferentes enzimas que produzem energia em vários estágios diferentes.


No Fase de fosforilação oxidativa , cada par de átomos de hidrogênio removidos do NADH e FADH 2 fornece um par de elétrons que - através da ação de uma série de hemoproteínas contendo ferro , os citocromos - reduzem, de fato, um átomo de oxigênio para formar água .

User badge image

Emanuel

Há mais de um mês

A glicose será oxidada (glicólise) até Piruvato por meio de 10 reação catalisadas por enzimas, sendo as 5 primeiras para quebrar a hexose em trioses, e as 5 ultimas para tranformar o Gliceraldeído (primeira triose) em Piruvato. O Piruvato será dividido em Acetato e gás carbonico, o Acetato se ligará a uma Coenzima (Coenzima A) formando o Acetil-CoA que se ligará ao Oxalacetato e iniciando o ciclo de Krebs. Os dois compostos juntos darão o Citrato, depois Isocitrato, alfa-cetoglutarato, succinil, succinato, malato, fumarato e novamento o oxalacetato para retomar o ciclo. Nesse processo entrará NAD e FAD e sairá NADH, FADH (que serão reoxidados na cadeia respiratória) e CO2

A cadeia respiraforia consiste em retirar os prótons do NADH e do FADH e reagindo eles com O2 após passado os eletrons carregados por 5 complexos, formando água  

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas