A maior rede de estudos do Brasil

Foi declarada inconstitucional

Meus caros colegas, vamos falar um pouco sobre constitucionalidade.

Para que um Projeto de Lei, emenda constitucional, entre outros, seja considerada constitucional ela  deve passar por alguns niveis de controle. Nos quais são....

 


1 resposta(s)

User badge image

Carlos Henrique

Há mais de um mês

Antes de tudo, vamos separar as coisas.

Primeiro o conceito de inconstitucionalidade e constitucionalidade é um tanto quanto simples. Para ser constitucional basta a apenas que o dispositivo legal que se está discutindo, não se oponha à Constituição, ou seja, não vá de contra, não contradiga. Para que seja inconstitucional, o inverso, isso é claro a todos nos.

Segundo, creio que a pergunta certa é: “por meio de quais processos normativos um PL necessita passar, para ser aprovado?”. Pois, há leis (emendas são caso a parte), que após serem sancionadas, passam a serem julgadas inconstitucionais, ou seja, elas passaram pelos mesmos tramites de leis que são ditas constitucionais, mas ainda assim, são inconstitucionais. E também a questão de uma emenda ser inconstitucional; pare para pensar – a emenda é parte da constituição, tão logo não pode ser inconstitucional – o que pode haver nesse sentido é uma PEC, pleitear uma modificação que tange alguma cláusula pétrea.

Mas vamos ao processo legislativo.

  1. Há de sempre lembrar que, o processo muda de acordo com a espécie de norma, por exemplo, o quorum de aprovação de leis ordinárias, e emendas são diferentes. Além é claro, das leis Federais, Estaduais e Municipais, que por sua vez, também passam por processos distintos

Mas de uma maneira geral e bem sucinta, acontece dessa forma:

- É criado o projeto;

- Este, vai para uma Comissão revisão;

- Aprovado na comissão, ela vai para as casas se legislativas;

- Primeiramente passa por, se aprovada, vai para a outra para ser revisada e aprovada(quando há pluralidade de casas legislativas. Ex: câmara de vereadores é una);

- Aprovada pelo respectivo quorum em ambas as casas, segue para a sanção do membro líder do executivo;

- Sancionada ela entra em vigência.

 

 

Deixo estes dois links, que falam sobre a emenda e o processo legislátivo. Ambos são sucintos (não tanto quanto eu fui xD) e bem concisos.

http://atualidadesdodireito.com.br/moysessimaosznifer/2013/04/29/emenda-constitucional-inconstitucional/

http://mundoestranho.abril.com.br/materia/como-uma-lei-e-criada-e-aprovada

Antes de tudo, vamos separar as coisas.

Primeiro o conceito de inconstitucionalidade e constitucionalidade é um tanto quanto simples. Para ser constitucional basta a apenas que o dispositivo legal que se está discutindo, não se oponha à Constituição, ou seja, não vá de contra, não contradiga. Para que seja inconstitucional, o inverso, isso é claro a todos nos.

Segundo, creio que a pergunta certa é: “por meio de quais processos normativos um PL necessita passar, para ser aprovado?”. Pois, há leis (emendas são caso a parte), que após serem sancionadas, passam a serem julgadas inconstitucionais, ou seja, elas passaram pelos mesmos tramites de leis que são ditas constitucionais, mas ainda assim, são inconstitucionais. E também a questão de uma emenda ser inconstitucional; pare para pensar – a emenda é parte da constituição, tão logo não pode ser inconstitucional – o que pode haver nesse sentido é uma PEC, pleitear uma modificação que tange alguma cláusula pétrea.

Mas vamos ao processo legislativo.

  1. Há de sempre lembrar que, o processo muda de acordo com a espécie de norma, por exemplo, o quorum de aprovação de leis ordinárias, e emendas são diferentes. Além é claro, das leis Federais, Estaduais e Municipais, que por sua vez, também passam por processos distintos

Mas de uma maneira geral e bem sucinta, acontece dessa forma:

- É criado o projeto;

- Este, vai para uma Comissão revisão;

- Aprovado na comissão, ela vai para as casas se legislativas;

- Primeiramente passa por, se aprovada, vai para a outra para ser revisada e aprovada(quando há pluralidade de casas legislativas. Ex: câmara de vereadores é una);

- Aprovada pelo respectivo quorum em ambas as casas, segue para a sanção do membro líder do executivo;

- Sancionada ela entra em vigência.

 

 

Deixo estes dois links, que falam sobre a emenda e o processo legislátivo. Ambos são sucintos (não tanto quanto eu fui xD) e bem concisos.

http://atualidadesdodireito.com.br/moysessimaosznifer/2013/04/29/emenda-constitucional-inconstitucional/

http://mundoestranho.abril.com.br/materia/como-uma-lei-e-criada-e-aprovada

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes