A maior rede de estudos do Brasil

Tendo em vista as normas constitucionais vigentes acerca do processo legislativo de Emenda, assinale as DUAS alternativas CORRETAS:

A) A CF/88 é semirígida no tocante a sua flexibilidade.

B) Trata-se de uma Constituição de Garantia: escrita, com separação de poderes e apenas declarações de direitos.

C) Se uma medida proposta de Emenda for rejeitada ou prejudicada, pode ser reapresentada com um quórum de maioria absoluta no próximo mês depois de rejeição.

D) Os projetos de emendas estão sujeitos as cláusulas pétreas implícitas, que impedem não a revogação, mas a simples discussão.

E) As limitações explícitas existem, mas o rol do artigo 60 não é taxativo, pois há direitos espalhados pela "Lei Maior".


2 resposta(s)

User badge image

Natália

Há mais de um mês

A Constituição brasileira é rígida (exige um processo mais dificultoso para sua alteração) e dirigente (enuncia diretrizes, programas e fins a serem seguidos). Um projeto de EC rejeitado só prode ser reapresentado na próxima sessão legislativa. As cláusulas pétreas implícitas, assim como as explícitas, são limitações materiais ao poder de reforma, não podendo sofrer exclusão (revogação) ou modificação. Por isso, considero que a única alternativa correta seja a letra "E".

A Constituição brasileira é rígida (exige um processo mais dificultoso para sua alteração) e dirigente (enuncia diretrizes, programas e fins a serem seguidos). Um projeto de EC rejeitado só prode ser reapresentado na próxima sessão legislativa. As cláusulas pétreas implícitas, assim como as explícitas, são limitações materiais ao poder de reforma, não podendo sofrer exclusão (revogação) ou modificação. Por isso, considero que a única alternativa correta seja a letra "E".

User badge image

Lyra

Há mais de um mês

Nossa.. achei essa questão esquisita, entendo que não há nenhuma assertiva técnicamente correta. A) ERRADA: a CF88 é rígida, entendimento pacifico. B) Errada: fala-se em constituição balanço, garantia e dirigente -> a CF88 é dirigente, mas cabe ressaltar que toda constituição dirigente é garantia, ela é garantia e tem o plus de impor diretrizes e planos de governo.. o questionador quis afastar essa interpretação dizendo que "apenas declara direitos". C) ERRADA: como muito bem ressaltou a colega Natália, apenas proxima sessão legislativa, que se inicia em 2 de fevereiro do ano seguinte. D) MEIO ERRADA: as clausulas petreas "impedem a discussão de emendas tendentes a abolir ", bem como causam a inconstitucionalidade (uma forma de revogação?).. e de fato existem clausuas petreas implicitas, como é o caso do caput do art 60. E) MEIO ERRADA: o art 60 é sim taxativo em relação as clausulas petreas expressas, não há nenhuma outra menção a proibição de Emenda de maneira expressa na CF, por isso entendo que as limitações expressas são taxativas. Existe uma abertura causada pelo inciso IV, afinal existem inumeros direitos fundamentais espalhados pela CF. A existência de um inciso de abertura não significa que o rol é exemplificativo. Afinal as clausulas petreas são uma restrição ao Poder COnstituido, causam a inalterabilidade de dispositivos pelas geraçÕes vindouras.. o que gera a dúvida é se o questionador quis dizer que a interpretação que coloca os direitos coletivos como clausula petrea, ampliando o alcane do inciso IV torna o rol exemplificativo...achei bizarra a pergunta, parece-me todas imprecisas, mas eu ficaria com D e E

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes