A maior rede de estudos do Brasil

Por quê a intensidade da ligação covalente, na água e no vácuo, mantem-se constante? Por quê isso não acontece com a ligação iônica?

Por quê a intensidade da ligação covalente, na água e no vácuo, mantem-se constante? Por quê isso não acontece com a ligação iônica?


7 resposta(s)

User badge image

Deivid

Há mais de um mês

A diferença reside no fato de que na ligação iônica a força da ligação é feita por atração eletrostática das cargas dos íons. Nas ligações covalentes ocorre um compartilhamento de pares de elétrons o que torna a ligação mais forte e mantém as moléculas unidas.

Ainda, em relação à força de ligação manter-se constante na água e no vácuo se dá devido a exatamente isso. A ligação se considera tão forte que tanto na água, quanto no vácuo será constante, visto que não depende de força de atração, mas de necessidade de estabilização dos átomos que compartilham elétrons.

A diferença reside no fato de que na ligação iônica a força da ligação é feita por atração eletrostática das cargas dos íons. Nas ligações covalentes ocorre um compartilhamento de pares de elétrons o que torna a ligação mais forte e mantém as moléculas unidas.

Ainda, em relação à força de ligação manter-se constante na água e no vácuo se dá devido a exatamente isso. A ligação se considera tão forte que tanto na água, quanto no vácuo será constante, visto que não depende de força de atração, mas de necessidade de estabilização dos átomos que compartilham elétrons.

User badge image

Especialistas PD

Há mais de um mês

Na ligação iônica, os compostos por serem unidos através da atração eletrostática entre íons de cargas opostas, em meio aquoso os íons se dissociam. Nos compostos moleculares, por serem unidos por compartihamento de pares eletrônicos, a ligação é mais forte e mantém as moléculas unidas tanto na água como no vácuo.

User badge image

Deirijane

Há mais de um mês

Por serem unidos por atração eletrostática, os íons normalmente se dissociam na água, que possui um certa polaridade e é um solvente universal. Por serem unidas por compartihamento de elétrons, as moáculas não se dissociam, apenas podem reagir com algumas substâncias, geralmente essa substância não é a água. 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes