A maior rede de estudos do Brasil

O que é Direito?

gostaria de saber dos futuros dooutores o conceito que dão as nossas regras de convívio.

se possivel CONCEITOS PROPRIOS.


7 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

DLRV Advogados Verified user icon

Há mais de um mês

A definição de Direito é objeto de celeuma entre os estudiosos da matéria.

A necessidade de uma convivência ordenada impõe-se como condição para a subsistência da sociedade. O direito corresponde a essa exigência ordenando as relações sociais através de normas obrigatórias de organização e comportamento humano.

Miguel Reale define o direito como sendo “a ordenação das relações de convivência”.

Telles Jr., neste mesmo sentido, conceitua-o como “a disciplina da convivência”.

Por sua vez, Paulo Nader, em sua brilhante definição, assim considera: “direito é um conjunto de normas de conduta social, imposto coercitivamente pelo Estado, para a realização da segurança, segundo os critérios de justiça”.

O fim do Direito é regular a conduta dos membros da sociedade visando à harmonia da vida social. É um instrumento de controle social a serviço da ordem e do bem comum.

Por este motivo, ele irá disciplinar apenas os fatos sociais mais relevantes para o convívio social. Ele irá disciplinar, principalmente, as relações de conflitos e, quanto às relações de cooperação e competição, somente onde houver situação potencialmente conflituosa.

Betioli ressalta que:

O direito não visa ao aperfeiçoamento interior do homem; essa meta pertence à moral. Não pretende preparar o ser humano para uma vida supraterrena, ligada a Deus, finalidade buscada pela religião. Nem se preocupa em incentivar a cortesia, o cavalheirismo ou as normas de etiqueta, campo específico das regras de trato social, que procuram aprimorar o nível das relações sociais.

Émile Durkheim ressalta que “a sociedade sem o direito não resistiria, seria anárquica, teria o seu fim. O direito é a grande coluna que sustenta a sociedade. Criado pelo homem, para corrigir a sua imperfeição, o direito representa um grande esforço para adaptar o mundo exterior às suas necessidades de vida.

A definição de Direito é objeto de celeuma entre os estudiosos da matéria.

A necessidade de uma convivência ordenada impõe-se como condição para a subsistência da sociedade. O direito corresponde a essa exigência ordenando as relações sociais através de normas obrigatórias de organização e comportamento humano.

Miguel Reale define o direito como sendo “a ordenação das relações de convivência”.

Telles Jr., neste mesmo sentido, conceitua-o como “a disciplina da convivência”.

Por sua vez, Paulo Nader, em sua brilhante definição, assim considera: “direito é um conjunto de normas de conduta social, imposto coercitivamente pelo Estado, para a realização da segurança, segundo os critérios de justiça”.

O fim do Direito é regular a conduta dos membros da sociedade visando à harmonia da vida social. É um instrumento de controle social a serviço da ordem e do bem comum.

Por este motivo, ele irá disciplinar apenas os fatos sociais mais relevantes para o convívio social. Ele irá disciplinar, principalmente, as relações de conflitos e, quanto às relações de cooperação e competição, somente onde houver situação potencialmente conflituosa.

Betioli ressalta que:

O direito não visa ao aperfeiçoamento interior do homem; essa meta pertence à moral. Não pretende preparar o ser humano para uma vida supraterrena, ligada a Deus, finalidade buscada pela religião. Nem se preocupa em incentivar a cortesia, o cavalheirismo ou as normas de etiqueta, campo específico das regras de trato social, que procuram aprimorar o nível das relações sociais.

Émile Durkheim ressalta que “a sociedade sem o direito não resistiria, seria anárquica, teria o seu fim. O direito é a grande coluna que sustenta a sociedade. Criado pelo homem, para corrigir a sua imperfeição, o direito representa um grande esforço para adaptar o mundo exterior às suas necessidades de vida.

User badge image

Keilah

Há mais de um mês

Fiz alguns semestres de Direito (antes de deixar o curso), e tenho o Direito como o seguinte: O Direito pode ser visto como a sua própria ciência ou um conjunto de normas jurídicas de regem as sociedades (não esquecendo das normas não positivadas). Esse também pode tomar o sentido daquilo que é justo (relacionando-o intimamente à justiça), reto e conforme a lei, dentro dos parâmetros estabelicidos ara manter a ordem e o desenvolvimento de uma sociedade. E ainda: podemos utilizar o sentido de Direito como um regalia, um previlégio, que todo e qualquer cidadão possui dentro de seu Estado (ex.: Título II de nossa CF). Espero ter ajudado! 

User badge image

Lyra

Há mais de um mês

Darei um conceito de direito à luz da teoria tridimensional do direito formulada por MIguel Reale. Direito é a construção cultural e é a disciplina normativa, heteronoma, bilateral e imperativo-atributiva da vida exterior e relacional das pessoas, dotada de validade eficácia e coercibilidade, tendente a realização da segurança, equilibrio e bem comum, dentro de uma sociedade organizada pela captação, tradução e aplicação do valor eterno JUSTIÇA!

User badge image

André

Há mais de um mês

Muito boa a resposta da Keilah, que citou o Direito como ciência do direito(Jurisprudência), direito objetivo(positivo), direito subjetivo(as "regalias") e ainda a relação íntima, mas distinta, da justiça. Tudo isso de maneira própria, sem CTRL+C / CTRL+V.

+1

Adicionaria, não obstante, o aspecto intersubjetivo do direito, que vincula o direito a ser ENTRE SUJEITOS, ou seja, relações jurídicas.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas