A maior rede de estudos do Brasil

2- Explique porque o rol das atenuantes previstas nos arts. 65 e 66 é doutrinariamente conhecido por “rol exemplificativo”. Do mesmo modo porque as ag

1-    Explique porque o rol das atenuantes previstas nos arts. 65 e 66 é doutrinariamente conhecido por “rol exemplificativo”. Do mesmo modo porque as agravantes dos arts. 61 e 62 são conhecidos doutrinariamente por “rol taxativo”.

Direito Penal IPITÁGORAS

1 resposta(s)

User badge image

Estudante

Há mais de um mês

Veja bem, os arts. 61 e 62, são situações em que, se estiverem presentes agravaram a pena do réu; não pode o juiz utilizar a analogia, ou até seu próprio censo crítico para agravar a pena, somente poderá utilizar aquelas que já foram estabelecidas taxativamente (rol esgotado, apenas aqueles, não há outros).

Os arts. 65 e 66, são situaçãoes em que podem atenuar (deixar menos grave) a pena, podendo o juiz utilizar a analogia, ou o seu censo crítico, desde que devidamente justificado, utilizar de outras atenuantes que não esteja expresso, esse rol se torna exemplificativo para que o juiz o utilize e tenha como base sobre como atenuar a pena.

Veja bem, os arts. 61 e 62, são situações em que, se estiverem presentes agravaram a pena do réu; não pode o juiz utilizar a analogia, ou até seu próprio censo crítico para agravar a pena, somente poderá utilizar aquelas que já foram estabelecidas taxativamente (rol esgotado, apenas aqueles, não há outros).

Os arts. 65 e 66, são situaçãoes em que podem atenuar (deixar menos grave) a pena, podendo o juiz utilizar a analogia, ou o seu censo crítico, desde que devidamente justificado, utilizar de outras atenuantes que não esteja expresso, esse rol se torna exemplificativo para que o juiz o utilize e tenha como base sobre como atenuar a pena.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes