A maior rede de estudos do Brasil

1-A partir do texto acima , escolha uma das transformações culturais, citadas pelo autor, e descreva como ela determina a nossa subjetividade e indiv

1-A partir do texto acima , escolha uma das transformações culturais,  citadas pelo autor, e descreva como ela determina a nossa subjetividade e individualização.


2 resposta(s)

User badge image

sandra

Há mais de um mês

Analise o caso apresentado utilizando os conceitos de gênero e de violência de gênero, seguindo o seguinte roteiro:

• Descreva o conceito de gênero.

R- São as diferenças entre o Homem e a mulher quanto aos papeis que lhes são atribuídos pela sociedade, num determinado momento, num contexto histórico cultural.

• Descreva o conceito de violência de gênero.

R- São as diferenças impostas menosprezadamente pelo cônjuge, ou seja, a indução paulatinamente da perda dos direitos até a pratica do ato violento em sí, seja ela física ou psicológica.

• Como esses conceitos podem explicar a situação descrita.

R- Observa-se que no conceito de gênero da situação descrita já se vê a inferioridade de Ana, que esperou 23 anos para sair desse sofrimento, das humilhações e dos espancamentos a ela aferida. Pois ali Roberto deixara clara a função dela nessa relação.

R- O Casal já vivenciou essa violência desde o namoro. Roberto procurava manter um controle ríspido com relação a conduta e a liberdade de Ana, que as interpretava como sendo simplesmente ciúme. Tal ato já se encontra previsto na Lei 11.340, caput. Roberto em sua defesa ainda espõe Ana, culpando-a pelo comportamento, a quem considerava desobediente e lerda para os serviços domésticos.

1. Em maio de 2010, o Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão lança a Portaria nº. 233 assegurando aos servidores públicos, no âmbito da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional, o uso do nome social adotado por travestis e transexuais, ou seja, aquele nome pelo qual essas pessoas se identificam e são identificadas pela sociedade. Essa normativa é mais uma, dentre tantas (ver http://www.abglt.org.br/port/nomesocial.php), que reconhecem o direito ao respeito à identidade de gênero. A respeito desse conceito identidade de gênero, podemos afirmar que: (Assinale a alternativa INCORRETA e JUSTIFIQUE A SUA RESPOSTA)

a) A identidade de gênero diz respeito ao sentimento de pertencer a um gênero, independente do sexo biológico. (é o caso dos transsexuais)

b) A identidade de gênero refere-se a como cada um de nós nos identificamos: como homem ou como mulher.

c) A identidade de gênero é independente da orientação sexual.

d) A orientação sexual define a identidade de gênero.

A Identidade de Generos nasce conosco. Uma criança de 4 ou cinco anos já reconhece sua identidade de gênero, no entanto ainda não tem uma orientação sexual.

e) A orientação sexual expressa a direção do desejo e do afeto em relação a alguém do mesmo gênero ou do gênero oposto.

Analise o caso apresentado utilizando os conceitos de gênero e de violência de gênero, seguindo o seguinte roteiro:

• Descreva o conceito de gênero.

R- São as diferenças entre o Homem e a mulher quanto aos papeis que lhes são atribuídos pela sociedade, num determinado momento, num contexto histórico cultural.

• Descreva o conceito de violência de gênero.

R- São as diferenças impostas menosprezadamente pelo cônjuge, ou seja, a indução paulatinamente da perda dos direitos até a pratica do ato violento em sí, seja ela física ou psicológica.

• Como esses conceitos podem explicar a situação descrita.

R- Observa-se que no conceito de gênero da situação descrita já se vê a inferioridade de Ana, que esperou 23 anos para sair desse sofrimento, das humilhações e dos espancamentos a ela aferida. Pois ali Roberto deixara clara a função dela nessa relação.

R- O Casal já vivenciou essa violência desde o namoro. Roberto procurava manter um controle ríspido com relação a conduta e a liberdade de Ana, que as interpretava como sendo simplesmente ciúme. Tal ato já se encontra previsto na Lei 11.340, caput. Roberto em sua defesa ainda espõe Ana, culpando-a pelo comportamento, a quem considerava desobediente e lerda para os serviços domésticos.

1. Em maio de 2010, o Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão lança a Portaria nº. 233 assegurando aos servidores públicos, no âmbito da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional, o uso do nome social adotado por travestis e transexuais, ou seja, aquele nome pelo qual essas pessoas se identificam e são identificadas pela sociedade. Essa normativa é mais uma, dentre tantas (ver http://www.abglt.org.br/port/nomesocial.php), que reconhecem o direito ao respeito à identidade de gênero. A respeito desse conceito identidade de gênero, podemos afirmar que: (Assinale a alternativa INCORRETA e JUSTIFIQUE A SUA RESPOSTA)

a) A identidade de gênero diz respeito ao sentimento de pertencer a um gênero, independente do sexo biológico. (é o caso dos transsexuais)

b) A identidade de gênero refere-se a como cada um de nós nos identificamos: como homem ou como mulher.

c) A identidade de gênero é independente da orientação sexual.

d) A orientação sexual define a identidade de gênero.

A Identidade de Generos nasce conosco. Uma criança de 4 ou cinco anos já reconhece sua identidade de gênero, no entanto ainda não tem uma orientação sexual.

e) A orientação sexual expressa a direção do desejo e do afeto em relação a alguém do mesmo gênero ou do gênero oposto.

User badge image

sandra

Há mais de um mês

Uma questão interessante que, por certo, merece destaque no estudo do surgimento da psicologia como ciência no século XIX, na minha opinião, trata-se da subjetividade privatizada. No excelente trabalho Psicologia ? uma (nova) introdução, dos professores Luís Cláudio Mendonça Figueiredo e Pedro Luiz Ribeiro de Santi, deparamo-nos com duas condições (fundamentais) para o conhecimento científico da psicologia: uma experiência clara da subjetividade privatizada e a experiência da crise desta mesma subjetividade. Mas o que vem a ser a subjetividade privatizada? Pelo que percebemos, estamos falando da nossa individualidade, dos nossos desejos, do nosso ?eu?, enfim, daquilo que está dentro de nós e que somente nós temos contato. E quanto à crise? Bem, estaríamos diante das transformações culturais ao longo dos anos, tais como religiosidade, arte, valores, costumes etc., determinando, de certa forma, a subjetivação e a individualização. Mas é aqui que o homem percebe que conceitos como liberdade, individualidade e igualdade não passam de meras ilusões. Há uma perplexidade, inclusive quando descobre não existir muita diferença entre os homens.

MENDES JUNIOR. Psicologia como ciência : a crise da subjetividade privatizada. Disponível em http://www.cronopios.com.br/site/artigos.asp?id=3381

Acesso em 08 jun. 2013

1-A partir do texto acima escolha uma das transformações culturais, citadas pelo autor, e descreva como ela determina a nossa subjetividade e individualização.

Resposta: Os valores determinam a nossa individualização, pois nos desenvolvemos ela com o decorrer da nossa vida. Fazendo com que cada indivíduo possua valores, desejos e perspectivas diferentes uns dos outros.

2- ..." Mas é aqui que o homem percebe que conceitos como liberdade, individualidade e igualdade não passam de meras ilusões". Desenvolva esta afirmativa.

Resposta: ..." Mas é aqui que o homem percebe que conceitos como liberdade, individualidade e igualdade não passam de meras ilusões". Esta afirmativa desenvolve a ideia de que o indivíduo está sempre sendo influenciado pelas regras da sociedade.

QUESTÃO

Marque a alternativa correta:

O conhecimento produzido pela Psicologia na atualidade originou:

I -uma extensão dos campos e dos métodos de atuação do psicólogo que o está levando a uma perda da identidade profissional.

II - alternativas psicoterapêuticas que estão levando o psicólogo de volta a seu

lugar ideal de trabalho: o consultório

III -novos conhecimentos sobre grupos e instituições que ampliam as possibilidades de ação do psicólogo para além da clínica.

É correto APENAS o que se afirma em

A I.

B II.

C III.

D I e II.

E II e III Resposta: C

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes