A maior rede de estudos do Brasil

Contabilidade Comercial

Considerando que determinada empresa utiliza o sistema de inventario permanente para controlar os seus estoques, efetue o lançamento contábil em formato de razonetes e apresente o saldo da conta estoque, depois de concluídos as movimentações Vejamos as movimentações:

Lançamento 1 Dia 1 de Dezembro - compra de 200 parafusos ao valor unitário de 0,25 cada unidade

Lançamento 2 Dia 1 de Dezembro - compra de 200 arruelas ao valor unitário de 0,05 cada unidade

Lançamento 3 Dia 5 de Dezembro - Venda de 50 conjuntos (parafusos + arruelas) ao valor unitário de 0,50 cada conjunto

Lançamento 4 Dia 10 de Dezembro - Compra de 100 arruelas ao valor unitário de 0,10 cada unidade

Lançamento 5 Dia 15 de Dezembro - Venda de 150 parafusos ao valor unitário de 0,50 cada unidade

Agora contabilize os fatos em formato de razonetes da conta contábil de estoque.

 


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O sistema de Inventário Permanente pressupõe um controle individualizado, diário e sistemático das entradas e saídas dos Estoques de Produtos. Este tipo de controle é indispensável quando existe relevância em mensurar cada estoque de forma individualizada, fazendo separação entre saldos de cada produto.

Conforme exigência do enunciado, a contabilização deve ser feita em forma de razonetes. Razonete é uma ferramenta que simplifica o Razão, tratando cada conta contábil de forma individual. Esta ferramenta é retratada em forma de “T”, uma separação com duas colunas onde o lado esquerdo representa os fatos em DÉBITO e o lado esquerdo representa os fatos em CRÉDITO, conforme ilustração abaixo:



Para fim do exercício proposto, iremos separar a conta Estoques em Estoques de Parafusos e Estoques de Arruelas e faremos seu controle e contabilização de forma individual. Abaixo segue a relação de lançamentos:

  • Lançamento 1 Dia 1 de Dezembro - compra de 200 parafusos ao valor unitário de 0,25 cada unidade. O valor de R$ 50,00 (200 x 0,25) será debitado na conta Estoques Parafusos, uma vez que este aumenta o ativo estoques e, em contrapartida, será creditado de um disponível (caixa ou banco) ou fornecedores a pagar, uma vez que a aquisição de estoques constitui em uma diminuição de ativos monetários ou uma obrigação com fornecedores.

  • Lançamento 2 Dia 1 de Dezembro - compra de 200 arruelas ao valor unitário de 0,05 cada unidade. O valor de R$ 10,00 (200 x 0,05) será debitado na conta Estoques Arruelas, uma vez que este aumenta o ativo estoques e, em contrapartida, será creditado de um disponível (caixa ou banco) ou fornecedores a pagar, uma vez que a aquisição de estoques constitui em uma diminuição de ativos monetários ou uma obrigação com fornecedores.

  • Lançamento 3 Dia 5 de Dezembro - Venda de 50 conjuntos (parafusos + arruelas) ao valor unitário de 0,50 cada conjunto. A ocorrência de Vendas resultado no reconhecimento de uma receita. Neste caso é necessário realizar dois lançamentos, o reconhecimento das vendas em regime de competência e a baixa dos estoques que foram consumidos/vendidos. Primeiramente se reconhece um crédito em Receita com Vendas e um débito em um disponível (para pagamentos à vista) ou clientes (para pagamentos à prazo), no valor de R$ 50,00. Posteriormente, reconhece a baixa dos estoques (50 parafusos e 50 arruelas), respectivamente nos valores de R$ 12,50 e R$ 2,50. Estes valores serão creditados de seus respectivos estoques e, em contrapartida, resultarão em um crédito na conta C.M.V. (custo da mercadoria vendida). Uma conta de resultado e redutora da receita bruta que possibilitará a mensuração do lucro bruto.

  • Lançamento 4 Dia 10 de Dezembro - Compra de 100 arruelas ao valor unitário de 0,10 cada unidade. O valor de R$ 10,00 (100 x 0,10) será debitado na conta Estoques Arruelas, uma vez que este aumenta o ativo estoques e, em contrapartida, será creditado de um disponível (caixa ou banco) ou fornecedores a pagar, uma vez que a aquisição de estoques constitui em uma diminuição de ativos monetários ou uma obrigação com fornecedores

  • Lançamento 5 Dia 15 de Dezembro - Venda de 150 parafusos ao valor unitário de 0,50 cada unidade. Primeiramente se reconhece um crédito em Receita com Vendas e um débito em um disponível (para pagamentos à vista) ou clientes (para pagamentos à prazo), no valor de R$ 75,00. Posteriormente, reconhece a baixa dos estoques (150 parafusos), no valores de R$ 37,50. Este valor será creditado no estoque de parafusos, em contrapartida, resultará em um crédito na conta C.M.V. (custo da mercadoria vendida).

  • Os razonetes estão identificados abaixo com o número de seus respectivos lançamentos:

  • Abaixo segue controle simples e saldos dos estoques conforme lançamentos:

  • Lançamento 1 Dia 1 de Dezembro - compra de 200 parafusos ao valor unitário de 0,25 cada unidade

  • Lançamento 2 Dia 1 de Dezembro - compra de 200 arruelas ao valor unitário de 0,05 cada unidade

  • Lançamento 3 Dia 5 de Dezembro - Venda de 50 conjuntos (parafusos + arruelas) ao valor unitário de 0,50 cada conjunto

  • Lançamento 4 Dia 10 de Dezembro - Compra de 100 arruelas ao valor unitário de 0,10 cada unidade

  • Lançamento 5 Dia 15 de Dezembro - Venda de 150 parafusos ao valor unitário de 0,50 cada unidade

O sistema de Inventário Permanente pressupõe um controle individualizado, diário e sistemático das entradas e saídas dos Estoques de Produtos. Este tipo de controle é indispensável quando existe relevância em mensurar cada estoque de forma individualizada, fazendo separação entre saldos de cada produto.

Conforme exigência do enunciado, a contabilização deve ser feita em forma de razonetes. Razonete é uma ferramenta que simplifica o Razão, tratando cada conta contábil de forma individual. Esta ferramenta é retratada em forma de “T”, uma separação com duas colunas onde o lado esquerdo representa os fatos em DÉBITO e o lado esquerdo representa os fatos em CRÉDITO, conforme ilustração abaixo:



Para fim do exercício proposto, iremos separar a conta Estoques em Estoques de Parafusos e Estoques de Arruelas e faremos seu controle e contabilização de forma individual. Abaixo segue a relação de lançamentos:

  • Lançamento 1 Dia 1 de Dezembro - compra de 200 parafusos ao valor unitário de 0,25 cada unidade. O valor de R$ 50,00 (200 x 0,25) será debitado na conta Estoques Parafusos, uma vez que este aumenta o ativo estoques e, em contrapartida, será creditado de um disponível (caixa ou banco) ou fornecedores a pagar, uma vez que a aquisição de estoques constitui em uma diminuição de ativos monetários ou uma obrigação com fornecedores.

  • Lançamento 2 Dia 1 de Dezembro - compra de 200 arruelas ao valor unitário de 0,05 cada unidade. O valor de R$ 10,00 (200 x 0,05) será debitado na conta Estoques Arruelas, uma vez que este aumenta o ativo estoques e, em contrapartida, será creditado de um disponível (caixa ou banco) ou fornecedores a pagar, uma vez que a aquisição de estoques constitui em uma diminuição de ativos monetários ou uma obrigação com fornecedores.

  • Lançamento 3 Dia 5 de Dezembro - Venda de 50 conjuntos (parafusos + arruelas) ao valor unitário de 0,50 cada conjunto. A ocorrência de Vendas resultado no reconhecimento de uma receita. Neste caso é necessário realizar dois lançamentos, o reconhecimento das vendas em regime de competência e a baixa dos estoques que foram consumidos/vendidos. Primeiramente se reconhece um crédito em Receita com Vendas e um débito em um disponível (para pagamentos à vista) ou clientes (para pagamentos à prazo), no valor de R$ 50,00. Posteriormente, reconhece a baixa dos estoques (50 parafusos e 50 arruelas), respectivamente nos valores de R$ 12,50 e R$ 2,50. Estes valores serão creditados de seus respectivos estoques e, em contrapartida, resultarão em um crédito na conta C.M.V. (custo da mercadoria vendida). Uma conta de resultado e redutora da receita bruta que possibilitará a mensuração do lucro bruto.

  • Lançamento 4 Dia 10 de Dezembro - Compra de 100 arruelas ao valor unitário de 0,10 cada unidade. O valor de R$ 10,00 (100 x 0,10) será debitado na conta Estoques Arruelas, uma vez que este aumenta o ativo estoques e, em contrapartida, será creditado de um disponível (caixa ou banco) ou fornecedores a pagar, uma vez que a aquisição de estoques constitui em uma diminuição de ativos monetários ou uma obrigação com fornecedores

  • Lançamento 5 Dia 15 de Dezembro - Venda de 150 parafusos ao valor unitário de 0,50 cada unidade. Primeiramente se reconhece um crédito em Receita com Vendas e um débito em um disponível (para pagamentos à vista) ou clientes (para pagamentos à prazo), no valor de R$ 75,00. Posteriormente, reconhece a baixa dos estoques (150 parafusos), no valores de R$ 37,50. Este valor será creditado no estoque de parafusos, em contrapartida, resultará em um crédito na conta C.M.V. (custo da mercadoria vendida).

  • Os razonetes estão identificados abaixo com o número de seus respectivos lançamentos:

  • Abaixo segue controle simples e saldos dos estoques conforme lançamentos:

  • Lançamento 1 Dia 1 de Dezembro - compra de 200 parafusos ao valor unitário de 0,25 cada unidade

  • Lançamento 2 Dia 1 de Dezembro - compra de 200 arruelas ao valor unitário de 0,05 cada unidade

  • Lançamento 3 Dia 5 de Dezembro - Venda de 50 conjuntos (parafusos + arruelas) ao valor unitário de 0,50 cada conjunto

  • Lançamento 4 Dia 10 de Dezembro - Compra de 100 arruelas ao valor unitário de 0,10 cada unidade

  • Lançamento 5 Dia 15 de Dezembro - Venda de 150 parafusos ao valor unitário de 0,50 cada unidade

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas