A maior rede de estudos do Brasil

qual as organelas da membrana plasmática e suas funções?

Biologia Celular

UNINORTE


8 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

No interior das células animais, mais especificamente na região do citoplasma, estão localizadas algumas estruturas com funções específicas no funcionamento celular, e estas são denominadas organelas.

As organelas celulares possuem membranas internas que conferem a elas formas e funções específicas, e, nesse contexto, dentre essas estruturas celulares citoplasmáticas, as principais são:

  • mitocôndrias: organelas especiais que se reproduzem, por possuírem seu próprio material genético (DNA) e cuja principal função é a realização de respiração celular, produzindo consequentemente boa parte da energia utilizada pela célula;
  • retículo endoplasmático liso: organela cujas membranas se dobram em forma de sacos, e cuja função principal é a produção de lipídios, como óleos, fosfolipídios, esteroides, auxiliam no processo de solubilização de algumas drogas e atuam também no armazenamento de íons cálcio nas células musculares;
  • retículo endoplasmático rugoso: apresenta ribossomos aderidos à membrana externa, o que lhe confere a função de síntese de proteínas, podendo ocorrer, nessa síntese, ligação de carboidrato com as proteínas produzidas, tendo como resultado a formação de glicoproteínas;
  • aparelho de Golgi: é uma organela formada por espécies de bolsas membranosas, cujas principais funções celulares são armazenar, transformar e exportar proteínas e carboidratos e secretar substâncias para o exterior das células;
  • lisossomos: são compostos por enzimas digestivas, e atuam na digestão de moléculas orgânicas como lipídios, carboidratos, proteínas e ácidos nucleicos. A digestão de substâncias pode originar moléculas menores, como os ácidos graxos, que saem do lisossomo e passam a fazer parte do citoplasma da célula;
  • peroxissomos: possuem enzimas oxidases em seu interior e sua principal função é a oxidação de ácidos graxos para a síntese de colesterol e também como matéria prima da respiração celular.
Em especial, a membrana plasmática é constituída por lipídeos (glicolipídeos, colesterol e fosfolipídios) e proteínas e possui diversas funções, dentre as quais destaca-se o controle da entrada e saída de substâncias, proteção física e reconhecimento de substâncias.
No interior das células animais, mais especificamente na região do citoplasma, estão localizadas algumas estruturas com funções específicas no funcionamento celular, e estas são denominadas organelas.

As organelas celulares possuem membranas internas que conferem a elas formas e funções específicas, e, nesse contexto, dentre essas estruturas celulares citoplasmáticas, as principais são:

  • mitocôndrias: organelas especiais que se reproduzem, por possuírem seu próprio material genético (DNA) e cuja principal função é a realização de respiração celular, produzindo consequentemente boa parte da energia utilizada pela célula;
  • retículo endoplasmático liso: organela cujas membranas se dobram em forma de sacos, e cuja função principal é a produção de lipídios, como óleos, fosfolipídios, esteroides, auxiliam no processo de solubilização de algumas drogas e atuam também no armazenamento de íons cálcio nas células musculares;
  • retículo endoplasmático rugoso: apresenta ribossomos aderidos à membrana externa, o que lhe confere a função de síntese de proteínas, podendo ocorrer, nessa síntese, ligação de carboidrato com as proteínas produzidas, tendo como resultado a formação de glicoproteínas;
  • aparelho de Golgi: é uma organela formada por espécies de bolsas membranosas, cujas principais funções celulares são armazenar, transformar e exportar proteínas e carboidratos e secretar substâncias para o exterior das células;
  • lisossomos: são compostos por enzimas digestivas, e atuam na digestão de moléculas orgânicas como lipídios, carboidratos, proteínas e ácidos nucleicos. A digestão de substâncias pode originar moléculas menores, como os ácidos graxos, que saem do lisossomo e passam a fazer parte do citoplasma da célula;
  • peroxissomos: possuem enzimas oxidases em seu interior e sua principal função é a oxidação de ácidos graxos para a síntese de colesterol e também como matéria prima da respiração celular.
Em especial, a membrana plasmática é constituída por lipídeos (glicolipídeos, colesterol e fosfolipídios) e proteínas e possui diversas funções, dentre as quais destaca-se o controle da entrada e saída de substâncias, proteção física e reconhecimento de substâncias.
User badge image

Alice Leide

Há mais de um mês

Olha este site http://www.portalsaofrancisco.com.br/biologia/organelas

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas