A maior rede de estudos do Brasil

É correto afirmar que há relações entre as leis da natureza e as de sociedade?

Filosofia

FIMCA


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

As leis do homem são garantias da ordem, um controle necessário contra a cobiça inerente de nossa espécie. A natureza, por outro lado, mostra padrões ordenados em todas as escalas: ramos de árvores, e também rios, corpos e artérias; as marés e as órbitas planetárias são periódicas, o dia segue a noite, as estações se alternam, a lua tem fases.


A exibição da ordem na Natureza permitiu uma contagem e organização metódica como um meio de obter algum nível de controle sobre o que de outra forma seria distante e inacessível, os padrões de marcha de um mundo que se move de formas além do alcance humano. As leis da natureza, desde as mais simples até as mais complexas, são tentativas de resumir essa demonstração generalizada de ordem.


Enquanto as leis do homem podem variar de cultura para cultura, por se basearem em valores morais que não possuem padrões universais, as leis da Natureza visam à universalidade, à descoberta de comportamentos que são verdadeiros - no sentido de serem verificáveis ​​- através do tempo e do espaço.


Assim, enquanto certas tendências culturais que são aceitas em um grupo podem parecer bárbaras para outros (como a circuncisão feminina), estrelas do Universo têm queimado de acordo com as mesmas regras desde que apareceram pela primeira vez cerca de 200 milhões de anos após o Big Bang. Da mesma forma, não existe relações entre elas.

As leis do homem são garantias da ordem, um controle necessário contra a cobiça inerente de nossa espécie. A natureza, por outro lado, mostra padrões ordenados em todas as escalas: ramos de árvores, e também rios, corpos e artérias; as marés e as órbitas planetárias são periódicas, o dia segue a noite, as estações se alternam, a lua tem fases.


A exibição da ordem na Natureza permitiu uma contagem e organização metódica como um meio de obter algum nível de controle sobre o que de outra forma seria distante e inacessível, os padrões de marcha de um mundo que se move de formas além do alcance humano. As leis da natureza, desde as mais simples até as mais complexas, são tentativas de resumir essa demonstração generalizada de ordem.


Enquanto as leis do homem podem variar de cultura para cultura, por se basearem em valores morais que não possuem padrões universais, as leis da Natureza visam à universalidade, à descoberta de comportamentos que são verdadeiros - no sentido de serem verificáveis ​​- através do tempo e do espaço.


Assim, enquanto certas tendências culturais que são aceitas em um grupo podem parecer bárbaras para outros (como a circuncisão feminina), estrelas do Universo têm queimado de acordo com as mesmas regras desde que apareceram pela primeira vez cerca de 200 milhões de anos após o Big Bang. Da mesma forma, não existe relações entre elas.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

As leis do homem são garantias da ordem, um controle necessário contra a cobiça inerente de nossa espécie. A natureza, por outro lado, mostra padrões ordenados em todas as escalas: ramos de árvores, e também rios, corpos e artérias; as marés e as órbitas planetárias são periódicas, o dia segue a noite, as estações se alternam, a lua tem fases.


A exibição da ordem na Natureza permitiu uma contagem e organização metódica como um meio de obter algum nível de controle sobre o que de outra forma seria distante e inacessível, os padrões de marcha de um mundo que se move de formas além do alcance humano. As leis da natureza, desde as mais simples até as mais complexas, são tentativas de resumir essa demonstração generalizada de ordem.


Enquanto as leis do homem podem variar de cultura para cultura, por se basearem em valores morais que não possuem padrões universais, as leis da Natureza visam à universalidade, à descoberta de comportamentos que são verdadeiros - no sentido de serem verificáveis ​​- através do tempo e do espaço.


Assim, enquanto certas tendências culturais que são aceitas em um grupo podem parecer bárbaras para outros (como a circuncisão feminina), estrelas do Universo têm queimado de acordo com as mesmas regras desde que apareceram pela primeira vez cerca de 200 milhões de anos após o Big Bang. Da mesma forma, não existe relações entre elas.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

As leis do homem são garantias da ordem, um controle necessário contra a cobiça inerente de nossa espécie. A natureza, por outro lado, mostra padrões ordenados em todas as escalas: ramos de árvores, e também rios, corpos e artérias; as marés e as órbitas planetárias são periódicas, o dia segue a noite, as estações se alternam, a lua tem fases.


A exibição da ordem na Natureza permitiu uma contagem e organização metódica como um meio de obter algum nível de controle sobre o que de outra forma seria distante e inacessível, os padrões de marcha de um mundo que se move de formas além do alcance humano. As leis da natureza, desde as mais simples até as mais complexas, são tentativas de resumir essa demonstração generalizada de ordem.


Enquanto as leis do homem podem variar de cultura para cultura, por se basearem em valores morais que não possuem padrões universais, as leis da Natureza visam à universalidade, à descoberta de comportamentos que são verdadeiros - no sentido de serem verificáveis ​​- através do tempo e do espaço.


Assim, enquanto certas tendências culturais que são aceitas em um grupo podem parecer bárbaras para outros (como a circuncisão feminina), estrelas do Universo têm queimado de acordo com as mesmas regras desde que apareceram pela primeira vez cerca de 200 milhões de anos após o Big Bang. Da mesma forma, não existe relações entre elas.

User badge image

Lucas

Há mais de um mês

Correto a luz de que ? 
Pois, tem autores que dizem que é razoavel afirmar que sim e outros que dizem justamente o contrário.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas