A maior rede de estudos do Brasil

Comunicação e Linguagem

Avaliação II e III da porva comunicação e linguagem


6 resposta(s)

User badge image

naninha

Há mais de um mês

1.Na comunicação, seja falada ou escrita, você interage com o mundo e com os demais à sua volta. Assim, o ato comunicativo engloba alguns elementos da comunicação. Sobre esses elementos, associe os itens, utilizando o código a seguir: I- Emissor. II- Receptor. III- Mensagem. IV- Canal de comunicação. V- Código. VI- Referente. (    ) É o objeto da comunicação, ou seja, é o conteúdo das informações transmitidas. (    ) É aquele que remete uma mensagem. (    ) É a situação que a mensagem remete ou é a ocasião na qual emissor e receptor estão inseridos. (    ) É para quem a mensagem foi ou será enviada. (    ) É o meio pelo qual a mensagem pode circular. (    ) É o conjunto de elementos com significados aceitos pelo emissor e receptor. Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA: a)IV - II - V - I - VI - III. b)I - IV - II - V - III - VI. c)III - I - VI - II - IV - V. d)V - VI - IV - III - II - I.2.A coerência é a característica daquilo que tem lógica e coesão, quando um conjunto de ideias apresenta nexo e uniformidade. Assinale a alternativa CORRETA que melhor poderia fazer parte do texto, por ser coerente com o pensamento do cronista: José Leal fez uma reportagem na Ilha das Flores, onde ficam os imigrantes logo que chegam. E falou dos equívocos de nossa política imigratória. As pessoas que ele encontrou não eram agricultores e técnicos, gente capaz de ser útil. Viu músicos profissionais, bailarinas austríacas, cabeleireiras lituanas. (...) Tudo gente para o asfalto, "para entulhar as grandes cidades", como diz o repórter. (...) Mas eu peço licença para ficar imaginando uma porção de coisas vagas, ao olhar essas belas fotografias que ilustram a reportagem. (...) - não, essa gente não vai aumentar a produção de batatinhas e quiabos nem plantar cidades no Brasil Central. É insensato importar gente assim. Mas o destino das pessoas e dos países também é, muitas vezes, insensato: principalmente da gente nova e países novos. A humanidade não vive apenas de carne, alface e motores. (...) e se o jovem Chaplin quisesse hoje entrar no Brasil acaso poderia? Ninguém sabe que destino terão no Brasil essas mulheres louras, esses homens de profissões vagas. Eles estão procurando alguma coisa: emigraram. Trazem pelo menos o patrimônio de sua inquietação e de seu apetite de vida.
1.Na comunicação, seja falada ou escrita, você interage com o mundo e com os demais à sua volta. Assim, o ato comunicativo engloba alguns elementos da comunicação. Sobre esses elementos, associe os itens, utilizando o código a seguir: I- Emissor. II- Receptor. III- Mensagem. IV- Canal de comunicação. V- Código. VI- Referente. (    ) É o objeto da comunicação, ou seja, é o conteúdo das informações transmitidas. (    ) É aquele que remete uma mensagem. (    ) É a situação que a mensagem remete ou é a ocasião na qual emissor e receptor estão inseridos. (    ) É para quem a mensagem foi ou será enviada. (    ) É o meio pelo qual a mensagem pode circular. (    ) É o conjunto de elementos com significados aceitos pelo emissor e receptor. Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA: a)IV - II - V - I - VI - III. b)I - IV - II - V - III - VI. c)III - I - VI - II - IV - V. d)V - VI - IV - III - II - I.2.A coerência é a característica daquilo que tem lógica e coesão, quando um conjunto de ideias apresenta nexo e uniformidade. Assinale a alternativa CORRETA que melhor poderia fazer parte do texto, por ser coerente com o pensamento do cronista: José Leal fez uma reportagem na Ilha das Flores, onde ficam os imigrantes logo que chegam. E falou dos equívocos de nossa política imigratória. As pessoas que ele encontrou não eram agricultores e técnicos, gente capaz de ser útil. Viu músicos profissionais, bailarinas austríacas, cabeleireiras lituanas. (...) Tudo gente para o asfalto, "para entulhar as grandes cidades", como diz o repórter. (...) Mas eu peço licença para ficar imaginando uma porção de coisas vagas, ao olhar essas belas fotografias que ilustram a reportagem. (...) - não, essa gente não vai aumentar a produção de batatinhas e quiabos nem plantar cidades no Brasil Central. É insensato importar gente assim. Mas o destino das pessoas e dos países também é, muitas vezes, insensato: principalmente da gente nova e países novos. A humanidade não vive apenas de carne, alface e motores. (...) e se o jovem Chaplin quisesse hoje entrar no Brasil acaso poderia? Ninguém sabe que destino terão no Brasil essas mulheres louras, esses homens de profissões vagas. Eles estão procurando alguma coisa: emigraram. Trazem pelo menos o patrimônio de sua inquietação e de seu apetite de vida.
User badge image

Regina

Há mais de um mês

Eu tambem presciso

User badge image

Suelen

Há mais de um mês

agora preciso da avaliaçao 3

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes